2015-03-06_1425682034

Fala galera, beleza??? Como vão vcs crianças??? Tirei férias sabadão… dormi até bem tarde e depois fui lavar roupa e depois terminei de ler um livro porque eu estou super atrasada nas leituras deste ano novo, era pra eu ter lido pelo menos dois livros, mas eu li apenas um… que na verdade nem era um livro novo, era uma releitura… porque eu resolvi retomar uma uma  saga que eu meio que tinha abandonado então eu tive que retomar… Mas isto é assunto para um próximo post.

O assunto do post de hoje é sobre letra… ou melhor dizendo, sobre caligrafia… a letra das pessoas… e eu tive a ideia nada genial de escrever sobre isso esses dias porque eu tive uma crise de insônia, porque eu fiquei pensando numas histórias e eu fiquei com preguiça de ligar o computador e então eu peguei um bloco de papel que eu sempre mantenho por perto e eu fiz trocentas anotações e quando eu fui olhar minhas anotações no dia seguinte, de manhã… eu pensei… caraca como a minha letra tá feia mano.

Está certo que minha letra não é linda de morrer, como vcs podem ver na imagem acima mas ela também não é horrenda. Mas ela estava horrenda nas minhas anotações. Como vcs podem ver logo abaixo.

20160125_012231Horrível né? Pois é… mas levem em consideração que eu estava meio dormindo e que eu nem acendi a luz para escrever… foi só com a iluminação da minha luminária de cabeceira e de bruços em cima da cama… Mas… mesmo assim… letrinha feia da porra. Se minha mãe estivesse viva agora ela iria correndo numa papelaria comprar um caderno de caligrafia para mim e me obrigar a melhorar a minha letra. Ou ela ia bater com o bloco de notas na minha cabeça e falar… pra que eu perdi tanto tempo da minha vida obrigando vc a escrever direito e legível e bonito se vc ia crescer e fazer esse garrancho???

O que realmente estragou a minhas letra foi a faculdade. E olha que eu fiz faculdade de letras hahahahaha. A faculdade geralmente estraga a sua letra porque vc tem que copiar correndo a matéria, as coisas que o professor fala. Não dá tempo de escrever com capricho hahahahaha. Ahhhh Shao isso não é desculpa. Tá bom… tá bem, não é desculpa. Mas a genética é… Eu li em algum lugar que a nossa letra também é influenciada pela genética. Eu nunca acreditei muito nisso… até porque eu tenho uma letra bem mutante. ela mudou muito durante a infância e a adolescência, até ela se fixar no que é agora.

Mas então, quando foi preciso fazer o inventário da minha mãe e tivemos que desarquivar o processo de divórcio dos meus pais e eu fiquei surpresa em ver que a minha assinatura era muito parecida com a assinatura do meu pai. E reparar que a minha letra era uma mistura da letra de mão da minha mãe com a letra de forma do meu pai.

Com relação à minha mãe… eu cresci vendo a letra dela, então pode sim ser que eu tenha, mesmo que apenas subconscientemente tentado copiar a letra dela… mas e a letra do meu pai? Eu não tive praticamente contato com ela. E quando eu fui entrar em contato com a assinatura dele eu já tinha 33 anos… minha letra já estava ‘definida’ nesta época. Então… eu posso atribuir isso sim a algum traço genético herdado. Musculatura, forma de pensar, forma de segurar a caneta… essas coisas.

Esses dias atrás eu tirei um sarro com a letra do meu irmão. Ele foi me mostrar alguma coisa no caderno dele e eu falei. Nossa… letrinha tão bonitinha. Parece letra de menina hahahahahahahaha. Ele ficou bravo. Mas é verdade, os dois tem a letra muito parecida com a letra da minha mãe… redondinha, desenhadinha… letra de menina. Sorte deles porque meu Padrasto tem um garrancho também que eu vou te contar hahahahaha.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao