fantasma3

E aí terráqueos, beleza??? Como está a vidinha de vcs. Eu tô legal. Apesar de quê eu tive que focar na minha saúde essas últimas semanas então me afastei um pouquinho dos estudos e dos textos dos blogues. Tô muito atrasada com essas três ativudades, isso sem falar que eu nem sequer voltei para a academia ainda, eu vou ter que seriamente reorganizar a minha agenda para ontem. Tô atualizando o notebook que eu mandei consertar ainda. Essa parte de atualizar o Windows é um pé no saco. Eu preciso mesmo é de um Notebook novo hahahahahaha.

Último post foi para pagar mico, passar vergonha… por que este seria diferente? HAHAHAHAHAHAA. Eu vou contar aqui hoje para vcs três causos de fantasma que aconteceram com esta que vos fala… Bom, na verdade, não é história de fantasma de verdade hahahahaha já que não apareceu nenhum fantasma de verdade mas são histórias cômicas de terror okay??? Bora lá então…

Primeiro caso é o caso do “Medinho e do Medão” este não aconteceu diretamente comigo mas a história é clássica aqui em casa. Então… era uma vez dois irmãos hahahahahhha. Desde que meus irmãos nasceram, eu tomo conta deles. E eu só estudava, eles ficavam com uma tia minha, ou uma prima, ou na escola enquanto eu estava na escola… o resto do dia eles ficavam comigo. Quando eu dava aula… eu dava aula na hora que eles estavam na escola… Depois eu comecei a trabalhar em casa com formulários e webdesign entonces, eles estavam desde muito pequenos acostumados a ficar sob a minha supervisão a maior parte do dia.

Quando eu passei no concurso e comecei a trabalhar na Prefeitura. Pela primeira vez na vida deles eles tiveram que ficar sozinhos. E eles sempre foram dois moleques bem medrosos. Agora que eles cresceram não… medo normal de criança, medo de fantasma, de capeta, do escuro. O mais novo tinha tanto medo que ele ia dormir assim que escurecia para não ficar sozinho. Um belo dia… eu estava no trabalho e quando cheguei em casa minha mãe estava já em casa morrendo de rir do que tinha acontecido em casa.

Os dois estavam sozinhos em casa e eram por volta das sete da noite. Cezar tinha ido dormir porque estava escuro e ele tinha medo do escuro. Carlos estava na sala sentado assistindo desenho animado. Carlos resolve ir ao banheiro e a casa estava com as luzes todas apagadas com exceção da TV, estava tudo escuro. Nisso, que o Carlos estava no banheiro… o Cezar acorda. E vai até a porta olhar pelo olho mágico para ver se a mãe ou eu já estávamos chegando. E então ele pensa… nossa, como eu tô mais alto. Eu antes não alcançava para ver aqui na porta e fica perto da porta medindo a altura que ele tinha crescido.

Nisso o Carlos sai do banheiro… volta pra sala e quando ele entra na sala ele vê apenas um vulto preto (que era o Cezar) se mexendo perto da porta. Sem titubear ele aponta pro vulto e grita: “Sai capeta!!” mas ele não espera para ver qual o desfecho… ele grita e sai correndo pro meu quarto e se enfia embaixo da minha cama.

Enquanto isso perto da porta Cezar se assusta com o grito do Carlos, mas… detalhe, o que ele ouve o Carlos falando é: “Cezar, olha o capeta!” – daí o Cezar sai correndo pro outro quarto e se enfia debaixo da cama também… Carlos que tem um pouquinho mais de coragem depois de um tempo sai do esconderijo e vai na sala para ver se o ‘capeta’ já tinha ido. Cezar escuta o Carlos e vai atrás dele. E pergunta: “Carlos, o capeta já foi??”. Resumo um se assustou com o outro… e minha mãe tava se rachando de rir quando eles contaram pra ela e eles não queriam que ela me contassem porque eu ia me rachar de rir também e ia zoar eles. Eu rio até hoje dessa história de verdade, tô aqui escrevendo e tô me lembrando e rindo que nem uma idiota…

Vou terminando este post por aqui… Tem mais dois causos para contar. Vou deixar para outros posts senão fica muito longo o post… prometo não demorar hahahahahaha. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao