Cara, o dia todo foi podre hoje. Eu encarei pelo menos umas três figuras do além. Uma munícipe que corriqueiramente, pelo menos uma vez por mês, vem na praça quis bater boca comigo, quis me humilhar, etc, etc… Eu não me contive, até mesmo porque eu já tinha me estranhado com ela da outra vez que ela esteve lá no trampo.

Essa senhora tem mania de ofender os atendentes. Ela é muito rica cara, tem muitas casas, mora em Moema aquela porra digníssima senhora e vem de lá da casa do capeta caramba pra resolver problemas dos imóveis dela, mas ela acha que nós somos empregados dela.

Hoje ela queria que nós olhássemos a escritura dela pra descobrir o que ela nem sabia que queria que descobríssemos (não tô brincando, é sério). O advogado dela pediu um documento, e ela não sabia que documento era esse e queria que nós simplesmente adivinhássemos o documento que o advogado dela queria olhando a escritura.

Suponhamos por um desvairado momento que este fosse o meu trabalho (não é…) eu faria, na boa, mesmo ela sendo obnoxiamente mal educada. Mas, não é… e ela sendo… do jeito que é… é um prazer incomensurável dizer NÃO pra ela…

Ela ficou toda putinha louca da vida mas eu não cedi um milímetro. E toda a vez que ela for lá e tratar mal um funcionário ela vai ter que se ver comigo, criatura nefasta! Para o azar dela eu estou amaldiçoada com a chefia por mais dois anos e meio… para azar meu ela é velha e pode morrer e eu terei poucas chances de falar não pra ela…

Depois dela ainda vieram mais dois caroços… e para fechar o dia com chave de ouro… eu fui num outro setor à tarde, levar serviço e sei lá eu porque cargas d’água surgiu o assunto religião… beleza… nada contra…

Mas, uma pessoa que eu topei lá é daquelas que ‘só a opinião dela, a religião dela é válida, é a verdade absoluta, as outras igrejas são seitas’ yadda, yadda, yadda…

Eu sinceramente detesto debater religião. Debater no sentido de… a minha é melhor… eu tenho razão. Eu detesto rituais ecumênicos também… eu acho que é uma tentativa velada de te enfiar goela abaixo uma doutrina que primáriamente não é a sua…

Eu não tento incutir na cabeça de ninguém as minhas crenças e acho tão chato quando uma pessoa faz isso comigo. Cara, a mulher engatou de falar num lance que todos os instrumentos foram feitos para louvar a Deus. Beleza, eu não concordo, mas respeito a sua opinião…

Só que a pessoa ficou inssistindo e tal, tipo, ninguém tem direito a ter uma opinião diferente da dela. Aí meu amigo falou que toda as igrejas eram pra arrancar grana dos outros, se fosse assim os pastores não ganhariam salário… fariam tudo de graça.

Eu nem falei nada disso (até porque eu concordo com ele, pastor não tem que ganhar salário) e aí a conversa foi parar no dízimo e a mulher falou que o dízimo é bíblico e é obrigatório, bem como a manutenção do templo e que nós não somos o templo de Deus… que Deus precisa de um templo (um prédio para as pessoas fazerem o culto).

Beleeeeeza… é a opinião dela… o que me irritou foi ela levantar da mesa dela, ir no armário, pegar a biblia e vir querer me mostrar onde na bíblia estava o dízimo, etc…

E eu me esquivando, na maior postura não quero debater tia… vc tem a sua opiniçao e eu tenho a minha e a mulher praticamente me obrigando… a debater com ela

O pior é que eu sei que a bíblia cita o dízimo, mas usa outro termo, usa o termo oferta… Oferta, por si só caracteriza uma coisa voluntária. Não obrigatória… NÃO EXISTE EM PARTE NENHUMA DA BÍBLIA UM VERSÍCULO SEQUER QUE DIGA QUE O DÍZIMO É OBRIGATÓRIO E TEM QUE SER 10% DO QUE VC GANHA.

Qualquer outra coisa que digam, seja qual for a igreja… estão mentindo pra vc, distorcendo o que está na bíblia e pior… querendo arrancar dinheiro de você de qualquer jeito.

Duas igrejas que fazem isso muito… a Mundial não sei das quantas… do Waldomiro sei lá das quantas… e a do Macedão…

Ufffa… desabafei… agora eu vou dormir. Espero que a mulher me esqueça e não venhar querer me bater com a bíblia, nem me exorcisar amanhã…

See you guys around the corner
Shao