Fala galera, beleza??? Esses dias atrás eu postei um texto falando sobre o que era ser coxinha  e enquanto eu estava escrevendo-o… Eu tive a ideia para este tema. Nosso país tá zuado mano, a segurança pública está agonizando. E em algumas cidades brasileiras têm mais mortes por dia do que países que estão em guerra pra vcs terem uma ideia. Lugares como… Os cafundós da periferia de São Paulo, e as favelas do Rio de Janeiro estão vivendo em guerra na verdade. Guerra entre os bandidos e as polícias, forças armadas e afins.

E por causa dessa situação extremamente desesperadora muita gente, que está cansada de sofrer por causa da violência. Muita gente está aderindo ao discurso ‘bandido bom é bandido morto’. Geralmente… O pessoal mais da classe média, pessoal com um certo poder aquisitivo. Que está cansado de ser assaltado… Mas também pessoas pobres e trabalhadoras que ralam pra comprar um celular mais ou menos e são assaltadas no Busao e ficam sem a carteira, sem o celular e muitas vezes sem a vida…

Qual a sua opinião Shao??? Vc acha que bandido bom é bandido morto??? Vamos por partes… Antes de mais nada. Deixa eu dizer que eu tenho irmão, primos e amigos que são policiais. E eu tenho parentes que já vagaram pelo lado negro, que se envolveram com drogas, tráfico, roubos… Eu tenho um primo que eu vi nascer e crescer que atualmente está na cadeia cumprindo pena por Sequestro e Homicídio… Crimes hediondos! Então… Eu posso falar com conhecimento de causa, eu conheço os dois lados da moeda.

Primeiro lugar… Esses dois lados da sociedade estão sim em guerra. Quem diz que não ou é inocente, ou ignorante ou burro. Se vc escolhe ser policial e escolhe ser um policial honesto vc vai estar em guerra contra o cara que escolhe ser usuário de drogas, viciado… Que vai fazer com que ele evolua pra dar o próximo passo que pode levá-lo para uma vida de crimes (vejam o pessoal que vaga pela Cracolandia).

E toda a vez que eu ouço no jornal… Tiroteio… Torço para que ninguém morra. Nem o policial e nem o bandido. Entretanto quando ouço … Pessoa baleada em tiroteio. Eu prefiro que a pessoa baleada tenha sido o bandido e não o policial. É claro… Que eu tenho razões pessoais para tal. Afinal meu irmão é policial. Então… Parte do seguinte princípio. Os policiais estão em guerra contra os marginais e se vc é parente de um dos lados… Vc por conseguinte está inserido neste contexto de guerra.

Sim… Veja bem… Mesmo que vc não queira. Veja só… Meu primo está preso, meu irmão é policial. Não existe convivência entre a gente e meu primo e a mãe dele, irmãos dele, esposa dele e filhos. Como existia quando todos nós éramos crianças. Isso porque meu primo e meu irmão estão em lados opostos desta guerra.

Mas Shao… Como assim as famílias estão em guerra. Amigo… E mais ou menos assim. De vez em quando os bandidos afiliados com o PCC recebem uma ordem de matar um número X de policiais. E eles saem atacando policiais em casa, no caminho pro trabalho… Fora do horário de trabalho deles. E atacam também as famílias desses policiais. Claro… A grande mídia não divulga essas coisas porque anos atrás quando houve os ataques do PCC e a grande mídia deu destaque… Causou pânico na população. Os ataques continuam ocorrendo, mas… A mídia não denúncia para não causar histeria coletiva. Mas eles sempre acontecem. O máximo que vc ouve na TV é que um policial foi baleado voltando pra casa, ou no mercado, ou na farmácia… 

E depois que eles acontecem. Os policiais vão responder. Dai vc ouve na TV… Chacina não sei onde. Geralmente perto de onde ocorreu a morte ou o ataque ao policial. Vira e mexe os policiais avisam as suas famílias que não vão voltar pra casa, que vão passar a noite no batalhão e falam… Não sai de casa hoje que ameaçaram atacar na Zona Leste. Graças a Deus faz muito tempo que isso não ocorre… Mas elas ocorrem e a população em geral nem fica sabendo.

Então não… Eu não sou a favor da máxima bandido bom e bandido morto. Mas eu sei que se um bandido pegar um parente de um policial ele não vai ter um pingo de pena. Eles vão judiar mesmo. Então quando eu ouço na TV que um bandido morreu numa troca de tiros com um policial eu sinceramente não tenho pena do bandido. Porque se fosse o contrário à família dele não ia ter pena do meu irmão.

Ah Shao mas as desigualdades sociais que criam a marginalidade… Blablabla… Sim, eu sei tudo isso e se vivêssemos no mundo do dever ser seria lindo e maravilhoso. Mas não vivemos. A realidade entretanto é formada por mil e uma nuances. Meu primo e meu irmão por exemplo. Eles foram criados da mesma maneira. Tiveram praticamente a mesma educação, o mesmo background. Como um vira assassino e o outro policial? Ahhh Shao, mas também tem exceções … Blablabla… A verdade é que tem gente que é ruim, que mesmo sendo criado com todas as vantagens possíveis e imagináveis ainda vai se tornar uma coisa ruim. E quem defende que os bandidos são vítimas das desigualdades sociais prefere acreditar na teoria que o ser humano é uma folha em branco criado pelo meio e por suas experiências… E eu não acredito que isso seja totalmente verdade. Claro… O meio influencia muito. Mas… Existe o interior da pessoa. Que eu acredito que já nasce com a pessoa.

Seria legal se aqui futuramente houvesse menos desigualdade social é claro. E por conseguinte a diminuição da marginalidade, da violência. Como em países como a Suécia e a Holanda onde estão desativando presídios por falta de presos. Mas estamos longe de alcançar isso galera. Enquanto isso estamos nesta guerra e somos muitas vezes obrigados a escolher um lado nesta situação desesperadora.

Bom, acho que é isso… Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao