Post Original de 10/03/2015

Olá pessoas, eu ia chegar em casa tomar um banho e deitar porque eu estou morrendo de dor de cabeça, entretanto eu tive que imprimir um livro pro Cezar ler que ele tem prova então eu tomei um remédio e melhorou a cabeça, entretanto ainda tenho planos de ir dormir mais cedo… jájá aliás, só terminar esse post.

Estou extremamente irritada. Primeiro que eu demorei pra pegar no sono essa noite, e quando eu finalmente peguei eu tive pesadelos… segunda noite seguida sem conseguir dormir direito com pesadelos. Preciso ligar pra minha prima falando nisso, não gosto quando eu sonho com a pessoa noites seguidas e a temática do sonho não é legal e depois eu acordo e não consigo parar de pensar na pessoa.

Aí de manhã eu estava morrendo de sono, acordei atrasada, mas corri e ainda consegui chegar no trampo meia hora antes do meu horário. Só Deus pra me ajudar. Graças a Deus não tinha trânsito hoje. Sem trânsito geralmente da minha casa até o trabalho são 15 minutos de carro. Dia que a cidade está de pernas para o ar já demorei 40 minutos para chegar.

De ônibus… geralmente uma hora… se o trânsito tá estragado, uma hora e meia… meu recorde negativo foi sair do trabalho às cinco da tarde e chegar dez da noite. Quando uma enchente me ilhou no terminal de ônibus.

Mas enfim, eu acordei atrasada, com sono… minha vontade era nem ter ido. Era ter ficado em casa dormindo. Mas eu lembrei que meu chefe não ia e hoje é dia 10, dias de pagamento lota. E fora isso o restaurante onde eu peço o almoço na sexta entregou só metade do meu pedido, ficou me devendo então… o almoço de graça foi a única parte divertida do meu dia. O resto foi um inferno.

Eu nem cheguei no trabalho, estava colocando a mochila em cima da mesa para tirar meus bagulhos e chega um encosto de um munícipe que um dos meus colegas de trabalho atendeu que nem o nariz dele e o cara já estava nervoso porque era a terceira vez que ele voltava… Ele era inflexível também, porque na segunda vez que ele tinha vindo eu tinha ajudado o inepto do meu colega a atende-lo e eu disse pra ele… faz o agendamento dele pra ser atendido na secretaria de finanças porque o que ele quer aqui não tem como a gente fazer porque não temos autonomia para tanto.

Ele não fez o agendamento, ele deu o site pra pessoa, que sabe lá deus por que, não conseguiu agendar (tenho minhas desconfianças, mas se eu postar isso aqui posso ser processada então vou manter minha opinião para mim mesma, porque a minha mãe me ensinou que quando a gente não tem nada de legal para falar sobre uma pessoa a gente não fala nada) daí ele volta hoje de manhã e pega a senha e fala pra mim eu quero ser atendido por vc. Entretanto eu estava momentaneamente sem guichê para atender a criatura.

E eu fui pegar água, porque vamos e convenhamos caralho eu falo pra caralho caramba o dia todo, minha garganta seca se tanto falar… Enfim, quando eu volto… com minha garrafinha cheia de água, chamaram a senha dele e ele tá lá em pé dando piti no guichê e a pessoa inepta (sim, mais uma – Yep, I’m surrounded by morons) que o está atendendo em vez de fazer – de novo – o agendamento para ele… ficou alterada e começou a dar piti também.

Daí ela larga a pessoa no guichê e vem pro meu lado, que estava arrumando as minhas coisas, cara… eu fiquei filha da puta ferrada da vida. Tá certo que o munícipe não queria resolver o problema dele… ele queria era discutir com algum atendente. Ele queria que fizéssemos um trabalho que não era nosso, que a secretaria de finanças que é quem faz, mas meu… se o cara tivesse sido encaminhado para a secretaria de finanças NA PORRA DO NO PRIMEIRO ATENDIMENTO!!!  Eu não teria que ter ficado ouvindo ele blábláblábláblábláblábláblábláblábláblá na minha orelha uns bons dez minutos… falando um monte de abobrinha e querendo que eu perdesse a paciência para bater boca comigo.

Ter que consertar mal atendimento de gente burra é FODA… eu passei cinco anos fazendo isso quando eu era a pessoa, entretanto… ou EU resolvia o problema ou EU AJUDAVA A PESSSOA QUE FEZ A CAGADA a resolver, eu não socava o problema noutro funcionário que não tinha nada a ver com o problema. Sinceramente… primeira vez desde que eu deixei a chefia que eu pensei seriamente em sair do setor.

De um lado temos os desinteressados (porque eu não acredito que as pessoas sejam burras, quando convém a elas elas sabem muito bem como faz isso e aquilo – então não aprendem porque não tem interesse mesmo), que não querem aprender as coisas e que se fiam no seu conhecimento e por outro lado tem a omissão da chefia, que não faz nada pra mudar essa situação.

Também já era… a partir de amanhã não ajudo mais essas duas criaturas no atendimento de terceiros. Quer fazer cagada e dar informação errada, vai fazer sozinho e depois conserte sua cagada. Meus colegas que trabalho que colaboram comigo, estou a disposição como sempre… essa galera que só sabe tirar o corpo fora… chega. Ponto final… ou eu tomo essa medida drástica ou eu vou falar umas verdades para a pessoa e vai feder o clima no setor.

Ou talvez eu amanheça de cabeça fria amanha e esqueça tudo isso… sou dessas que esquece a irritação depois de umas horas. Minha mãe dizia que era bom isso, que não era bom guardar rancor e tal. Mas às vezes eu acho que é ruim porque as pessoas te fazem muito de idiota.

Mas… enfim… coisas de se trabalhar com atendimento ao público… de vez em quando eu surto. Eu disse em um post anterior que estava precisando de férias não disse??? Ainda tenho seis dias de folga… pensando seriamente em ligar o FODA-SE e tirar esses dias de folga.

Não fossem os milhares de exames que eu tenho que fazer eu tirava viu…

Bom, vou jantar… tem peixe… vou jantar um peixe uma salada e vou dormir, quero nem saber de esperar fazer digestão, e eu só vou jantar porque senão eu acordo no meio da noite com hipoglicemia senão nem ia…

See you guys around the corner
Shao