Oi crianças, como vai a vidinha de vocês do outro lado da telinha? Espero que bacana… a minha tem sido… Acordar cedo (sim, mesmo de férias) tomar remédio, descansar, tentar comer direito, tentar fazer exercício e monitorar os níveis de açúcar no sangue. Eu não tenho postado muito nem aqui, nem no Twitter, nem no Facebook porque na boa, as pontas dos meus dedos estão detonadas… furar seis vezes por dia não é brincadeira. Eu dei folga para os meus dedos no final de semana mas… mesmo assim meus dedos parecem peneiras. Fiquei afim de tocar violão esses dias mas nem pensar… só ia deixar um rastro de sangue no braço do violão. E para digitar aqui no PC também incomoda (no notebook é melhor porque o teclado é mais leve e no celular tem o slide it).

Então hoje eu resolvi organizar de uma vez por todas, todos os meus arquivos de música do computador… porque baixei dois programas que praticamente fazem sozinhos as coisas que eu preciso fazer. Tenho uma penca de arquivos em .flac que eu preciso converter pra MP3 senão o IPOD e o meu rádio do carro não tocam. E tem uma outra penca que estão sem as tags… (pra quem não sabe o que é tag são as informações que aparecem no seu Player quando vc tá tocando a música, tipo nome da música, banda, álbum… essas coisas). Para quem tem o programinha da Last FM é bacana ter tags nas canções pq na hora que o Winamp ou o Media Player está tocando fica lá registrado no site do Last FM e todo mundo pode saber qual o estilo musical vc curte.

Ahhhh Shao, que coisa inútil. Mas é legal hahahaha foi o tio Chande que me falou desse lance do Last FM, que chama Scrooble (acho…). E não é totalmente inútil, eu fiz novos amigos lá. Isso sem falar que é legal porque seus amigos podem se basear no que você ouve pra te dar um CD de presente.

Bom, eu tenho mais ou menos 20 mil arquivos de áudio nesse PC… vai levar um tempinho… acho que hoje vai o lance de converter e mais dois dias para colocar as tags certinhas. Mais um dia inteiro para atualizar o IPOD… é… tenho trabalho pra semana já hahahahahaha.

Mas, voltando ao progresso, parece que finalmente meu organismo está começando a descansar. Vai fazer uma semana que eu estou de férias oficialmente… e agora que o corpo parou de dar sinais de extenuação e a glicemia está entrando nos eixos. Nos três primeiros dias de medicamento novo, tinha abaixado de 390 (Quê???? Quer morrer mulher???) para 250… agora estamos entre 170 e 200 tá gradativamente caindo. Isso é bacana. Eu acho…

É engraçado porque você fala para as pessoas: Nossa, eu não tô legal… eu tô cansada, eu preciso de férias. Eu tô me sentindo mal e ninguém leva a sério porque vc é uma pessoa muito palhaça e vive de brincadeira. Mas é sério, eu estava mal mesmo nas últimas duas semanas antes do feriado. Eu faltei pra caramba no trabalho esse ano porque eu passava muito mal aqui em casa sozinha de manhã… várias vezes eu achei que eu ia desmaiar. Cheguei atrasada um monte de vezes… e se tem duas coisas que eu detesto é faltar e chegar atrasada. Mesmo quando eu não vou eu fico aqui em casa pensando, caramba… eu devia estar lá… Eu sei eu sou caxias, não consigo evitar. E sou obrigada a confessar que ficar calma e relaxar é um exercício difícil. Simplesmente ficar em casa não fazendo nada é uma tarefa hercúlea.

Falando em exercício. Ontem eu saí e fui correr (sozinha!! que orgulho de mim) na praça… Maior mico… só aguentei 20 minutos (eu que corria duas horas três vezes por semana). Engraçado que eu achei que ia ficar sem fôlego, não fiquei, me deu cãibra na perna… o músculo da panturrilha aguentou bem, mas o extensor da coxa travou aí eu andei mais uns 20 minutos, porque senão eu ia fica mancando a semana toda, pro músculo soltar… gastei mais 10 minutos alongando pra ver se eu não tinha machucado a perna e fiz uma rotina inteira de tai chi pra relaxar bem o músculo… tá meio dolorido… acho que hoje eu vou só andar pra não correr o risco de lesão.

Eu tô tentando não assistir Sonia Abrão e Datena, porque é só eu ver o programa deles eu fico nervosa. Eu fico imaginando que alguma daquelas coisas horríveis pode acontecer com meus irmãos ou com a minha vó e eu fico neurótica. E como dizia o velho ditado, aquele que sofre por antecipação sofre o dobro.  Mais um exemplo que eu não consigo desligar minha cabeça às vezes… Mas eu consigo…. basta eu ter um livro por perto, e aqui eu tenho um monte!

Falando nessas coisas preciso ligar pro Convênio pra ver se eles fazem os exames que eu preciso fazer para levar de volta para a médica. Se sobrar um tempinho esse fim de semana vou passar as medições de glicemia pra uma tabela que eu tenho aqui no PC pra eu levar pra ela no dia da consulta.

Telefone maledeto não parou de tocar hoje, e a maioria era gente me pentelhando. Até minha vó resolveu me pentelhar. Ela ligou para cá e pediu pra eu marcar médicos e exames para ela… sendo que ela já tem marcado, mas ela queria que marcasse pra antes. Tadinha, eu morro de dó dela… mas ela não facilita as coisas pra gente. Eu me ofereci pra ir lá buscar ela pra levar no médico porque ela tá reclamando de dor nos ossos (ela tem osteoporose) mas ela não quer, fica falando que gasta muito (detalhe, meu tio faz as coisas pra ela e cobra a gasolina dela, eu falei pra ela que ela não precisava se preocupar que eu tinha gasolina, mas ela não quer). Eu me preocupo com ela, mas ela mesma não deixa a gente ajudar ela.

Na verdade eu não gosto nem de ficar pensando nisso porque eu fico chateada. Fico com a sensação horrenda de limitação, de não poder fazer nada mais para ajudar ela. Se eu tivesse grana, eu alugava um apartamento aqui perto pra ela ficar. Na boa… eu bancava. Mas eu não tenho infelizmente. Eu cheguei a pensar em arrumar outro emprego. Dar aula a noite para ganhar um extra pra fazer isso pra trazer ela aqui pra perto, mas infelizmente a minha saúde não me permite no momento.

Bom, vou ficando por aqui porque amanhã eu tenho que acordar cedo porque eu tenho médico e tenho que dar um pulo no trampo… again!

See you guys around the corner
Shao