Round 1
 
Ai…. ai… eu estou doente…
 
Pior que eu não sei o que eu tenho, não sei se é uma virose, ou se é alguma coisa que eu comi que me fez mal junto com uma gripe do caramba.
 
Pior que eu tenho um monte de coisa pra fazer…
 
Ai, vou pra cama, estou me sentindo mal…
 
Round 2
 
Tá, depois de uma tarde péssima… estou de volta. Fui carregada pra faculdade, literalmente, e fiquei lá até as nove horas assistindo uma aula sofrível… preciso ler mais sobre direito comercial… tá difícil a coisa, esse semestre está de amargar. Não sei se felizmente ou infelizmente eu não sou a única a sentir isso, talvez o estresse de ser universitário esteja começando a afetar a galera, incluindo eu…
 
Bom… segundo ano é quando grande parte da galera não aguenta a pressão e ou abandona ou reprova mesmo… Deus queira que não aconteça nem uma coisa nem outra com a minha galerinha… talvez esse mal estar meu seja doença, talvez seja estresse, vai saber… se eu for ao médico ele vai dizer que e virose… e tempo pra descansar e espantar o estresse eu não tenho, eu preciso é de umas vitaminas e pedir a ajuda de Deus para melhorar e parar de faltar no trabalho… Esse mês foi o cão chupando manga dos avessos…
 
Lendo a folha online eu achei esse artigo interessante… sobre mulheres escritoras… achei legar reproduzir aqui… já que eu sou uma mulher e um dia tive pretensões a ser escritora… ainda não desisti, só estou… replanejando as coisas…
 

A ensaísta e crítica Joan Acocella, em Twenty-eight artists and two saints, tem coisas importantes a dizer sobre a carreira de mulheres escritoras:

 

Muitas delas são brilhantes, e desse brilhantismo pode resultar um romance, como o que Zelda Fitzgerald escreveu. Mas para escrever cinco romances (Scott Fitzgerald) ou dezessete (Nabokov) –construir uma carreira—você tem de ter, além do brilhantismo, uma série de virtudes menos glamurosas, por exemplo: paciência, resistência, coragem. Lucia Joyce encontrou obstáculos e largou as mãos;  James Joyce encontrou obstáculos piores… e persistiu. Quando os críticos escarneceram do romance de Zelda, ela parou de publicar; quando Scott sofreu invertidas –na verdade, quando ele era um bêbado caindo pelas paredes—ele continuou esperançoso, trabalhando… Enquanto a natureza parece oferecer brilhantismo igualmente a homens  e mulheres, a sociedade não o alimenta igualmente nos dois sexos, e assim faz as mulheres menos encorajáveis. Muito menos, nas mulheres, o mundo recompensa o egoísmo, que os artistas, deva-se dizer com tristeza, parecem precisar.

 

Legal né???

 

Fora isso eu ouvi uma frase numa canção hoje, que resumiu muito como eu tenho me sentido ultimamente… não foi nem a canção toda, porque é bem depressiva a canção… foi só uma frase…

Lithium
Evanescence
Lithium- don't want to lock me up inside Lithium- don't want to forget how it feels without Lithium- I want to stay in love with my sorrow Oh but God I want to let it go
Come to bed, don't make me sleep alone Couldn't hide the emptiness you let it show Never wanted it to be so cold Just didn't drink enough to say you love me
I can't hold on to me Wonder what's wrong with me Lithium- don't want to lock me up inside Lithium- don't want to forget how it feels without Lithium- I want to stay in love with my sorrow Don't want to let it lay me down this time Drown my will to fly Here in the darkness I know myself Can't break free until I let it go Let me go Darling, I forgive you after all Anything is better than to be alone And in the end I guess I had to fall Always find my place among the ashes I can't hold on to me Wonder what's wrong with me Lithium- don't want to lock me up inside Lithium- don't want to forget how it feels without Lithium- I want to stay in love with my sorrow Oh but God I want to let it go
 
A música é tão legal que vou colocar pra tocar aqui, no lugar da musica nova da Dolores, acho que já tocou bastante né? Era pra eu curtir ess música ao vivo, eu e minha galera íamos no show do Evanescence aqui em São Paulo, mas acabou não rolando. Mas eu nem tava muito afim mesmo… em Estádio… tava cismada, muita gente, podia rolar confusão.
A frase é legal n[e? Mas no meu caso eu bem que podia modificar essa frase um pouco... 
I want to stay in love with my soul...
Fui...