1) Amanhã tem churrasco… de novo…
Só que dessa vez pra comemorar o aniversário do Cezar… meu irmão… ele fez 16 anos… Pior que tá chovendo… churrasco com chuva e um porre… e meu padrasto tá contando comigo pra fazer o frango… aiaiaia… nem sei se vou. 
2) Amadurecendo a idéia…
Eu tenho pensado muito em morar sozinha… Não tenho como atualmente… mas, quem sabe mais adiante. O que me impede atualmente, mais que a falta de grana (porque grana arranja-se – eu posso trancar a faculdade, arrumar outro emprego e pronto!) é a minha mãe… não vou sair de casa enquanto eu tiver a minha mãe… A não ser se eu casasse, mas esse risco eu não corro… hahahahahahahaha… Assim sendo vou morar na casa da mamãe até quando Deus quiser…
Mas quando eu terminar a faculdade, ou antes até se eu passar num concurso que pague melhor… eu vou comprar um apartamento pra mim. Assim quando não tiver mais a minha mãe e os meus avós eu tenho onde cair morta. Sei lá… um ap, um carrinho véio que ande, um cachorro ou um papagaio hahahahahaha tá bom pra mim…
3) Bom…
Eu amooooooooo essa música… me sinto tão assim de vez em quando!
HÓSPEDE DO TEMPO
(Fred Martins – Zélia Duncan)
Sou hóspede do tempo
Da minha casa
Das minhas palavras
Das coisas que declaro minhas
Inquilina da vida que me foi dada
Portanto, nada
Ficou na minha bagagem
Do velho brinquedo
Que já não ilude, não me ilude
O que eu tenho é minha atitude
O que eu levo é minha atitude
O que pesa é minha atitude
Minha porção maior
Tá tarde vou dormir…
Fui…