Olá crianças, mais uma semana se passou. Como eu havia previsto os últimos dias do Programa de Parcelamento Incentivado foram infernais. Em geral nós atendemos cerca de 1200 pessoas por dia… em um dia agitado, num dia calmo… por volta de umas 700 pessoas, num dia morto… umas 300. Nos três dias finais do PPI… atendemos cerca de 5 mil pessoas por dia… sério… não estou brincando. Não houve um minuto sequer do dia que o lugar ficou vazio. Foi pauleira… no final do dia na quarta-feira eu estava o pó da rabiola como diz o meu irmão.

Meus óculos não ficaram prontos novamente, mais uma semana cega sem enxergar direito as coisas. Eu contei aqui que a minha oftalmologista me pediu um monte de exame porque ela tá cismada que meu olho esquerdo tá com um comecinho de glaucoma? Pois é, se minha mãe estivesse viva ela diria, ahhh mas você só puxou o que não presta né? Pois é… genética maldita… parente dos pôneis. Não dá pra fugir dela.

Essa semana tivemos um acontecimento muito triste também lá na Subprefeitura. Faleceu uma funcionária. A Kátia. Ela trabalhou um tempo conosco no meu setor quando eu não era a chefe. Muito triste a história de vida dela. E parece que ela faleceu de câncer, mas foi tudo muito depressa, ela começou a reclamar de dor na barriga, foi fazer uns exames, ficou internada e em menos de um mês emagreceu 10 quilos e morreu, de repente. Aparentemente ela tinha aquele tipo de câncer que quando vai doer alguma coisa já não dá mais para o médico fazer nada.

Durante esse mês eu tenho um monte de consulta para ir, tenho que encarar uma consulta nova com um novo Endocrinologista, consulta de rotina com um Ginecologista… por causa da morte da minha mãe devido à uma metástase de câncer de mama eu tenho que fazer certos exames todo ano, de acordo com a médica eu faço parte do grupo de risco tenho que me prevenir. É chato, mas é necessário.

Tenho também a consulta com o ortopedista para ver essa dor nas minhas costas. Graças ao trabalho eu ainda não tive tempo de levar a minha tomografia lá pra ele. E agora pra ajudar a minha tendinite tá atacando com fúria o meu pulso direito. Vou falar com o ortopedista também sobre meu pulso, tem dias que eu nem consigo abrir e fechar a mão. Quem sabe eu não pego uma licença pra ficar em casa dormindo? HAHAHAHAHA…

Fora isso acho que eu tenho consulta com o clínico também. Quero fazer uns exames para ver essa minha resistência porque ela está tão baixa. Tô cansada de ficar doente pelo menos uma vez por mês. E tô pensando seriamente em pedir para o clínico um encaminhamento para um psicólogo… eu realmente não me sinto confortável com a idéia ainda, mas… eu acho que é necessário. E agora, dois anos depois da morte da minha mãe, acho que eu estou melhor preparada pra falar de tudo o que aconteceu nesses últimos dois anos.

Semana que vem vai ser agitada também. Por isso quero descansar bastante nesse fim de semana. Semana que vem tenho médico ( não sei qual, preciso olhar minha agenda ), quarta é feriado. Graças aos céus. Depois na sexta tem a formatura do meu irmão. Espero que a semana passe depressa. aliás espero que o mês passe depressa…

Falando em meu irmão ele está todo dodói preocupado se ele vai ou não vai ser mandado para trabalhar perto ou lenge de casa. Tenho certeza que vai dar tudo certo e ele vai pegar uma vaga aqui na capital mesmo. Mas ele sofre muito por antecipação. Parece minha vó… Hoje a criaturinha me acordou umas nove e meia com o violão, e ainda por cima com o violão desafinado.

Eu me lembro uma das épocas mais sombrias da minha vida, quando eu morei oito meses com uns parentes meus e meu tio estava estudando violino na época e a criatura acordava cedo (no final de semana) e pegava aquele violino e ficava tocando escala logo cedo. Acordando a gente com aquela desafinação toda. Acho que se fosse agora, se eu fosse adulta eu tinha pego aquele violino e mandado na parede.

Não me entendam mal eu amo violinos, acho um instrumento que tem um som lindo. Um violino bem tocado é uma coisa fantástica. Mas vmos e convenhamos. Uma pessoa aprendendo a tocar violino é uma tragédia. E é uma puta falda de respeito com que está cansado e ficou na escola até meia noite estudando, você pegar o violino e colocar-se a tocar desafinadamente a escala seis horas da manhã. Até os vizinhos ficavam incomodados.

Eu toco teclado, piano e órgão desde os doze anos, e eu sempre procurei estudar minhas escalas e minhas partituras num horário que não incomodasse quem quer que fosse. Agora meu tio ele parece até que fazia de propósito, pra pentelhar mesmo a vizinhança e acordar a gente.

Aí hoje o Cezar me acorda com o violão desafinado. Ele espanca tanto as cordas do violão que ele consegue desafinar o danado. E mesmo eu já tendo ensinado para ele mais de quinhentas vezes como faz para afinar o violão ele tem um ouvido péssimo para achar as notas. Uma coisa entretanto eu sou obrigada a admitir, eu admiro a perseverança dele. Ele pega lá a música que ele quer tocar e fica, fica… repete, repete, repete os acordes até sair certinho. Eu já não tenho tanta paciência… e meu pulso com tendinite também não me ajuda.

Ai caramba acabei de lembrar que tenho que entregar na sexta-feira que vem um trabalho super ultra chato lá no trampo. Estão desenvolvendo uma cartilha com os serviços internos da Subprefeitura, mais para orientação dos servidores mesmo e a parte do meu setor é a pior… porque nós temos muito mais serviços de atendimento ao publico que os demais setores. Acho que segunda-feira eu vou levar o meu notebook para o trabalho, vou me sentar na minha sala e vou focar no trabalho e só sair de lá cinco da tarde quando eu terminar a minha listinha.

Queria muito, muito, muito que esse mês acabasse logo. Porque com o final do mês terá passado a Sipat e depois aparentemente teremos a mudança de prédio… e talvez, muito talvez eu possa tirar uns 15 ou 20 dias de férias e dormir o sono dos mortos. Já que uma vez mais eu não consegui fazer o estágio. Isso tudo é claro, se houver a tal da mudança… faz dois anos que estamos nos mudando e não muda. Tô cansada da novela.

Na verdade estou cansada e ponto final. Minha dermatite nervosa tá atacando novamente, isso quer dizer apenas uma coisa: PRECISO DE FÉRIAS URGENTEMENTE.

Ahhhh, antes que eu me esqueça… tenho que contar a novidade… Ontem meu pai foi no tribunal ver o trânsito em julgado do processo de adoção. Já pegou o Mandado de Retificação de Assento, que é um documento onde o juiz diz: Aê mano, troca o nome da menina, pode trocar… faz aí uma certidão de nascimento nova. Aí ele já pegou e já foi para o Cartório de Registro de pessoas e pronto. Está em mãos a nova certidão de nascimento da tia Shao. Logo abaixo a prova do crime.

image

Não mudou muita coisa sinceramente, só acrescentou o Sampaio no final do meu nome, vai ser difícil me acostumar. O bacana foi também que o juiz foi camarada e arrumou o nome da minha mãe na minha certidão, agora vou poder arrumar o nome dela no meu RG. Agora só começa a dor de cabeça, vou ter que trocar meu nome em tudo que é documento, cartão de banco, trabalho… aff… vou fazer uma lista mais tarde para ver onde eu tenho que ir senão eu vou acabar esquecendo. Bom, esse post está ficando muito longo, tá gigantesco para falar a verdade. Vou terminando ele por aqui então.

See you guys around the corner
Shao