12493825_10153934107885452_1172749485872704329_o

Fala galera, beleza??? Como vai a vida??? A minha está cansativa hein… Toda a vez que eu tenho que estudar depois de umas semanas… quando eu começo a ficar fisicamente e mentalmente cansada eu penso… por que eu tinha que me meter a balão de fazer isso??? Não tava boa a vida??? Podendo dormir até tarde, sem ter que ficar espremendo meu cérebro para compreender gramática de lígua estrangeira ou conceitos filosóficos abstratos. Porque língua é abstrato gente… não tem como fugir.

Mas… depois eu me lembro porque eu queria aquilo e falo para mim mesma… perseverança Ceres… vc tem que ser perseverante. E eu me lembro que a minha mãe me dizia, que as coisas que realmente valem a pena são difíceis de se adquirir. Vai ser dureza mano, estudar no próximo um ano e meio e manter o nível de atividade física e mantes a agenda escrevendo aqui nos dois blogues. Mas eu vou me esforçar bastante.

Eu até fiz uma agenda e eu vou tentar seguir os horários que eu estipulei para mim mesma. Claro que de vez em quando eu vou ter que dar uma quebrada nesses horários e dormir atéeeee eu me sentir totalmente descansada. Hoje o dia foi mais calmo no trabalho e eu consegui terminar dois textos entre um atendimento e outro e nem veio muita gente chata… choveu pra caramba, deve ser por isso…

Então bora pro tema do post antes que eu adormeça… eu ia estudar hoje mas eu sinceramente estou sem cabeça. Tenho quatro videos e duas provas para fazer… Acessarei o site amanhã… hoje vou tentar escrever aqui o máximo até uma meia noite e depois vou dormir porque é capaz do meu querido irmão querer ir para academia amanhã cedo e me arrastar com ele. 

Mas… eu tinha antes de mais nada, decidido que este ano era o ano que eu ia dedicar mais tempo à escrever. Antes de resolver voltar pra faculdade, de fazer exercício e tudo mais. É um exercício extremo de persistência e perseverança… porque eu sei que por mais que eu escreva e escreva e escreva… raramente eu vou alcançar o meu objetivo que era poder trabalhar apenas com isso. Eu não queria ser rica… nem famosa, longe de mim… deixemos isso para J.K.Rowling e companhia. Eu queria apenas escrever e ganhar a vida com isso, pagar as minhas contas… Isso para mim seria ser uma escritora. Poder me dedicar oito, dez, doze horas por dia a esta atividade e dizer, é o meu trabalho… é ele que paga as contas no final do mês.

Infelizmente, no Brasil especialmente, mas também em muitos cantos do mundo. É raro um escritor se dedicar apenas ao oficio de escrever. A grande maioria tem outros empregos, alguns em áreas conexas à literatura. A grande maioria são jornalistas, colunistas, professores e por aí vai. Eu sou funcionária pública… e é esse meu emprego que paga as contas…

Muitos dos meus amigos me falam… Nossa, vc é uma escritora (porque eu tenho um livro publicado – a propósito cliquem aqui se quiserem conhecer… até comprar… é legal eu prometo hahahaha) mas eu nunca me senti uma escritora. Talvez porque eu escrevo no meu tempo livre, quando eu não estou trabalhando, ou quando tenho uma folga no trabalho, ou nos finais de semana quando eu tiro o dia especialmente para isto. Então… talvez esta seja a razão principal pela qual eu não me considere uma escritora.

A imagem no começo do texto e o texto ao lado dela é de uma das minhas escritoras favoritas. Ela escreveu as “Crônicas Vampirescas”… muita gente não curte as obras dela, mas eu sim… eu considerei seriamente fazer meu TCC da Faculdade de Letras sobre uma obra dela… sonhei em entrevistar a mulher e pegar a palavra dela e tal… hoje em dia isso seria bem mais fácil por conta da internet e das redes sociais e a Anne Rice é bem ativa nas redes sociais, massss…na época era complicado e a orientadora me disse que era complicado fazer um trabalho de um escritor contemporâneo e tal então eu acabei desistindo e fui para Graciliano Ramos e suas “Vidas Secas”.

De qualquer forma a frase dela me dá forças para continuar perseverando nesta minha mania louca de escrever hahahahahaha. Talvez eu nunca consiga pagar as minhas contas com os meus textos, mas… eu costumava achar que nunca ia publicar um livro um dia e a auto-publicação na internet mudou as coisas e tornou meu livro possível. Quem sabe o que pode acontecer daqui uns dez anos ou mais??

Eu espero estar errada e é por isso que eu persisto, por isso que mesmo cansada, mesmo com sono eu persisto… Foi por persistir que eu consegui… publicar todos os dias aqui no blogue, eu me dispus a publicar um post por dia por um ano e estou quaaaase lá… Espero conseguir hahahaha. Assim como eu espero conseguir também um dia considerar a mim mesma uma escritora. Significaria muito para mim se vcs conhecessem um pouco meus textos no blogue novo… curtissem os posts e compartilhassem com seus amigos… vai que mais algum amigo de vcs curte também né? Cada curtidinha é um grande incentivo para mim e mais um passo próximo do meu sonho se concretizar.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao