detestavel

Fala galera, beleza??? Como vai indo a vidinha de vcs??? Na Belezura??? Espero que sim… Mano, tá acabando minhas férias, não consegui fazer tudo o que eu precisava fazer por conta de imprevistos. A Internet ficou zoada uma semana e atrapalhou todo o meio de campo. E pior que eu não pude nem sair de casa porque vc chama o técnico e tem que ficar esperando e aquela coisa né?

Mas beleza, eu já estou cansada de ficar em casa hahahahahaha. Sim, eu sou caxias… me julguem! Mas nas férias eu ficava com preguiça de sair de casa. Maior calor lá fora, pela segunda vez em anos eu saio de férias e tá calor… geralmente faz um frio danado e eu fico feliz de estar em casa enrolada nas cobertas. Mas com esse calor dá coragem de sair não… não dá vontade de ficar em casa também hahahahaha. Calor incomoda onde quer que vc esteja, pelo menos em casa vc pode ficar mais a vontade, sem sapatos, de pijamas tomando sorvete e sucos gelados com o ventilador ligado.

Enfim… vamos voltar a encarar a trabalheira na segunda-feira voltar a encarar gente chata que vai lá encher o saco. Mas não é disso que eu quero falar nesse post, tem a ver mas não é disso ahahahaha. Essas três semanas deu pra eu descansar bastante, eu estava tão de saco cheio que eu estava precisando muito desligar um pouco do trabalho. Como eu já disse para vcs diversas vezes aqui no blogue, nem sempre na nossa vida profissional a gente vai conviver com pessoas que vc gosta. Infelizmente vc tem que conviver, com colegas de trabalho que vc detesta! Isso nunca me aconteceu… até uns tempos atrás hahahaha agora já não posso afirmar que tô livre disso…

Anyway, raras vezes na minha vida eu olhei pra uma pessoa e pensei… véi… eu detesto esse capiroto (ou essa capirota). Acho que isso só aconteceu comigo umas três… não… quatro vezes. De eu simplesmente detestar uma pessoa (no caso quatro pessoas). Tem gente que a gente tem antipatia… que a gente não gosta. Existem vários níveis de desgostar de alguém, tanto quanto existem níveis de gostar. E existiram apenas quatro pessoas nesta vida (elas existem ainda, nenhuma delas morreu… mas eu não tenho que conviver com a maioria delas – só uma – então é como se elas não existissem mais. Mesmo aquela que eu sou obrigada a conviver eu faço de conta que ela não existe então ela não existe) que eu realmente cheguei nesse nível de detestar.

Duas delas são minhas vizinhas, duas irmãs… que moram até hoje no apartamento ao lado do meu, tive vários desentendimentos com as criaturas… entre outras coisas, basta dizer que houve época em que eu sonhava poder estapear as criaturas. Literalmente sonhava… toda a vez que elas aprontavam alguma (e foram várias) eu sonhava que eu estava pegando elas pelo pescoço e estapeando a cara delas até elas tomarem vergonha. Hoje em dia eu não as detesto tanto assim… porque não tem mais tanto contato com elas.

A terceira pessoa é um membro da minha família estendida (parentes…) que não vem ao caso quem seja… tem muita gente da minha parentela (não vou usar a palavra família porque eu só considero família quem eu gosto de ter perto de mim… vou usar parentela porque né?) que não quero perto, não tenho mais contato.

Mas mano, gente que a gente detesta a pessoa é fogo. Essa semana mesmo, sonhei com uma das pessoas que eu detesto. Sonhei que eu cheguei num lugar e eu tinha que ficar num determinado local para fazer um trabalho e tal, e a pessoa se colocou no local e disse, não quem vai ficar aqui sou eu… porque sim, porque eu quero… Daí no sonho eu perdi a cabeça e parti pra cima da criatura e meus amigos que estavam junto comigo me seguraram e não me deixaram bater na pessoa hahahahahahaha.

Engraçado é que na vida real eu jamais teria uma reação dessas. Eu raramente me meti em brigas mesmo, com agressões físicas. Muito… muito raro. Eu prefiro descascar a pessoa no verbo. As poucas vezes que rolou tapa na minha vida foi porque ou eu estava defendendo alguém que estava apanhando de uma outra pessoa, ou porque a pessoa me bateu primeiro ou porque eu descasquei a pessoa no verbo e a pessoa não aguentou e saiu pra cima de mim pra me bater e eu tive que me defender. Mas eu acordei tão irritada com esse sonho… hahahahahaha, nada como sonhar com essas coisas pra estragar seu dia…

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao