Isso eu postei há muito tempo, é na verdade mais uma repetição de post. Na verdade eu nem acredito muito nisso mas é sempre engraçado quando encontramos algumas similaridades nas descrições. E como o Marcelo veio me falando que lendo Eragon ele lembrou de mim na figura do dragão… vamos lá hahahahaha. Eu nasci em 1976… Dragão do Fogo de acordo com a tabela chinesa… eu grifei aquilo que eu acho que tem a ver comigo… e azul o que eu absolutamente admito hahahahaha. Em vermelho raramente mas não deixa de ser verdade…

Personalidade do Dragão

São considerados superiores a todos os signos animais restantes. Exóticos, intencionais e elegantes.

O poderoso e magnífico dragão do folclore mítico nunca cessa de encantar ou agitar a imaginação. Diz-se que algumas das suas qualidades são mágicas, ilusórias ou não, estão contidas naqueles que nascem sob o seu signo.

A pessoa do dragão é magnânime, cheia do vitalidade e de força. A  vida para ele, é uma chama de cores. Egoísta, excêntrico, dogmático, terrivelmente exigente e pouco razoável, no entanto sempre com uma grande faixa de admiradores. Orgulhoso, aristocrático e muito direto, o nativo do dragão estabelece os seus ideais cedo na vida e exige os mesmos padrões elevados e perfeição da outra pessoa que viva com ele.(meus irmãos que o digam)

No Oriente, o dragão simboliza o poder; aqueles que nascem no ano do dragão são conhecidos por desgastar os chifres do destino. Uma criança do dragão tenderá a agir de acordo com responsabilidades importantes mesmo se for o mais novo na família. Frequentemente, as crianças mais velhas do dragão podem tratar os seus irmãos mais novos com mais autoridade do que os pais.

O dragão é difícil de contestar, por vezes é mesmo impossível. Tende a intimidar todos aqueles que o ousam desafiar. Um dragão irritado, pode ser como um grande lobo mau à sua porta. A sua vontade e o seu sopro deitarão rápida e facilmente a sua casa abaixo. Mas o dragão também é fiel apesar do seu temperamento forte e de suas maneiras dogmáticas.  O dragão pode pôr de lado ressentimentos domésticos e vir prontamente salvar quem dele precisar. Entretanto, a sua família pode também contar com severos sermões caso ele pense ser necessário. O dragão raramente mede as palavras. Fala como um Imperador. Sente-se acima da lei e não pratica sempre o que prega.

Ás vezes ser civil ou comum, afecta e provoca uma tensão terrível no dragão. Tornar-se-ia áspero, rude e totalmente descontrolado quando provocado. Mas não tente dar para trás da mesma maneira.

Apesar do seu vulcão de emoções, o dragão não pode ser considerado sentimental, sensível ou muito romântico. Gosta do amor e da adulação por princípios obrigatórios. Mas apesar de teimoso e por vezes irracional ele também consegue perdoar quando menos se espera. E como as coisas devem ser retribuídas, ele também espera que lhe perdoem os seus erros. Pode mesmo desculpar-se às vezes, o que pode parecer mal, mas o dragão não tem realmente tempo nenhum  para se explicar ou para ser incomodado; quer apenas continuar com o seu trabalho.

Enquanto o dragão puder ser forte e decisivo, ele não será demasiado exigente. Adapta-se facilmente a regulamentos complicados. É frequentemente demasiado confiante. Em vez de cheirar ao redor por esquemas habilidosos, prefere mergulhar na batalha, recusando frequentemente recuar mesmo estando de caras com a probabilidade de sair a perder. Demasiado orgulhoso, ele não pede ajuda; demasiado certo, mantém raramente qualquer coisa escondida. Demasiado correcto, recusa mentir.

É vital para a pessoa do dragão, ter uma finalidade ou uma missão especial na sua vida . Não é saudável nem  justo para ele não ter nada para fazer. Deve sempre ter uma causa para poder lutar ; um objectivo a alcançar, uma emenda para o que está mal. Se não, como pode manter essa chama interna de fogo? Sem os seus projetos preferidos e outros esquemas impossíveis, o dragão é como uma locomotiva sem combustível.

O dragão tem a mesma afinidade para o sucesso que a serpente, mas porque expressa o seu ponto de vista mais abertamente e as suas falhas têm uma maior probabilidade de envolver alguma forma física, é poupado geralmente de problemas psicológicos profundos. Sendo um vencedor determinado, ele fará as cruzadas, conduzirá a demonstrações, escreverá cartas aos meios de comunicação ou colectará milhões de assinaturas numa petição (já fiz isso). Este método de fogo aberto livra-o eficazmente de todo o nervosismo interno que poderia resultar de outra maneira.

A senhora do dragão é a Grande Dama do ciclo. Será determinada, uma defensora dos direitos iguais para as mulheres. Os padrões e a discriminação  despertarão as suas paixões mais selvagens. O que um homem pode fazer, ela pode provavelmente fazer muito melhor. Nunca a subestimem. Ela irá batê-lo no seu próprio jogo – ou morrerá a tentar. Nunca estará inativa ou conformada com o seu destino. Ela tem uma construção feita sobre os impérios mais duros e do matriarca mais velho. Enfrente-a e o céu cairá.

Para dizer a verdade, a fêmea do dragão é estritamente uma pessoa de bom senso. Mostrará isso pela maneira como se veste. A roupa prática e funcional  é lhe mais apelativa. Poucos laços, tecidos delicados, botões e curvas, mas tudo com um mínimo de complicações. A roupa que se veste facilmente e lhe proporciona o máximo de movimentos,  será a sua primeira escolha. Odeia restrições e limitações. Na realidade, pode até preferir um uniforme se pode a ajudar a trabalhar todos os dias sem o incómodo de ter que decidir o que vestir.

A menina do dragão raramente, se não sempre, se excede na sua indumentária com ela mesma . O seu brilho está na sua mente e este brilhará mais além, sem nenhuns reparos. A auto-estima está sempre muito elevada em todos os dragões, assim a fêmea do dragão não será nenhuma excepção. Ela não espera ser tratada como uma  divindade embora tenha os seus ares. Quer apenas ser respeitada e fará tudo ao seu alcance para consegui-lo.

A senhora do dragão é  totalmente emancipada, por isso as táticas fortemente arquitectadas contra ela não levarão a parte nenhuma. Você também se pode redimir – mas ela terá sempre a última palavra.

Apesar das suas falhas serem tão numerosas como as suas virtudes, o lustro do dragão brilha em todos. Não é vitima, nem pede favores. Pode resmungar muito, mas não consegue resistir em dar ajuda a quem precisa ou ir em seu socorro quando você está com problemas. Isto não acontece porque sente compaixão ou interesse genuíno; acontece porque o dragão tem um sentido profundo do dever.    

O dragão terá de algum modo sempre uma contribuição notável a fazer. Você pode contar com o seu apoio, porque não o deixará mal se o puder ajudar. O dragão esgotará todos os recursos antes que admita a sua falha. Um extrovertido e um amante da natureza, estas pessoas serão uns desportistas activos, agente de viagens e um excelente orador.

O nativo do dragão casará jovem ou ficará de preferência solteiro para toda a vida.(Hahahahaha – Essa eu já sabia!!!). Pode ser feliz com uma vida solitária, porque os seus trabalhos e carreira o manterão ocupado. Raramente lhe faltará amigos ou admiradores para lhe fazer companhia.

O dragão não é um gastador, mas também não é um miserável. É generoso com o dinheiro mas nunca se preocupa demasiado com o balanço da sua conta no banco.

A pessoa do dragão é super positiva. Nada poderá mantê-lo em baixo por muito tempo, e mesmo quando tem uma série de problemas, tentará sair deles o mais rapidamente do que qualquer um será capaz de o fazer.

Para um signo que nunca aceita a derrota, o dragão providencia a sua pior oposição. Quando está convencido que está certo resultará uma situação desastrosa. Pomposo e auto-destrutivo? Não propriamente. É que esta pessoa tem de seguir completamente os seus planos – independentemente das consequências. Por mais que você tente mudar o seu percurso de ação ou o tente afastar do problema, mais determinado ele se torna. Vive para além da sua reputação por continuar no seu percurso mesmo quando este se torna insuportável.

O dragão será uma pessoa aberta – você pode lê-lo como um livro. É difícil para ele fingir emoções que não sente e raramente se incomoda de tentar. Não tem segredos.

Os seus sentimentos são genuínos e vêm sempre diretos do coração. Quando declara a alguém o seu amor, pode estar certo de que ele é sincero.

Se pertencer à variedade mais áspera dos dragões, poderia ser demasiado abrasivo. As suas maneiras diretas e bruscas podem gerar inimigos. Mas de forma geral, inspirará ação. Deve atender pessoalmente às coisas que quer feitas de imediato em vez de escrever ou de negociar ao telefone. A sua presença e magnetismo influenciarão as pessoas sobre a sua maneira de pensar. Consegue motivar todos aqueles com quem tiver contato. Ele não necessita de nenhuma motivação, porque é mais do que capaz de gerar o seu próprio momento.

Nunca será difícil para você confiar num dragão. Ele demonstra apesar de tudo muita responsabilidade. Ele raramente tem dúvidas sobre o que é capaz de fazer. Com o seu natural espírito pioneiro, os seus feitos serão estupendamente bem sucedidos. Ele tem que atingir o limite máximo para poder olhar para ele próprio.

Somente quando pode aproveitar os seus poderes legendários ele consegue executar milagres. Necessita que as pessoas acreditem nele.

A CRIANÇA DO DRAGÃO

A criança altamente alegre do dragão é um inovador. Cheio de força, sem medo e vibrando de energia, facialmente demonstrará o seu ideal de vida. Formulará os próprios princípios muito cedo na vida e de pouca ou nenhuma ajuda precisará ou pedirá. Respeitador das pessoas idosas e obedecerá de forma  precisa ao que lhe for pedido fazer.

Esta criança intensa necessita escoar as suas paixões a algo ou alguém que considere digno da sua devoção. Terá ídolos incontáveis – os professores, os pais ou qualquer um que considera altamente importante. É brilhante, agressivo e independente. Resistente e duro, pode ser arreliado e picado ao seu redor porque está disposto e sempre pronto a lutar pelos seus direitos. Altivo e ambicioso, deve lhe ser dado responsabilidades a fim de mantê-lo ocupado e lhe dar a sensação de estar a ser útil. As suas maneiras dominadoras devem ser verificadas ainda em tenra idade idade.

A criança do dragão necessita de ser valorizada. Prefere que você mostre que necessita dele em vez de apenas só o amar. Os seus esforços são sempre sinceros e devem ser elogiados, porque ele trabalhará muito duramente para lhe agradar e ganhar o seu respeito. Nunca fira o seu ego rindo-se dele, mesmo se ele for executar algo simples como se fosse algum ritual intrigante. A auto-estima do dragão é imensurável. Os seus sonhos de grandeza são todos reais e tangíveis para ele. Na vida, as suas emoções atingirão níveis elevados e profundidades fantásticas. Se falhar em alguma coisa, tem que ser tranquilizado que o sol brilhará outra vez no dia seguinte. Ele auto avalia-se muito duramente. Uma vez que se aperceba do seu erro, não haverá nenhuma necessidade para você repreendê-lo ou punir, porque será ele será o primeiro a se castigar e a emendar o que fez.

Se a sua criança for dragão, quererá ou talvez mesmo exigirá  que você confia nele e dará o seu melhor para nunca o decepcionar. Este jovem orgulhoso e confiante será forte e sempre fiel aos seus ideais . Nasceu para conduzir e liderar.

Os cinco tipos de Dragões

DRAGÃO METAL – 1880, 1940, 2000

Este tipo poderia ser o mais forte de todos os  Dragões. Honestidade e integridade são virtudes inerente e embora possa ser brilhante, aberto e expressivo, também é crítico.

Orientado e combatente, ele procurará e motivará todos os que conseguir para o seu próprio nível da inteligência ou de posição social. Tem pouca paciência com o preguiçoso, incompetente e tolo. O metal combinado com seu signo lunar natural, madeira, permitirá também intimidar os seres mais fracos submetendo-os à sua vontade. Poderá ser o guerreiro mais magnífico.

É tremendamente intenso e acartará a sua vida nas suas convicções. É inútil tentar convencê-lo que determinadas coisas não podem ser feitas. Este tipo de Dragão tentará exorcizar qualquer diabo que lhe apareça na vida e poderia tornar-se fanático a respeito das suas convicções e opinião moral.

Quando é negativo, tenderá a ser exagerado com pontos de vista exclusivamente  importantes para ele. É um pouco fraco na diplomacia e tem o hábito de ir sozinho se os outros discordarem ou recusarem aceitar a sua liderança.

O forte Dragão metal apressar-se-á aonde os anjos temem pisar. Terá sucesso porque não se dará a ele próprio outra alternativa. Queima as pontes atrás dele de modo que não possa voltar para trás uma vez que iniciou o ataque.

DRAGÃO ÁGUA – 1892, 1952, 2012

Um tipo mais pequeno de Dragão Imperador que favorece o melhor crescimento e a expansão. Pode pôr de lado o seu ego para o bem de tudo e de todos sendo menos egoísta. Uma pessoa inibida mas progressiva, tenta duramente não ser tão conspícuo quanto os outros famintos Dragões. Porém não será ele que vai ser etiquetado como conciliador. Pode supor uma atitude de "esperar para ver" e as suas sagacidades são tão formidáveis quanto a sua força de vontade.

O Dragão água tem uma filosofia de vida muito própria e gostam de a impor aos outros, no entanto não procuram vingança naqueles que escolhem ir pelo caminho oposto. Democrático e liberal, pode aceitar a derrota ou a rejeição sem se defender.

A água é calma e benéfica para o seu signo lunar e ele saberá agir sabiamente e  fazer o que é essencial para o seu progresso. É rápido e de confiança e é capaz de promover as suas ideias de forma devota e incansável. É provável ser bem sucedido como negociante, porque conhece e sabe quando, onde e como aplicar a força negocial.

O inconveniente principal é que pode ser como um construtor demasiado optimista que se esquece de reforçar a fundação. Por tentar segurar muita coisa ao mesmo tempo pode perder tudo. Tem de aprender a fazer escolhas difíceis e abandonar o que quer que seja duvidoso ou desnecessário. Desta maneira, poderá direccionar as suas energias para menos coisas mas mais compensadoras.   

DRAGÃO MADEIRA – 1904, 1964, 2024

Um tipo criativo e magnânime do Dragão, capaz de desenvolver  novos conceitos revolucionários e brilhantes. A madeira combina com este signo tornando-o bom a formular, implementar e a executar as suas ideias, em trabalhar cooperativamente com outros, pode mesmo ser um bocado condescendente em certas ocasiões.

Dotado de uma natureza aventureira, com um sentido apurado para a exploração, o Dragão madeira adora procurar e expor a causa e efeito das teorias; toda a sua acção será guiada por uma lógica sadia. Contudo, tem também a tendência de investigar demasiado certos assuntos ou submeter as pessoas a debates infinitos quando se encontra a defrontar a oposição.

Aqui está um generoso Dragão capaz de seguir uma estrada média; tenta ao máximo não ofender ou magoar as pessoas; esconde subtilmente a sua forma de dominar. O elemento madeira produz uma diminuição da ferocidade e um maior bom senso nos dragões, quando estes virem que podem tirar alguma vantagem assumirão de imediato o compromisso. No entanto, ainda como dragão, ele sentirá a necessidade de relacionar tudo com o seu super ego e aceitará a mudança apenas se tiver a certeza de que isso possa ser bom para ele.

Não é tão vingativo e egocêntrico como os dragões dos outros elementos, ele é determinado, orgulhoso e destemido quando alguém o desafia.

DRAGÃO FOGO – 1916, 1976, 2036

O mais correto, expansivo e competitivo de todos os dragões, o dragão fogo espera demasiado de todos. Mas quando estiver a ser exigente e agressivo, ele estará abençoado por uma enorme energia e poderá oferecer imenso em troca. O problema é que pode ficar com um ar superior e autoritário afastando as pessoas ou fazendo-as ter medo dele.

O fogo combina com seu signo lunar o que o fará demasiado zeloso.

Na realidade, ele é uma pessoa muito humana e aberta, dada à imparcialidade e defensora da verdade custe o que custar. O seu criticismo é objectivo, detêm o poder de arrastar massas com a sua vibrante personalidade. É um natural construtor de impérios, olha directamente para a ordem suprema das coisas sendo ele a comandar, naturalmente.

Por causa da sua insaciável ambição pessoal, é temperamental e exigente, só se satisfaz com a perfeição. Por vezes generaliza demasiado.

Resumindo, temos um indivíduo com um grau de atuação muito elevado, ele pode facilmente ser uma fonte de inspiração e uma personalidade pública – quando aprender a dominar os seus traços negativos e a comunicar de forma mais humilde com os outros.

DRAGÃO TERRA – 1868, 1928, 1988

Este Dragão sociável, é do tipo executivo, terá uma forma compulsiva de controlar o seu ambiente e as pessoas que o cercam. Como Dragão, é limitado para ser autocrático e seria tolice se esperássemos o contrário. Contudo, será justo e apreciará as opiniões das pessoas, mesmo se não concordar com elas.

A terra torna este dragão mais realista, estável e, por vezes, até mesmo um bocado impessoal. Embora não seja tão severo como os outros Dragões, ele continuará a ter o impulso básico de subjugar os outros. Abordará os problemas com a razão e a sua liderança será  menos ditatorial. Trabalha incessantemente para desenvolver  os seus talentos e explorar  os seus recursos.

O auto domínio do Dragão terra não significa a perda de iniciativa. O que acontece é que a terra o torna menos apressado sendo as suas aspirações mais confiáveis e sólidas.

Extremamente correcto, este dragão aristocrático é calmo, forte e bravo. Dado à reflexão e organização, exaltar-se-á poucas vezes e quando o irritarem não se humilhará discutindo com os que estão abaixo dele. No entanto, retaliará rapidamente se a sua dignidade for atingida.

Vou ficando por aqui, tenho que parar de ser relapsa, vou ler a droga do livro que eu tenho que ler
See you guys around the corner
Shao