Post vai ser longo galera porque provavelmente eu só vou poder escrever semana que vem, semanas que vem prometem ser bastante agitadas. então se não estiver afim de ler post cumprido… meia volta volver…

Semaninha curta, de volta ao trabalho… foi legal para pegar o ritmo do trampo. Uma coisa que eu tenho aprendido nos últimos anos quando não gostamos mais do que fazemos a tendência de desconectar completamente quando estamos de férias é imensa… entretanto, eu fiquei aliviada de ter voltado a trabalhar. Por mais contraditório que pareça. Aquele velho ditado né? Cabeça vazia oficina do diabo, muito verdade ainda mais a minha cabeça, que não anda lá muito certa.

Ahhh essa semana foi uma semana nefasta, porque morreram quatro pessoas. A irmã de uma moça que trabalha comigo e a irmã do meu padrasto na quinta, depois o ex-marido de outra das minhas colegas de trabalho na sexta e hoje a prima do meu padrasto. Mr Reaper tá fazendo a limpa… mas também… 33 mineiros escaparam da morte, Sarney escapou imagino que ele esteja desesperado para cumprir a cota do mês…

Semana do saco cheio na faculdade, eu fui assistir aula na quarta e a notícia me pegou de surpresa, beleza… já estava lá mesmo, me soquei na biblioteca e fiquei lá até fecharem, dez e meia da noite… adiantei razoavelmente meu TCC, meus amigos não colaboram comigo entretanto porque a cada cinco minutos eu cruzava com um que vinha trocar meia hora de papo, depois o meu amigo chegou com o notebook novo dele pedindo pra eu ajudar configurar… Mas até que foi produtivo… acho… Como eu não tenho que acordar cedo amanhã acho que vou adentrar a noite escrevendo pra dar conta…

Tenho que escanear umas coisas, e tenho que fazer o trabalho da DP, meu irmão falou que ia fazer pra mim mas está com ele faz duas semanas e ele não escreveu uma linha e eu tenho que entregar na sexta que vem… como sempre eu não posso contar com ninguém a não ser comigo mesma, mas não vou me estressar cara, se eu não passar vou carregar mais um semestre, não é o fim do mundo. Beleza, vai ser a primeira vez na minha vida que eu reprovo em alguma coisa, mas… há uma primeira vez para tudo certo? E depois de tudo o que eu passei nesses últimos três anos eu acho que eu posso me dar o direito de ser um pouco relapsa com certas coisas. Se você discorda FODA-SE que se dane a vida é minha e ninguém manda nela, ou quase… estou pouco ligando para a opinião de quem quer que seja…

Quer dizer… a opinião de poucas pessoas importa para mim. Ás vezes eu tenho vontade de me isolar permanentemente das pessoas, cortar relações com todo mundo que eu conheço (todo mundo, todo mundo MESMO) mas… essas poucas pessoas que se importam comigo não merecem que eu faça isso… assim sendo eu continuo procrastinando meu rompimento com a sociedade. Mas com o tempo tenho certeza que vou conseguir meu intento maligno de me livrar das pessoas ao meu redor… Muahahahahahaha (risada maligna!). Mas acho que vai levar um tempo…

Vai ser treta ainda mais que de umas semanas para cá meu padrasto pirou na batatinha com essa história de me adotar

Anyway, a semana apesar de nefasta não foi toda ruim… nope… foi boa em certas coisas… o meu irmão Carlos está de emprego novo. O Cassinho nosso primo e parceiro arrumou esse emprego novo há um mês e assim quem pintou uma vaga ele indicou o Carlos. Vão trabalhar juntos. Espero que eles dois se dêem bem no meu emprego. Diferentemente de muitas pessoas que eu conheço eu fico realmente feliz quando meus amigos (muito mais meus irmãos, pq o Cassinho é praticamente meu irmão) conseguem coisas boas.

Hoje aconteceu outra coisa bacana apesar da semana lúgubre. Eu tive que acordar cedo… bem cedo.. para ir assistir uma palestra obrigatória na faculdade (essa não foi a parte legal), uma das palestras foi sobre Tribunal de Ética… bacana, e a outra foi sobre Arbitragem… Aí o cara da Câmara de Arbitragem sorteou três bolsas para fazer o curso para ser árbitro. O curso custa 800 reais, e eu fui uma das sorteadas. Yay!!!

São dois dias de curso, e é bacana para quem como eu está se especializando na área de tributário. E cara foi muito hilário porque eu me interessei de fazer o curso, porque a profissão de árbitro é bem bacana, nem precisa da carteira da Ordem, e ganha bem até… mas muito caro e eu teria que faltar no trampo, então assim que eu fui sorteada eu pensei em dar pra minha amiga que tá desempregada e vai ter nenêm… tipo em tese ela precisa mais que eu… mas… ela disse para mim, Ceres pensa em tudo aquilo que você passou e passa naquela prefeitura… de repente é a sua chance de conseguir algo melhor cara…

Aí eu pensei… what the hell… beleza… preenchi o formulário, entreguei e seja lá o que Deus quiser. Na minha vida nada acontece como eu planejo, mas não quer dizer que isso seja sempre ruim… entonces eu não sei o que pode sair disso, mas espero que seja algo bacana, de repente pode ser mais um curso inútil pro meu currículum pirado… mas de repente pode ser útil. Vamos ver.

Meus amigos (de verdade) ficaram felizes por mim, alguns quando ficarem sabendo vão querer arrancar as órbitas oculares das cavidades cranianas de tanta inveja (sorry folks…). Mas, como disse um amigo meu esses dias para mim, as pessoas só vêem os frutos que você colhe Shao, não vêem as pedras que vc teve que arrancar da terra para poder plantar suas sementes, nem o trabalho que vc teve com as suas plantas… (poético ele não?). Mas é bem verdade…

Minha meçhor amiga (que acha que é minha mãe postiça) me ligou pra saber se eu estava melhor da gripe (porque eu estava bem ruim quinta e sexta (quinta aliás eu tava muitos maus quando cheguei em casa e sexta eu estava com cara de defunto lá no trampo). Mas graças a Deus eu melhorei depois que eu tomei um antigripal poderoso… E tô até respirando melhor thanks to fenilefrina (acho que é assim que escreve). E eu contei pra ela que ganhei a bolsa pro curso e ela ficou super contente, antes de eu falar que eu tinha ganho a bolsa eu comentei do curso e que eles estavam dando um desconto de 50% pra minha faculdade e parcelando em 4 vezes ela e ela disse: Vc vai fazer né? Vc tem que fazer! Eu cubro vc lá no trampo… são só dois dias e yadda, yadda, yadda… aí eu disse para ela que eu tinha ganho a bolsa ela disse Yay!!! Que legal…

Pessoas como o Cassinho e a Eliana me fazem ter esperanças que o ser humano não está de todo perdido… Ao mesmo tempo eu fico chateada com a falta de consideração que de vez em quando eu recebo dos meus próprios irmãos… mas… whatever.

Quando minha mãe me disse que estava mal, que estava com câncer de novo eu perguntei pra ela se ela tinha certeza que ia ficar boa. Ela disse que sim, que tinha certeza que ia ficar boa. Eu disse pra ela que… se ela morresse eu ia perder toda a minha família que eu ia acabar sozinha de qualquer forma porque eu achava que meus irmãos e eu simplesmente íamos acabar nos afastando um dos outros… é o jeito deles… eles simplesmente são do jeito que são e pronto.

O Cezar mesmo… eu pedi pra ele por favor não chegar mais tarde em casa… já passa da meia noite (uma hora agora por causa do horário de verão) e ele não quer nem saber. Ficou de fazer o trabalho pra mim mas ele chega em casa e nem arruma as coisas dele só fica na net… eu tenho que praticamente implorar pra ele fazer as coisas para mim. Eu sei que eles se preocupam comigo, mas… eu apreciaria muito mais menos preocupação e mais atitudes que me ajudassem aqui em casa…

Mas eu resolvi que não vou ficar mais chorando pelo leite derramado e querendo que as coisas e as pessoas fossem diferentes do que são… eu já havia dito que esse ano era o ano de colocar as contas em dia e é isso que eu estou fazendo… ano que vem eu só vou fazer aquilo que eu quero fazer. Passei o ultimo ano e meio pensando e acho que está na hora de eu começar a dar um jeito de guardar uma grana, pra comprar um apartamento para mim e deixar meus irmãos viverem como eles bem entenderem… Sei que eu não vou conseguir isso num ano só… vai levar mais tempo, mas é até bom porque eu vou amadurecendo a idéia. Talvez seja isso que eles precisem para crescer, que eu deixe de vê-los como crianças de tratá-los como tal e de estar aqui 24h disponível para eles…

Não vou nem comentar nada com eles… vou fazendo as coisas… quando eu tiver condições financeiras de tomar alguma atitude aí a gente senta e conversa.

Vou ficando por aqui que o post tá gigantesco já… mas não esquentem… só semana que vem agora (a não ser que algo extraordinário aconteça e eu tenha que escrever).

Bom, see you guys around the corner
Shao