9789892310831

Fala terráqueos, beleza??? Terminei mais um livro… Eu estou escrevendo este post bastante tempo depois de terminar este livro. Estou escrevendo este post em maio ele está agendado para ser publicado em junho mas eu terminei de ler este livro em fevereiro, confuso eu sei hahahahaha. É que eu estou atrasada com as postagens dos livros que eu estou lendo… Eu estou falando sobre o quarto livro que eu terminei de ler este ano, apenas em Junho, mas já estamos em Maio e eu já li 14 livros este ano.

Deixei de estudar hoje para dar uma adiantadinha nos meus posts aqui no blogue… tenho que escrever mais dois ainda hoje, três se a cólica não me atrapalhar e amanhã eu volto aos meus estudos e foco nos textos do outro blogue… Eu vou tentar focar em escrever sobre os livros que eu já li este ano… Eu espero que meus planos dêem certo…. espero, nem sempre o que eu planejo eu consigo. Aliás, geralmente o que eu planejo não dá certo. Mas… anyway… bora tentar.

Bora falar to tema do post agora… Se vc viveu nesse planeta vcs ficaram sabendo do caso Natasha Kampush… caso vcs não ficaram sabendo cliquem aqui para ler sobre o caso. Resumão pra vcs aqui no post pra vcs não terem que ler o site do Wikipédia que é um texto enorme (mas sério… leiam, porque é um caso muito marcante). Natasha era uma menina de dez anos que foi sequestrada por um pedófilo chamado chamado Wolfgang Přiklopil e foi mantida em cativeiro por mais de dez anos, onde ela foi trancada, espancada, passou fome, frio e tortura psicológica… e então aos 18 anos ela fugiu.

O livro escrito pela própria Natasha narra o que aconteceu nestes 3096 dias de cativeiro. É um livro agoniante… a narrativa é colorida pelo que ela passou naqueles anos de cativeiro. É um mapa da mente humana e como a mente humana se adapta à quaisquer situações com o intuito da sobrevivência. É terrível vc imaginar que existem inúmeras… inúmeras pessoas desse gênero. Psicopatas, sociopatas… muitas vezes morando bem pertinho da gente, bem do ladinho da gente…

Eu achei impressionante o que ela disse no começo do livro. Meninas estavam sendo, constantemente sequestradas na vizinhança de onde ela morava. E virava e mexia as meninas apareciam mortas. Mas… nem ela nem os responsáveis por ela se preocupavam que ela pudesse ser uma das vítimas porque ela era uma menina gordinha e considerada feia. O que passa na cabeça de um psicopata? De um Pedófilo? Como a gente… que nem sequer sabe o que se passa pela cabeça de uma criatura como essas… sabe, qual criança, qual vítima esse ser do capeta vai escolher?

Uma criança pensar assim… ahhh eu sou feia e gordinha, não sou o estilo de vítima escolhida por esses doidos… vá lá (quer dizer, vá lá não né… olha a auto imagem que essa criança tinha de si mesma. Que pais são esses que deixam uma criança ter uma imagem de si mesma assim sem fazer nada?? Infelizmente tem muitos… que em vez de ajudarem as crianças a melhorarem criticam achando que assim eles vão fazer com que a criança mude). Mas… os pais deixarem a criança solta pelo mundo, vendo tantas outras aparecendo mortas… Não me entra na cabeça.

Quem, como eu acompanha investigações de crimes seriais (Não é coisa de doido gente… talvez seja hahahaha não sei… mas chama True Crime) é comum vc ver Serial Killers que escolhem vítimas em situação de fragilidade. Pessoas que moram na rua e que vai demorar até que alguém sinta falta… e apesar de a criança ter pais e de terem dado falta dela bem depressa, ela era uma vítima fácil de pegar… primeiro por ser criança, é sempre mais fácil sequestrar uma criança do que um adulto. Ela estava em situação de fragilidade por causa da característica dela ser uma menina gordinha, tinha uma auto-estima láaaaa embaixo e era uma criança que os pais não tomavam muita conta (pelo menos é essa a imagem inicial que Natasha faz de si mesma no livro).

Anyway…. Natasha descreve como ela foi sequestrada e sua vida depois do sequestro no cativeiro. Primeiro ela destaca o confinamento, local apertado e escuro. Depois o terror psicológico, violência psicológica, onde o sequestrador tentou desconstruir a personalidade familiar e pessoal dele e criar uma nova personalidade atrelada à ele sequestrador. Depois a tortura da fome e das agressões físicas. No livro… Natasha se nega a dizer se foi ou não sexualmente agredida pelo pedófilo. Mas… depois do livro lançado, e no filme que foi feito baseado no livro… ela revelou que foi sim estuprada pelo pedófilo durante os dez anos de cativeiro.

Eu não vou falar mais porque… senão darei spoiler no livro. é um livro muito agoniante… se vc tem estômago fraco, não recomendo, mas… se vc tem estômago forte e não tem medo de dar de cara com a mente doentia de um psicopata… é um livro que eu recomendo. É chocante… e a pior parte deste livro é que é tudo verdade.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao