o-moco-loiro-696601-MLB20386883574_082015-F

Fala galera, beleza??? Postando apenas agora mas… terminei de ler este livro na segunda semana de janeiro… aparentemente eu não consigo ler mais de dois livros por mês HAHAHAHAHAHAHAHHA Espero que até este post ir ao ar eu tenha lido pelo menos oito livros. Marquei na minha meta do Skoob ler 45 livros este ano… não sei se consigo… veremos.

Tem gente que lê muito mais livros que eu… vi pessoas que leem cinquenta livros por ano… era minha meta antigamente, mas antigamente eu tinha bem menos coisas para fazer, muito mais tempo livro e eu assistir menos séries de TV hahahahaha. Mas pessoal lê aqueles livrinhos água com açúcar de 100 páginas… eu podia ler um desses num dia… eu li o volume 5 de Harry Potter num dia… rapidez não é o problema para mim, eu gosto de entender o livro, então não acelero tanto a leitura e estou lendo uns livros muito descritivos ultimamente e eles me cansam, não consigo ler mais que 25% de um livro desses por dia… daí eu teria que ler mais 25% no outro dia que era o que eu queria fazer mas ai eu acabo não fazendo.

Se eu fizesse isso leria dois livros por semana, mas eu me deixo procrastinar na leitura de vez em quando. Tirei metade do Carnaval para ler e terminei mais um livro… será sobre ele o próximo post… mas novamente, espero ter terminado mais cinco pelo menos até estes posts serem publicados. Coisa que eu não fazia faz tempo… coloquei uma playlist de 21 horas para tocar e falei, vou terminar este livro… terminei antes da playlist… fazendo diversas pausas para comer e lavar e pendurar no varal a pilha de roupas sujas que eu tinha para lavar eu terminei de ler ele em três horas…

Deste livro em especial eu vou falar um pouquinho, porque na verdade não é uma leitura, é uma releitura. Eu li esse livro pro vestibular… lá nos idos de noventa e pouco e eu me lembro que o romantismo era minha fase favorita na literatura. E esse livro acabou se tornando um dos meus favoritos na época. Até que eu comecei a estudar o realismo e PUFF… o romantismo nunca mais foi o mesmo para mim.

Este livro está mais para literatura fantástica do que para literatura romântica. Tamanhas as estripulias que o personagem principal… o moço loiro… apronta para chamar a atenção da mocinha. É um clássico da literatura nacional, foi escrito há dois (ou três não tenho certeza) séculos atrás. Então a linguagem é bem complicada. Mas não tão complicada como Machado de Assis ou José de Alencar por exemplo… mas se vc quiser ler e seu vocabulário não foi muito extenso eu recomendo ler com o dicionário do lado.

Aliás, teve um tempo atrás aí que eu li na internet sobre um projeto de reescrever os clássicos da literatura para que os jovens conseguissem compreender o que estava sendo escrito. Passar para a linguagem dos dias de hoje. Em primeiro lugar, os jovens de hoje são todos semi analfabetos. Basta vc ver como eles escrevem na internet, nos posts nas redes sociais. Chega a dar agonia! Então mesmo simplificando a linguagem ao máximo iam acontecer duas coisas. Uma eles não iriam querer ler, outra aqueles que fossem ler não iam entender do mesmo jeito.

Segundo, se vc não ler os textos clássicos vai ter sempre seu vocabulário reduzido, nunca vai aprender novas palavras. Mas… eu já falei tudo isso da outra vez. E este post está ficando grande demais… por isso vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao