Como estão as coisas no Trampo Shao?

preflogo

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Eu estou escrevendo este texto no final da segunda semana de Janeiro… e por incrível que pareça o movimento está calmo, eu acho que o pessoal conseguiu guardar uma graninha no ano passado (diferentemente de mim que gastei o que eu tinha e o que eu não tinha com remédios) e foram todos viajar. A cidade está vazia, a Prefeitura está vazia…

Claro, ainda assim tem gente pra caramba no mundo e tem uma galera que está de férias em São Paulo e não foi viajar que chega que nem umas balas perdidas na Prefeitura, pedindo um monte de coisas, a grande maioria coisas que não são serviços nossos… Eu acho que são pessoas que estão de boass em casa e vem passando na frente do prédio da prefeitura e não tem mais nada o que fazer e resolvem entrar…

Ahhh, eu queria saber se tô devendo o IPTU do ano passado. Trouxe o número do cadastro do Imóvel?? Não eu tava passando… Essas primeiras duas semanas é a semana dos “eu tava passando” e dos “eu não sei o que eu quero” ou “eu quero alguma coisa mas eu não sei se onde eu peço, então deve ser assim”. Tem também o pessoal que não pagou nenhum IPTU o ano passado e agora quer tirar tudo pra pagar de uma vez, com juros, com o décimo terceiro… eu não entendo esse povo que ama pagar as coisas com juros. Não era melhor ter pago sem os juros na data certa, com desconto? Mas não… eles preferem pagar tudo de uma vez com juros, em cima da hora da chegada do IPTU do ano seguinte…

Mas mesmo assim o movimento tem sido calmo… num dia calmo a gente chega a atender cerca de 100 a 150 pessoas com cerca de 600 a 800 atendimentos. No nosso período mais agitado, que começa agora no final de Janeiro… o número de pessoas sobe para 300 a 500 e o número de atendimentos fica entre 1500 e 3000 dependendo do que os senhores políticos inventam de jogar para cima da população e para nós. Vamos esperar este mês acabar e eu espero que o movimento não aumente em demasia.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Desenho Antigo: O Homem Pássaro.

homempassaro

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Bora falar de desenho velho??? Porque aqui a gente é velho e a gente gosta é de desenho velho mesmo nessa bagaça aqui. Então bora lá… como vcs já devem imaginar é um desenho da Hanna Barbera… sim, mais um… muito bacana… como vcs que frequentam este blogue já sabem nós aqui neste blogue, amamos as produções da Hanna Barbera.

E o escolhido da vez é… “O Homem Pássaro”  (ou “Birdman” no original em inglês) que é uma animação de 1967… velhão né? Aliás a maioria dos desenhos que eu curto da Hanna Barbera são da década de 60… um fato curioso. Ou não… porque afinal de contas os anos sessenta são considerados a época de ouro da Hanna Barbera. São duas temporadas amigos, de cerca de 20 episódios de mais ou menos 7 minutos cada. E eu me lembro que eu adorava a abertura deste desenho. E eu vou deixar a abertura dele aqui embaixo para vcs… até mesmo porque pouca gente se lembra desse desenho animado. Apesar dele ter passado na Globo e ter feito muito sucesso na época…

E para quem não sem lembra a história do desenho era mais ou menos assim… o Homem Pássaro era um humano comum chamado Ray Randall que um dia recebe super poderes diretamente do deus do sol egípcio, o deus Rá! Ele tinha asas e usava uma máscara… e ele também tirava as suas energias da luz do sol. E com seus braceletes e um anel especial que ela usava ele conseguia atirar raios de força e criar escudos de energia para se proteger.

Assim como o Batman, que tinha a sua BatCaverna o Homem Pássaro tinha sua Pássaro Caverna onde ele ficava monitorando as coisas  e recebendo ordens e missões de um contato dentro do governo que usava o codinome Falcão 7. Lá na caverna ele ficava acompanhado primeiramente do seu falcão e companheiro chamado Vingador e posteriormente por um ajudante… o Garoto Pássaro.

E toda a vez que o Falcão 7 passava uma missão para o Homem Pássaro, ele e o Vingador partiam rumo à missão e o Homem Pássaro soltava seu grito “Homem Pássaro!!!” E saia voando pelos céus.

Entretanto… como todo herói que se preze… ele tinha um ponto fraco que era… Seus poderes eram alimentados pela luz do sol e para derrotá-lo, seus inimigos sempre procuravam inventar uma maneira de prendê-lo num lugar onde ele ficava sem o contato com a luz do astro rei até que seus poderes se esgotassem. Mas no final das contas ele sempre conseguia escapar, voar para o sol, recarregar a sua bateria e os seus superpoderes e então ele partia para derrotar seus inimigos. E vcs se lembram desse desenho em especial? Deixe aí nos comentários.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

IPTU 2020

preflogo

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Port de hoje é curto porque é sobre trabalho e eu tenho outras coisas para escrever ainda antes do dia terminar… Eu juro que eu tô tentando deixar mais de 60 textos agendados mas… tá complicado ahahahaha. Mas, vamos direto ao ponto… A partir de segunda-feira que vem todos os munícipes da cidade já vão poder ir até as Praças de Atendimento reclamar do IPTU de 2020. Claro… o IPTU deste ano já está disponível no site desde o último dia 13/01/2020, mas as pessoas ir pessoalmente reclamar do aumento.

Este ano, o aumento do IPTU em São Paulo é de 3,5%… Claro, como é que as pessoas fazem as contas deste aumento? Eles pegam o valor total do ano passado jogam os 3,5% em cima… e falam… Ohhhh espera um pouco aí… este aumento tá errado. O que a Prefeitura e a Televisão NUNCA EXPLICAM é que o aumento é sempre em cima do valor do metro quadrado da construção e do metro quadrado da área do terreno. O que afeta o Valor Venal do imóvel. Então geralmente o aumento varia… entre 10% e  50%. Então entre o final de Janeirom e o final de Março vem um monte de gente no meu trabalho… e eu tenho que explicar a mesma coisa, de novo e de novo e de novo trocentas vezes por dia, durante nove horas de trabalho, cinco dias na semana…

Problema que se resolveria se a Prefeitura explicasse direito como é que ela calcula e aplica os seus aumentos. Existe a lei de transparência na cidade de São Paulo, mas… parece que essa galera que tá no Governo não sabe muito bem como isto funciona… as informações deveriam ser passadas com clareza para a população. Mas, não é este seu trabalho Shao? Na verdade não, é da Secretaria da Fazenda… que deveria informar os meios de comunicação, o que acaba não acontecendo… e faz com que nosso trabalho dobre nessa época do ano.

Então crianças, se o aumento estiver entre 10% tá certo… é isto mesmo… são 3,5% em cada metro construído e em cada metro do terreno. Claro… se tiverem dúvidas… é sempre bom ir na Prefeitura, de preferência nos primeiros 90 dias depois que chegou o carnê… porque senão não tem como consertar ainda pro exercício 2020.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Reportagem: O Caso da Escola Dozier para Garotos

dozier

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje o tema do texto não é tão legal, é um tema bem pesado, mas eu estou tem um tempo acompanhando este caso e a cada dia que passa ele fica pior! Então eu resolvi falar um pouco deles aqui no blogue no texto de hoje. É o caso da Escola Dozier para Garotos localizada na cidade de Marianna, na Flórida, nos Estados Unidos.

A Escola Dozier para Garotos era uma espécie de Reformatório que foi aberto em Janeiro de 1900 para onde “crianças problemas”. Eles apregoavam que a função do lugar era pegar as crianças e fazer delas cidadãos melhores… mas… na época a sociedade se preocupava mais em tirar essas crianças da sociedade e se livrar do problema do que de cuidar e reabilitá-las. E ele ficou aberto funcionando até 2011. As crianças que eram enviadas para Dozier eram desde crianças que não se comportavam, não obedeciam aos pais e fugiam de casa e ficavam perambulando pelas rias ou então que cometeram pequenos crimes até crianças que haviam cometidos crimes graves como assassinato.

E dentro de Dozier eles eram separados por idade, por sexo e por raça… mas não pelos crimes que eles cometeram… e eram crianças a partir dos 5 anos de idade que eram internadas em Dozier. Mais de cem anos de funcionamento e durante esses anos todos houveram diversas denúncias de maus tratos de funcionários para com as crianças. Mas essas denúncias não intimidaram os funcionários que continuaram livremente agredindo e às vezes até matando as crianças.

Cerca de 180 crianças que foram internadas em Dozies foram registradas como desaparecidas. Mas apenas em 2013 o terreno onde ficava localizada Dozier foi investigado e foram encontrados em túmulos não marcados cerca de 55 corpos de crianças que foram abusados e depois mortos. O lugar continua sendo investigado até hoje e os sobreviventes começaram a criar coragem e soltaram as suas vozes contando histórias horripilantes de coisas que aconteciam em Dozier. Eu vou deixar um link aqui para vcs… explicando um pouco melhor a história caso vcs tenham interesse… este caso ainda está bem longe do seu final.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Será que é pedir demais???

filosofando

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Quer dizer, mais ou menso… porque o ano está acabando… E eu estou precisando descansar, eu sei que eu estou cansada e estressada quando vai chegando o momento que no trabalho eu já não estou com paciência para explicar as coisas para as pessoas que eu tenho que atender cotidianamente no meu trabalho e também quando eu acabo chegando em casa tão cansada e de saco cheio que eu sinceramente não tenho ânimo para conversar com meus irmãos.

E eu não gosto de ficar assim… porque em geral não sou uma pessoa rabugenta. Mas quando eu estou assim cansada, extenuada, eu fico rabugenta. E eu não gosto de ser rabugenta… velho a gente vai ficar na vida, não tem como evitar, mas eu gostaria muito de evitar ficar rabugenta hahahahaha. Quando eu fico assim eu acabo me lembrando do pior ano da minha vida… que foi em 2009… exatamente dez anos atrás. Estávamos todos aqui em casa passando o maior perrengue das nossas vidas, mas eu ainda me pergunto… como é que eles me aguentaram aquele ano…

Felizmente… esses dias se foram, e felizmente também eu tenho uma semaninha de férias (sim, infelizmente apenas uma semana… eu tô escrevendo este texto em Novembro, então eu tô de férias). Então, tudo o que eu quero nessa semana é descansar, para poder trabalhar melhor esse final de ano… porque começo do ano que vem vai ser bem complicado… mas quando vcs estiverem lendo este texto… em Janeiro, já vai estar complicado para mim… para todo mundo na Prefeitura na verdade porque teremos Anistia não é mesmo? E apesar da Anistia deste ano ser eletrônica, eu tenho certeza que vai lotar de gente lá querendo informação.

Entretanto desde o dia que eu falei… ahhhh eu vou tirar uns dias para descansar antes do ano acabar, parece que a maioria das pessoas que eu conheço (meus familiares mais ainda) entrou em complô para não me deixar em paz. É telefone que toca, é gente que chega, e gente que sai… E na maior ter Mas, como sempre nem era disso que eu queria falar neste texto. E então eu me pergunto… será que dava para as pessoas me deixarem em paz só um pouquinho? Só um tempinho fazer de conta que eu não existo? Eu acho que nessa vida não… 

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Diabetes #50 – Tecnologia I-Port Advance

diabetes

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje é dia de tecnologia e como quase sempre nesses dias eu resolvi unir o útil ao (des)agradável, vamos falar de tecnologias que auxiliam no tratamento do diabetes e dos diabéticos. Como vcs sabem eu curto tecnologia… em todas as áreas. E eu sempre tento acompanhar as novidades em geral. E… eu não sei se eu já disse isso aqui no blogue, mas eu acho que estamos num momento de evolução tecnológica em que várias pessoas tem desenvolvido diversos gadgets que auxiliam no tratamento de doenças crônicas. E o diabetes tem sido uma dessas doenças…

Existem muitos estudos sobre medicamentos e tecnologias para ajudar no combate ao diabetes já que ainda não existe uma cura. E apesar do diabetes ser uma doença grave com um alto índice de mortalidade, é muito mais “fácil” ser diabético nos dias de hoje do que era… sei lá… 30 ou 50 anos atrás. E eu digo isto por experiência, porque desde que eu me entendo por gente que minha avó paterna tinha diabetes… E ela teve que passar uns perrengues e teve diversos problemas de saúde que graças a Deus e ai desenvolvimento de novos medicamentos e novas tecnologias eu não precisei passar desde o meu diagnóstico lá em 2008.

E hoje vamos falar de mais uma tecnologia que veio para ajudar no controle do diabetes. Não sei se vcs sabem, mas a maioria dos diabéticos que fazem uso de insulina para sobreviverem se utilizam de seringas para aplicar o hormônio (insulina é um hormônio galera) e a grande maioria deles tem que aplicar diversas injeções durante o dia. Eu mesma tomo três doses de insulina por dia… já foi pior, no começo eu tomava 5… E eu já me habituei, e geralmente eu aplico a insulina e é de boa. Mas, de vez em quando eu acerto um um vasinho, e dói, sangra, fica hematoma… Tem que fazer rodízio do lugar de aplicação para não criar lesão na pele…

Ahhh mas Shao… já existe caneta de insulina e bomba de insulina porque vc tá nessa coisa retrógrada de seringa ainda. Bom, porque meu tratamento tá adequado, o diabetes tá controlado… enfim… Mas bora falar dessa nova tecnologia, que se chama I-Port que serve para ajudar pessoas que como eu tem que injetar insulina várias vezes por dia. O que é e como funciona esse novo Gadget chamado I-Port?

O I-port é um dispositivo que literalmente cria uma “porta” no seu corpo para administração de injeções de medicamentos de forma subcutânea. Insulina especialmente. Ele funciona assim… vc aplica o dispositivo na pele, ele pode permanecer lá por até 72 horas (3 dias), e no aparelhinho tem uma cânula que fica inserida na sua pele e então depois vc injeta a insulina no aparelho e a insulina vai para o seu organismo através dessa cânula. Vcs podem ver melhor na imagem abaixo…

Como_funciona_iport

O que diminui para caramba o número de perfurações na pele do diabético. O funcionamento dele é similar ao Freestyle Libre que eu já falei tantas vezes aqui no blogue (clique aqui para ver) vc tem um sensor que mede a glicose no sangue e fica lá por 14 dias, diminuindo a necessidade de vc ter que furar o dedo todos os dias, várias vezes por dia. Com esse novo aparelhinho o I-Port diminui também o número de vezes que vc tem que furar a pele para inserir a insulina no seu organismo.

O Freestyle Libre funciona por 14 dias… O I-Port fica no corpo por apenas 3 dias… é pouco? Sim! Eu gostaria que ambos pudessem ficar por pelo menos um mês? Gostaria! Entretanto o prazo que as empresas (Abbot e Medtronic respectivamente) dão para utilizar é importante até porque a pele onde os gadgets estão instalados precisa se regenerar, é importante, para não causar lesões na pele que seja feito um rodízio no local que vc aplica os pequenos gadgets.

Quanto custa o I-Port? Eu dei umas pesquisadas na internet e encontrei o gadget para vender no site da Drogaria Onofre. Uma caixinha com 10 aparelhinhos, que dá para 30 dias custa (fora o frete) cerca de R$ 499,00. É caro? Sim! Não é todo mundo que pode comprar uma caixinha dessa todo o mês… masss… é bacana! No momento eu estou sem grana… mas eu gostaria de testar essa nova tecnologia e assim que eu tiver uma graninha sobrando eu vou tentar comprar uma caixinha e testar por um mês e depois eu volto aqui para fazer uma resenha mais bacana para vcs beleza?

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Tecnologias: Alexa e Echo Plus

alexa

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Sábado é dia de falarmos de tecnologia e como vcs sabem, desde o começo deste ano temos dois textos aos sábados. Infelizmente, grana não é o meu forte, apesar de eu ser uma entusiasta de tecnologia. por conta da falta de grana não é sempre que eu posso comprar um gadget qualquer para analisara aqui no blogue. Ano passado foi bem treta para mim de grana por causa de doença, a danada da dermatite, eu tive muito gasto com remédio com tratamento… e eu ainda não consegui me livrar da dermatite ainda… Mas, eu espero que financeiramente meu ano seja mais calmo.

Então no finalzinho do ano passado, numa promoção de pré-venda, sobrou um dinheirinho e como eu não tinha comprado nada de presente de aniversário para mim eu resolvi comprar a Echo Plus para mim, para conectar com as minhas duas caixas Bluetooth da Sony (que eu resenhei aqui, assim que eu comprei) e transformar meu som num som inteligente controlado por voz com a Alexa, que é a assistente inteligente da Amazon. Eu comprei em Outubro… então faz uns meses que eu estou com ela, já dá pra falar um pouco da minha experiência com o gadget.

Antes de mais nada o que é a Alexa? É a assistente da Amazon… para quem tem celular Android e utiliza os serviços da Google (especialmente no celular) vc pode falar “Ok, Google” e pesquisar um monte de coisas, ainda usar o assistente da Google para fazer várias coisas em casa se vc tiver aparelhos domésticos inteligentes, que vai desde pesquisar o trânsito a caminho do serviço até ligar e desligar lâmpadas e fazer café e aspirar a casa. E a Alexa faz quase a mesma coisa, mas em vez de pertencer à Google ela pertence à Amazon.

echo1

Aliás existem várias empresas que tem esses assistentes de inteligência virtual,  a Apple tem a Siri, e a Microsoft tem a Cortana, a Samsung tem o Bixby… e a função de todos eles é auxiliar o usuário. Eles tem umas diferenças entre um e outro mas as funções básicas de todos eles são praticamente as mesmas. A Alexa e a Amazon entretanto são os primeiros a chegarem investindo pesado no Brasil. O sistema Google chegou aqui tem uns anos… mas eles não investiram tanto no mercado brasileiro pois eles trouxeram apenas seus gadgets básicos como o Google Home e o Google mini enquanto lá fora eles tem mais de seis aparelhos diferentes e tantos outros gadgets que se conectam a ele.

A Amazon por sua vez assim que traduziu a Alexa para o português já trouxe os três aparelhos principais com diversas funcionalidades ativas para o Brasil… São eles o Echo Dot que é a caixinha menor, o Echo Plus que foi o que eu comprei (o da imagem abaixo) e o Echo Show que tem uma tela de touch. Eu vou deixar o link deles para o site da Amazon para vcs caso vcs queiram ver. E no YouTube tem diversos vídeos de resenha dos três produtos.

Por que eu comprei o gadget se logo de cara aparentemente ele é apenas uma caixa de som bluetooth e WIFI? Porque ele é o meu primeiro passo para deixar a minha casa mais inteligente. Eu fiz um planejamento e logo de cara eu queria deixar meu sistema de entretenimento inteligente… Conectando minhas caixas de som no computador e no Echo Plus eu posso chegar e casa e dizer, Alexa… tocar minha playlist tal no Spotify… e ela toca… em todas as minhas caixas.

Depois eu quero comprar mais duas caixinhas… Echo Dot e colocar noutros pontos da casa para espalhar a música pela casa… e Terceiro eu quero colocar lâmpadas inteligentes pela casa que eu possa controlar via WiFi pelo celular e por voz com a Alexa! Depois eu ainda quero comprar algumas tomadas inteligentes para poder também deixar alguns eletrodomésticos inteligentes… especialmente na cozinha, como cafeteira, panela elétrica… Tudo isto custa uma graninha… então eu vou demorar um tempinho para poder fazer isso… vou ter que ir juntando a grana devagar e devagar eu quero deixar a casa mais inteligente.

echo

Mas… é legal a caixinha? O que vc já testou Shao? Vc recomenda? então… é bem legal e eu já testei algumas funções inteligentes dela. Não tudo porque tem coisas que eu ainda preciso instalar outros gadgets para testar… então mais adiante, quando mais coisas estiverem instaladas e eu puder testar eu quero fazer um texto mais dedicado e detalhado… por hora as funções dela que eu testei são bem legais… O som dela é bem bacana, bem potente. Pelo tamanho dela eu achei que a potência seria bem inferior. Então como caixa de som ela é bem bacana… o som é mais que satisfatório para um ambiente entre pequeno e médio… para um ambiente maior eu já não sei se apenas uma caixinha seria o bastante. Vc configura no app no celular a sua conta do Spotify então tudo que vc tem que fazer é dizer: Alexa, toque música tal… e ela toca.

Ela tem sete microfones e ela capta bem o som quando vc fala com ela,m vc não precisa gritar, mesmo sussurrando ela capta bem o som… e ela tem reconhecimento de voz… o que é bacana porque algumas funções, como ler e apagar e-mails ela só realiza para a voz correta programada… Vc pode programar a sua agenda do Google mesmo e se vc perguntar pra ela quais as atividades agendadas para o dia ela lê para vc e vc pode ativar lembretes para essas atividades. Vc pode também criar novos lembretes e alarmes. Você pode simplesmente falar, Alexa me acorde todos os dias úteis às seis da manhã… e vc pode escolher acordar com um alarme padrão, são vários para vc escolher no app ou um especial com a voz de alguma celebridade ou ainda (e meu favorito) acordar com as músicas de sua banda favorita no Spotify.

Outra coisa que eu testei que é bem bacana é que vc pode fazer listas de tarefas ou até mesmo uma lista de supermercado… Caso vc tenha um Kindle, com seus livros eletrônicos… vc pode também utilizar o Echo Plus para ler seus livros em voz alta para vc enquanto vc faz outra coisa. Eu achei isso o máximo!!! Áudio livro é uma coisa que eu ainda não utilizei muito na minha vida, até porque existem poucos serviços do gênero no Brasil, com pouco conteúdo (poucos livros) e o preço não é lá muito acessível… mas é uma coisa que eu acho muito, muito bacana e que eu adoraria poder utilizar mais… quem sabe daqui para frente não é mesmo?

Até porque eu li em algum lugar que a Amazon comprou o app Audible que é um aaplicativo de leitura de livros digitais e tem planos de trazê-lo para o Brasil. Só não sei se o serviço já estreou… preciso pesquisar isto. Eu prometo trazer depois um post para vcs falando apenas disso porque é um assunto bacana, especialmente para quem curte literatura como eu e acredito que como muitas das pessoas que acessam este blogue.

Bom, voltando ao tema do texto… algumas coisas eu testei no Alexa e não funcionaram direito, de vez em quando ela não entende o que a gente fala. E de vez em quando ela não sabe responder algumas coisas hahahaha, mas isso é normal… e o sistema Alexa vai aprendendo mais e mais com o tempo… Eu acho que eu preciso de mais um tempo para testar todas as funcionalidades do aparelho e do sistema Alexa. Eu prometo que assim que eu descobrir mais usos para ele e fizer mais testes eu volto aqui com um post novo. 

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Meus 10 Filmes Favoritos de Ficção Científica

cine

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Último texto desta sexta, vai ser um pouco diferente do que o de costume… vamos falar de vários filmes aqui nesse post. Vamos falar dos meus filmes favoritos de ficção científica… Alguns deles eu já resenhei aqui para vcs… alguns eu falei de passagem e outros eu creio que nem falei… então, assim, em vez de indicar mais um filme para vcs eu vou indicar dez dos meus filmes favoritos de ficção… caso vcs não tenham visto… fica aí uma dica pra vcs fazerem uma maratona de ficção científica, se vcs quiserem claro!

Antes de mais nada deixa eu dizer que eu não consegui escolher apenas dez hahahahaha eu sei que o título diz dez… mas vão ser bem mais… fiquem avisados. E deixa eu avisar também que não vou falar sobre as histórias dos filmes, porque a maioria dos filmes são antigos… vcs já devem ter visto. E alguns outros eu já resenhei aqui portanto não tem porque eu falar deles novamente. Então sem mais delongas, porque o texto vai ser bem longo bora pra lista…

alien-movie-poster-1979Alien: Pra começar… já vou falar da minha saga favorita de ficção científica que é a Saga Alien. São oito filmes (até agora) contando a história dessas criaturas sanguinárias, assassinas de dão arrepio na gente mas que mesmo assim a gente (eu pelo menos) ama de paixão. Saga essa que começou em 1979 com “Alien o 8º Passageiro” e que ainda não terminou. Eu falei dos filmes de Alien em dois textos aqui no blogue, vc pode acessar clicando aqui e aqui se quiser ler! Caso vcs queiram também sacar tudo sobre todos os filmes de Alien eu recomendo dois vídeos no You Tube que explica a evolução da saga… vc pode ver esses dois vídeos clicando aqui e aqui. De todos os filmes da saga os meus dois favoritos são “Alien o 8º Passageiro” de 1979 e “Aliens – O Resgate” de 1986. Eu recomendo toda a saga para vcs, mas como o post é para falar dos meus filmes favoritos… fica aí indicado os meus dois favoritos.

jediStar Wars: Outra saga que eu amo de paixão, apesar dos pesares, de toda a bagunça que teve nos direitos da história, e na produção dos filmes e tal… é a Saga Star Wars. E eu não me lembro de ter falado de Star Wars aqui no blogue, mas eu curto para caramba a saga… que também tem filmes para caramba. Aliás o Universo de Star Wars é imenso… tem que ser muito fã para conseguir acompanhar todos os lançamentos, todas as realidades, e todas as histórias paralelas de Star Wars. Meu filme favorito de toda a saga Star Wars é “O Retorno de Jedi” de 1983 e é este que eu indico para vcs. Claro… melhor é assistir a saga toda… pra conseguir entender a história direitinho.

etezinhoET – O Extra-Terrestre: Quarto filme indicando para vcs amiguinhos é o clássico “ET – O Extra-Terrestre” de 1982 do Steven Spielberg. Que todo mundo também já deve ter visto e que conta a história do extraterrestre mais amado de todos os tempos do cinema. Se vc ainda não viu este filme eu tenho apenas uma pergunta para te fazer… em que mundo vc tem vivido nos últimos 38 anos hein???

matrixMatrix: Quinta dica de filme, é mais uma saga… eu amo sagas, vcs já devem ter imaginado, e essa saga tem três filmes (parece que teremos um quarto a caminho… estamos ansiosos? Sim ou Claro? Sim e claro!!!) . Então este é um filme de 1999 que modificou monstruosamente a história do cinema porque trouxe várias inovações tecnológicas… formas de capturar as imagens que nunca tinham acontecido antes. Matrix ganhou 4 Oscars técnicos, de melhor montagem, melhor mixagem de som, melhor edição de som e melhores efeitos especiais. Clássico que se vc ainda não viu… vc tem que ver!!! Veja a saga toda aliás! Primeiro filme é meu favorito… mas vejam todos.

chegada-bannerA Chegada: Sexta dica de filme é um filme que eu já resenhei aqui para vcs… que se chama “A Chegada”. Que eu fui assistir assim sem compromisso e amei. Eu amei também porque se trata de um filme onde uma tradutora tenta se comunicar com ETs gigantes que um dia chegaram sem avisar no nosso planeta! Como eu disse, eu já resenhei este filme aqui no blogue e caso vcs queiram ler mais sobre o filme basta vc clicar aqui para ler o texto.

invasion-of-the-body-snatchers-sInvasores de Corpos: Sétima dica de filme aqui para vcs é outro filme velhão… de 1978 se eu não me engano… que eu também já resenhei aqui no blogue para vcs e vcs podem clicar aqui neste linkzinho bonitinho para ler mais sobre este filme que tirou várias noites de sono de esta que vos fala quando eu era criança. Sério… este foi um dos filmes de terror que mais me atazanaram, me aterrorizaram quando eu tinha medo de filme de terror… aliás eu acho que muita gente ficou aterrorizada a queda foi vertiginosa nas vendas das melancias na época, porque a galera tinha medo delas serem ETs que iam se transformar em gente e roubar nossos lugares no mundo. Assistam… é um clássico do cinema, um clássico do horror.

Avatar: Oitava dica de filme… o filme do James Cameron que até bem pouco tempo atrás era a maior bilheteria de todos os tempos do cinema! 

amoscaA Mosca: Nona dica de filme para vcs é mais um filme dos anos 80, mais especificamente de 1987, é “A Mosca”! Um clássico, um culto, dos anos 80, de ficção científica e de terror… Clássico do nojinho também porque ele é considerado um dos filmes mais gore (cheios de cenas nojentas) de todos os tempos. Eu tinha quase certeza que eu tinha feito uma resenha deste filme aqui no blogue, mas eu não encontrei então não tem link. Então assim… a mosca é a história de um cientista que está criando um aparelho de teletransporte então num dia de testes uma mosca entra na máquina com ele e a máquina funde o DNA de ambos e como vcs podem imaginar… dá merda! Outro filme que assombrou a minha infância! Fica mais esta dica pra vcs!!!

terminatorExterminador do Futuro: Mais duas dicas de filmes… e mais uma saga né? Estamos falando da Saga de “Exterminador do Futuro” infelizmente abusaram tando dessa saga que nas atuais conjunturas ela tem mais filmes ruins que bons… filmes bons mesmo só os dois primeiros. E são esses dois primeiros que eu vou recomendar aqui para vc… o primeiro que é “Exterminador do Futuro” de 1984 e o segundo que é “Exterminador do Futuro 2 – O Julgamento Final” de 1991. Ambos com direção e criação do James Cameron e vamos e convenhamos o cara manda muito bem.

minorityreporteMinority Report: A décima segunda dica de filme para vcs fica sendo o filme “Minority Report – A Nova Lei” de 2002. Uma parceria bem louca entre o Steven Spielberg e o Tom Cruise. Que conta a história de um futuro onde as pessoas vão presas apenas por planejarem um crime… Uma das coisas engraçadas e bacanas desse filme são as criações “tecnológicas” do filme. Os cineastas estão sempre tentando imaginar como seriam os computadores e as tecnologias no futuro e de vez em quando eles conseguem até mesmo prever o futuro. A parte engraçada é que no filme o personagem do Tom Cruise usa touch screen e usa várias telas de computador para navegar o sistema dele… isso lá em 2002 e hoje em dia é comum vc ver este tipo de tecnologia nos PCs gamers. Eu mesma, trabalho usando várias telas e meus irmãos sempre chamam meu computador de Minority Report hahahahaha.

gattacaGattaca: Décima terceira dica é um filme que eu também já resenhei aqui para vcs. É mais um filme que tenta imaginar um futuro distante, e como estaria a humanidade e a sociedade neste futuro. Eles não se aprofundam muito na tecnologia como o filme anterior. Mas sim no desenvolvimento da sociedade. Se vcs quiserem ler mais sobre este filme fica aqui o link para vcs acessarem o texto. Este filme me lembra muito também os livros “1894” e “Admirável Mundo Novo”… então eu recomendo pra caramba pra vcs este filme.

bicentenialmanO Homem Bicentenário: Décima quarta e última dica de filme de ficção científica aqui para vcs… para encerrar esta postagem gigantesca de final de sexta. Fica um dos filmes mais bacanas do Robin Williams que é “O Homem Bicentenário” de 1999. Que eu já resenhei aqui no blogue para vcs, que é mais um filme que tenta imaginar um possível futuro da humanidade e que conta a saga de um robô em se transformar em humano. Ao mesmo tempo ele trata de como a tecnologia pode evoluir a ponto de que todos nós venhamos a ter uma parte robótica em nosso corpo vivendo mais tempo.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Nerdices: Filme – The Possession Diaries

possessiondiaries

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Segundo filme de hoje vai ser um filme de terror galera, fazia já um tempinho que eu não assistia um filme de terror, e eu tinha uns baixados aqui no meu PC… então eu resolvi fazer minha mãe mandou… e escolhi este segundo filme de hoje, que eu nem sabia sobre o que se tratava, eu não sei se ele foi lançado no Brasil… eu só vi ele lá no PopcornTime e pensei… hum… vamos ver se é bom… e o escolhido foi “The Possession Diaries”.

The story follows Rebecca Clarkson, suffering from demonic attacks after playing with an Ouija board one night. Fearful people will think she’s crazy, or lying, she documents her experiences in a video blog on her webcam over the course of a week. In a series of escalating events, shadowing figures appearing and disappearing, the creepy factor grows. Soon the supernatural activity becomes violent, and Rebecca is repeatedly attacked by the demonic forces until finally, evil takes possession of her body. Will Rebecca be able to beat the Devil and protect her soul, or will she die, and lose her soul to hell fire?

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Nerdices: Filme Antigo – Toy Story

toystory

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Mais uma sexta-feira galera e como vcs sabem, nas sextas-feiras aqui no blogue nós falamos de filmes… geralmente são três filmes que eu indico para vcs aqui, de vez em quando eu desenterro um filme antigo que eu tenha assistido há muito tempo. Nas próximas semanas entretanto eu resolvi fazer um pouco diferente nas sextas… vamos ver se fica bacana, se não ficar voltamos ao que era antes… mas eu vou tentar nas semanas seguintes falar de um filme antigo, de um filme recente e de repente fazer um terceiro texto com uma coletânea de filmes da mesma temática que eu já tenha visto…

Então beleza, vcs estão avisados… primeiro texto de hoje, vamos falar de um filme antigo. Uma animação antiga e de muito sucesso da Disney que é “Toy Story” e que eu não via há muitos anos… e que eu resolvi rever no último final de semana porque eu fui ver “Toy Story 4” e queria me relembrar da história toda dos brinquedos mais amados de todos os tempos depois do boneco Pinóquio.

É uma animação de 1995, sim crianças este ano o primeiro filme completará 25 anos! Caraca eu tô velha… Eu tinha 19 anos quando o filme foi lançado. Meus irmãos adoravam… não era o desenho favorito deles… eles preferiam “A Bela e a Fera” e “Mulan” não me perguntem porque… E eu acho que todo mundo já deve ter em algum momento da vida assistido a este desenho animado porque ele cansou de passar na TV aberta por anos e anos a fio.

Curiosidades da animação é que ela custou cerca de 30 milhões para ser feita e teve uma bilheteria de cerca de 375 milhões de dólares, então pode-se dizer que financeiramente foi um sucesso. E tem dois atores de peso Tom Hanks e Tim Allen interpretando as vozes dos dois brinquedos principais… respectivamente os bonecos Woody e Buzz. E foi declarado depois como um dos filmes mais influentes e de maior sucesso do Século XX… legal né? Fora isso ele marca a chegada da Pixar… ele foi o primeiro longa metragem da Pixar e ele foi indicado ao Oscar de 1996 em três categorias: melhor roteiro original, melhor trilha sonora original e melhor canção original. E ganhou o Oscar de Contribuição Especial pelas novas tecnologias de animação.

E a história… todo mundo conhece… conta as aventuras dos brinquedos do garoto Andy, quando os seres humanos não estão por perto. Woody (voz de Tom Hanks) é o brinquedo favorito de Andy e líder da galera até a chegada do “brinquedo novo” o boneco Buzz Lightyear (voz de Tim Allen) que rouba o lugar de favorito de Woody, que fica com ciúmes. Acontece que Buzz não acredita ser um brinquedo… ele acha que tudo, seus poderes, sua missão, é real… até que um dia… Woody tentando se livrar de Buzz, acidentalmente o joga pela janela (na verdade ele queria jogar Buzz atrás da cômoda até que ele fosse esquecido por Andy) e os dois então tem que enfrentar diversas aventuras para conseguir voltar para casa e para Andy, antes que a família do garoto se mude para a casa nova. Foi interessante rever a animação e fica essa dica para vcs nesta sexta, para este final de semana…

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Música: Superchick

Superchick

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Segundo texto do dia. Digam para mim… vcs estão curtindo ter mais de um texto por dia em vários dias da semana? Deixem aí nos comentários para eu saber. Hoje também é o dia da semana que falamos de música… E hoje eu estava ouvindo umas playlists antigas que eu tenho no Spotify que eu reencontrei algumas músicas da banda que vou falar aqui… que é a banda Superchick.

O Superchick é uma banda norte americana da cidade de Chicago que fazia rock cristão. Sim, fazia porque infelizmente a banda não existe mais e sim era uma banda gospel. Eles começaram as suas atividades em 1999 e foram direto no show business até 2010 quando deram uma parada por conta da morte de um dos membros da banda… em 2013 eles ensaiaram um retorno, lançaram mais um álbum, em memória do membro falecido, fizeram uns shows e no final do mesmo ano anunciaram o final da banda.Entretanto em 2016 eles se reuniram para mais um show e depois cada um partiu para seu caminho aparentemente em definitivo.

Apesar de ser uma banda de rock cristão e apesar de lançarem apenas quatro álbuns de estúdio, eles fizeram bastante sucesso nas paradas emplacando nada mais nada menos que cinco músicas no primeiro lugar das paradas. Eles fazem um som bem bacana e bem diversificado… navegando com sucesso entre diversos estilos de música como pop, rock, punk, rap e R&B.

Dos quatro albuns da banda… meus favoritos são o segundo – “Last One Picked” de 2002, e o quarto – “Rock What You’ve Got” de 2008. Os quatro álbuns estão disponíveis na maior parte dos streamings de áudio. O que eu assino é o Spotify como vcs sabem… e no Spotify estão disponíveis os quatro mais algumas outras gravações, participações, etc… etc… Enfim, é uma banda que eu curto muito, tanto o som quanto as letras… a voz da vocalista é extremamente afinada e ao mesmo tempo forte então… eu recomendo para caramba esta banda para vcs apesar de ser uma banda que já não existe mais.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Séries: Anne With an “E”

anne

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje é dia de falar de série e como sempre deixa eu dizer que eu estou atrasada para um caramba, que eu preciso colocar em dia as séries que eu acompanho, mass… como sempre também, eu começo a ver alguma série nova, mesmo tendo um monte de episódios atrasados das minhas séries costumeiras e é de uma série que eu comecei a ver no finalzinho do ano passado na Netflix que é “Anne With an ‘E'”.

Uma série de drama, eu geralmente não gosto muito de série de drama… não gosto de histórias tristes… a vida da gente já tem problemas demais, ficar assistindo drama ainda por cima… sinceramente não é algo que eu curto. Mas, a Netflix ficava me indicando direto a série então num final de semana desses aí eu resolvi dar uma chance para ela e olha… até que é bacaninha. À princípio eu achei que a série ia ser meio estilo “Pollyanna” para quem não sabe ou não lembra… era aquela garotinha que sempre procurava ser otimista mesmo nas piores situações, do filme da Disney dos anos 60.

Felizmente eu estava enganada… existem algumas semelhanças entre as histórias… entretanto… existem grandes diferenças também. Uma das semelhanças é que ambas as produções foram inspiradas em livros. “Anne With an ‘E'” que a Netflix preferiu… milagrosamente não traduzir é baseada no livro “Anne de Green Gables” da escritora Lucy Maud Montgomery o livro é bem antigo galera, de 1908 ou seja, do começo do século 20 amiguinhos. Infelizmente para mim eu desconhecia a existência deste livro até assistir a série e pesquisar mais sobre ela para começar a escrever este texto.

Só um parênteses aqui para falar da autora do livro e criadora da personagem principal… antes de continuarmos falando da série… Lucy Maud Montgomery, era uma escritora canadense que nasceu em 1874 e morreu em 1942 aos 67 anos de idade. E o seu primeiro livro com as histórias da pequena e órfã Anne a lançou ao estrelato literário, espalhando seu nome por vários cantos do mundo… “Anne de Green Gables” foi o primeiro livro de uma série. L.M Montgomery, como ela assinava, escreveu vários outros livros contando diversas aventuras de Anne. Ela e sua obra são bem famosas no Canadá, nos EUA e no Japão e esta não é a primeira vez que suas obras são adaptadas para filmes e séries… Existe uma série canadense de 1985 chamada “Anne of Green Gables”. Muito como sua personagem principal ela foi criada pelos avós após a morte prematura da mãe, de tuberculose e ela vivia isolada, o que a levou a criar histórias e amigos imaginários. Ela foi para a faculdade e se tornou professora, mas ela amava mesmo era escrever e não lecionar.

Ela se casou, meio que porque foi obrigada pela pressão social, com um pastor presbiteriano, teve dois filhos… mas a vida de mãe e esposa a deixaram extremamente triste e lhe causaram uma depressão contra a qual ela lutou até o final da vida. Enquanto vivei ela publicou 20 romances, mais de 500 contos, uma autobiografia, e um livro de poemas. E apesar da quantidade de trabalhos publicados ela mesma considerava que não tinha conseguido escrever “um grande livro”. A causa oficial da morte de L.M. Montgomery foi falência dos órgãos, mas há boatos que ela tenha finalmente sucumbido à depressão tomando diversos remédios após passar anos cuidando do marido que desenvolvera uma doença mental.

Voltando ao tema do texto de hoje… A série é uma produção conjunta da CBC e da Netflix que é quem distribui a série mundialmente… Falando em Netflix todas as três temporadas da série já estão disponíveis no site, app, etc, para quem quiser ver. E a série conta a história da pequena Anne Shirley de 13 anos de idade, que no final do século 19 acaba sendo adotada por uma família diferente… os irmãos Marilla and Mathew Cuthbert, dois idosos que tiveram vidas difíceis, nunca se casaram e agora precisam de ajuda na velha fazenda da família na cidade de Green Gables. Eles pedem para uma pessoa trazer para eles um menino, para eles adotarem, na intenção do menino ajudar Mathew com os afazeres da fazenda.

Acontece que por engano, eles mandam uma menina… Anne… que é uma menina bem diferente, e que já sofreu muito nesses poucos 13 anos de vida, já sofreu no orfanato, em casas onde ela tinha sido colocada como empregada… o que fez com que ela desenvolvesse um mecanismo de defesa, inventar coisas, personagens e histórias, para amenizar a sua solidão e sua vida triste. A primeira reação de Marilla é mandar a menina embora, mandá-la de volta porque afinal eles queriam um menino… mas ela acaba ficando com pena de Anne e resolve dar uma chance à ela… E ela vai acabar mudando a vida da sua família adotiva, assim como a sua família vai mudando, aos pouquinhos a sua vida…

Apesar de se passar no Canadá do século 19 a série fala de muitos temas bem atuais, como o papel da mulher na sociedade, de bullying… E a série tem outras coisas bacanas, a fotografia da série é linda, e os atores são muito bons… No começo, na primeira temporada eu achei o tom da atriz que fazia a Anne meio exagerado e dramático, mas isso acontece porque a personagem é exagerada, com o passar do tempo e com Anne encontrando o seu lugar na cidade de Green Gables o exagero diminui.

Como eu disse, já temos três temporadas… mas, parece que infelizmente o canal de TV canadense CBC não quer continuar o acordo com a Netflix… onde eles produzem gravam e a Netflix exibe porque eles acham que estão ajudando o site a crescer enquanto deveriam estar investindo no crescimento do próprio canal e há boatos de que a série pode não ser renovada para a quarta temporada… uma pena… vamos ver o que acontece. Espero que a Netflix tome a frente da produção e não deixe a história sem um final…

Obs… tive que completar este texto antes dele ser publicado, parece que cancelaram mesmo de vez a série, a não ser que algum outro canal, ou a Netflix mesmo resolvam pegar a série, resolvam dar continuidade à produção… Esta terceira temporada é a última… uma pena, porque a história original dos livros acompanha Anne e seus amigos e suas aventuras até a idade adulta. Então… se como eu vc já asistiu a todos os episódios da terceira temporada… e já viram o final… é esse final mesmo galera. É esse final e já era!

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Manias de Escritor

Typewriter 1

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje vamos fazer um texto diferente crianças… vamos falar de algumas manias que eu tenho, que meus irmãos acham estranhas, mas que eu já conversei com diversos amigos meus que escrevem por hobby ou são escritores publicados mesmo e que tem as mesmas manias que eu e que a gente em conjunto chamou de “Manias De Escritor”. Eu não vou falar de todas, porque seriam muitas hahahaha então vamos falar apenas das mais comuns…  Com a ajuda dos meus amigos nós elencamos cinco dessas manias e eu vou citar todas elas aqui para vcs.

1. Ter ideias a qualquer hora: Uma das coisas mais ingratas de vc gostar de escrever e de ter pretensões de ser um escritor é que vc vive pensando em possíveis histórias. Tudo o que acontece com vc acaba inspirando vcs a um conto, uma historia, um personagem. Mas Shao, não é bom ter muitas ideias? Sim… geralmente é… mas não quando vc tá num lugar inapropriado… como por exemplo, no chuveiro, com o cabelo e a cara cheia de xampu! Ou no ônibus lotado… ou subindo as escadas com as compras… Ou cozinhando alguma coisa no fogão que se vc tirar o olho com certeza vai queimar. Ou ainda dirigindo na ida ou na volta do trabalho no trânsito louco de São Paulo que vc tem que estar extremamente atenta todo o tempo. É muito chato quando vc tem uma ideia nessas horas que vc não pode simplesmente parar de fazer o que vc está fazendo e anotar essa ideia. E é chato porque muitas vezes, na correria do dia a dia a ideia se perde… Eu tenho sorte de ter uma memória relativamente boa e na maioria das vezes eu me lembro novamente depois e acabo anotando no celular mesmo, ou na minha agenda. Mas raramente acontece de eu simplesmente esquecer o que é que eu tinha pensado e “perder” aquela inspiração do momento.

2. Tomar Notas: Já que estamos falando de ideias e anotações outra mania que eu tenho é de anotar todas as ideias que eu tenho, nem que eu não saiba a princípio como é que eu vou dar continuidade naquela ideia. Eu fico parecendo uma louca… eu pego meu celular, minha agenda, e fico anotando… Muitas vezes as pessoas não percebem, mas eu paro conversas no meio… anoto o treco… tomo esporro dos meus amigos hahahahaha, depois eu fico: Oi? O que vc estava falando mesmo??? Já tomei muita bronca por causa disso… ahahahahahaha. 

3. Fazer listas: Uma coisa que eu gosto de fazer também é me organizar para poder escrever… então tanto aqui no blogue quanto nalgum outro texto que eu esteja trabalhando, primeiramente eu gosto de 1 anotar a ideia e 2 fazer uma lista de coisas que eu quero abordar no texto. Eu crio uma listinha de tópicos (se for um texto ou um conto) e depois eu vou escrevendo e abordando um por um dos tópicos para não ficar nada de fora. Se é uma história mais longa, eu faço uma lista de personagens, de cenários… para poder, no começo da história, me orientar… depois de um tempo trabalhando na história a gente acaba decorando, mas no começo é uma mão na roda.

4. Expressões Faciais ao Escrever: Essa é engraçada e quem me chamou a atenção sobre isso foi o meu irmão, de vez em sempre eu estou no meu computador ou no meu tablet quando eu estou em casa e eu sempre estou escrevendo ou rascunhando alguma coisa e ele me disse que dá para saber pela cara que eu tô fazendo se eu estou escrevendo alguma coisa triste, engraçada, ou qualquer outra coisa hahahahaha. Não, quando eu estou escrevendo meu blogue entretanto… palavras dele… quando vc está escrevendo no blogue vc fica sempre com a mesma cara impassível, mas quando vc tá dentro da história que vc tá escrevendo vc faz diversas caras ahahahahaha. Eu achei engraçado.

5. Analisar Livros, Séries E Filmes: e a última mas não menos importante mania é a de analisar, qualquer livro, série, filme que eu assisto pensando no ponto de vista da pessoa que escreveu aquela história. Não que eu não consiga ir no cinema ou assistir alguma coisa sem fazer essa análise… eu consigo… especialmente se é um filme bobinho feito apenas para entreter por algumas horas, que não tem nenhuma pretensão de passar nenhuma mensagem para quem está assistindo. Por mais que meu pai diga que todo filme tem uma mensagem, eu discordo dele… às vezes os caras só querem entreter e ganhar uma grana com isso e não passar mensagens nem formar caráter ou opinião de quem está assistindo.

Vou terminando este post por aqui… essas são minhas manias, e vcs que escrevem também, seus livros seus blogues… tem alguma mania diferente? Ou essas mesmas que eu? Deixem aí nos comentários. Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Desenhos Antigos: Zé Buscapé

hillbillysbear

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje é o dia da semana de falarmos de desenhos animado, um dos dias favoritos de vcs por aqui no blogue. Como vc sabe disso tia Shao? Vcs se perguntam… Como eu sei? Pelas estatísticas que o WordPress me fornece. É o dia que mais tem acessos… que mais atrai gente nova para estas bandas.

E o desenho escolhido de hoje é mais um da nossa amada, idolatrada, salve, salve Hanna-Barbera… O “Zé Buscapé” (ou “The Hillibilly Bears no original em inglês). Apenas fazendo um parênteses antes de começar a falar do desenho. Esses dias atrás meu irmão me viu escrevendo um texto sobre um desenho da Hanna-Barbera e uma coisa leva à outra e eu comentei com ele sobre os Estúdios Hanna-Barbera e ele me disse com a cara mais espantada do mundo: Mas, Hanna-Barbera não é uma mulher??? E eu dei risada e disse… não, são dois homens, Willian Hanna e Joseph Barbera. E ele disse… Nossa, trinta anos nas costas e eu fiquei sabendo disso agora… se vc não fala eu ia morrer achando que era uma mulher chamada Hanna e que o sobrenome dela era Barbera. HAHAHAHAHAHA.

Voltando ao desenho de hoje “Zé Buscapé” é uma animação de 1965 que teve apenas uma temporada e 26 episódios de mais ou menos sete a dez minutos cada episódio. E na grade de programação ele sempre era exibido junto com “A Formiga Atômica” e o “Esquilo Sem Grilo”. No Brasil ele foi transmitido pela TV Tupi, pela Manchete e pela Bandeirantes… que eu me lembre… mas pode ser que tenha passado em outros canais que agora eu não me recordo.

O desenho foi inspirado numa série de TV já existente e de muito sucesso nos Estados Unidos que era “A Família Buscapé”. Mas como o seriado também já era exibido no Brasil com nome de ‘Família Buscapé’, eles deixaram o desenho apenas como ‘Zé Buscapé’. E para quem não se lembra muito bem do desenho… a história era mais ou menos assim: Era uma família de ursos caipiras que moravam em seu ranchinho nas montanhas e que gostava de paz e sossego. Eles viviam sossegados… geralmente dançando e cantando ao som do Banjo do Zé Buscapé, entretanto como era um desenho de comédia… sempre alguma coisa acontecia para tirar a paz da família.

Família esta que era composta pelo pai Zé Buscapé (que vivia a maior parte do tempo dormindo na sua rede na varanda e falava tão enrolado que às vezes sequer se entendia o que ele dizia), a mãe Bié Buscapé (que vivia fumando seu cachimbo e cuidando de casa. E de vez em quando acordando o Zé mandando ele fazer alguma coisa… que ele ia, resmungando), a filha mais velha Florzinha Buscapé e o filho caçula Chapéuzinho Buscapé. Que viviam fugindo de responsabilidades e só queriam se divertir e viver diversas aventuras. De vez em quando apareciam alguns “invasores” que queria tomar o rancho da família e era tiro do Zé Buscapé pras quinhentas bandas para defender as suas terras.

Eu me lembro que eu achava o desenho bem engraçado quando eu assistia. Especialmente o Zé Buscapé resmungando e a mulher dele brigando ccom ele, me lembrava os meus avós hahahaha. Tem bastantes episódios deles soltos pela internet, eu não vou colocar nenhum aqui mas se vcs procurarem no Google e no YouTube não vão ter dificuldades em encontrar alguns episódios.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Posso ser vítima de uma Lavagem Cerebral? (Parte 1)

lavagem

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje vamos falar de uma coisa diferente. Vcs estão preparados para textão? Para ler coisa para caramba? Porque o texto de hoje vai ser longo… não sei nem se vou conseguir falar sobre tudo o que eu tenho para falar sobre o tema em apenas um texto… ou apenas dois textos… vou tentar… então bora lá… Tem uns tempos já eu assisti a um documentário chamado “Inside The Manson Cult – The Lost Tapes” que mostrava como o Charles Manson fazia lavagem cerebral nos seus seguidores no seu culto chamado “A Família Manson”. E o meu irmão queria assistir ao documentário também porque ele assistiu a segunda temporada da série “Mind Hunter” quando apareceu o Charles Manson e ele quis saber quem era esse assassino doido.

Logo de cara, como a maioria das pessoas despreparadas meu irmão ficou impressionado com a ‘aura’ do Charles Manson e era apenas um cara interpretando… não era o psicopata real, prestem bem atenção nisso! Primeira coisa que eu fiz foi mandar ele assistir ao Canal Metaforando com uma análise do perfil de psicopata do Charles Manson… pra já desmascarar o assassino e dar um choque de realidade no meu irmão e depois eu passei pra ele ver um documentário que tem dublado já no YouTube, do canal Investigação Discovery chamado Dementes, sobre o Charles Manson e os crimes cometidos.

Aí ele quis ver o documentário… pra entender também como funcionava essa manipulação mental do Manson sobre seus seguidores… Acontece que eu fui procurar uma legenda online para ele poder assistir ao documentário e não encontrei nenhuma em português. E então eu tive que legendar o filme para ele poder ver, levei umas semanas, porque o documentário é extenso e eu ando sem tempo e sem saco… e depois de tudo isso fomos conversar sobre “Lavagem Cerebral” e ele me fez uma pergunta que me deixou intrigada e que eu confesso para vcs, não saber a resposta. Ele me perguntou se qualquer pessoa pode ser vítima, sofrer uma lavagem cerebral.

Sinceramente eu não sei… mas eu andei lendo e pesquisando algumas coisas… primeiramente nós devemos nos perguntar o que é uma Lavagem Cerebral? Lavagem cerebral é quando uma pessoa, ou um grupo de pessoas se empenham em mudar pensamentos, comportamentos e crenças de uma determinada pessoa ou de um grupo de pessoas afim de remover aquilo que para eles é um comportamento, um pensamento ou uma crença ‘indesejada’. Ou para manipular pessoas para que elas fiquem  completamente à mercê de um líder (religioso, político, filosófico) ou de uma forma de pensar. Ou seja, transformar a pessoa num zumbi, que não pensa por si só. Remover a capacidade inerente à todo ser humano (em tese né?) de ser um ser pensante.

A gente vê muito isso em cultos extremistas, sabe, daqueles que sequestram as pessoas e as afasta de suas famílias… muitas pessoas não sabem mas existem centenas desses cultos espalhados e ativos pelo mundo. A cientologia é um dos cultos acusados de praticar lavagem cerebral nos seus seguidores. Vc vê isso em movimentos políticos também… um grande exemplo disso é a Alemanha de Hitler onde muitos foram doutrinados, ainda jovens a comprar a ideia de uma raça superior, eles pegavam os rapazes jovens e praticamente os obrigava a participar da juventude de Hitler, uma espécie de brigada de jovens e doutrinaram esses rapazes criando milhares de pessoas que chegavam a denunciar os próprios familiares, que iam presos por trair o líder nazista.

Mas, qualquer pessoa pode ser vítima, sofrer uma lavagem cerebral tia Shao? Em tese sim… de acordo com os especialistas no assunto. Todos os dias somos bombardeados com informações e com tentativa de nos convencer, de formar nossa opinião, nos convencer a comprar algo, etc, etc. E as técnicas utilizadas para fazer lavagem cerebral nas pessoas são diversas… elas vão desde tortura física e psicológica, até métodos mais sutis… chamados também de doutrinação.

Mas existem pessoas que são mais propensas que outras a serem vítimas de lavagem cerebral? Não há um consenso sobre isso… mas especialistas dizem que pessoas em certas situações são mais vulneráveis. Crianças e adolescentes por exemplo, que ainda não tem sua identidade e seu caráter completamente formados, são mais suscetíveis. Pessoas em situação de abandono… Pessoas em situações desesperadoras que estejam à procura de uma solução milagrosa. E basicamente qualquer pessoa que esteja à procura de algo… que pode dar de cara com um espertalhão qualquer ou pior um psicopata que vai se encaixar naquela necessidade da pessoa e fazer dela gato e sapato!

Foi justamente isto que aconteceu com a galera que começou a seguir o Charles Manson no documentário citado no começo do texto. Ele atraiu pessoas, mulheres especialmente, muito jovens, com a mente ainda em formação e que tinham alguma vulnerabilidade e que buscavam um modo de vida, uma crença diferente e transformou pessoas boas em zumbis assassinos que apenas executavam as suas ordens sem questionar… Eu sei que eu já falei sobre o documentário aqui noutro texto, mas eu recomendo de novo que vcs assistam para vcs verem como é que o Manson fez.

E é basicamente o que todos os cultos fazem… primeiro eles oferecem a vc justamente aquilo que vc está procurando. Um consolo qualquer, tapar uma lacuna na sua vida, uma carência, eles pegam vc através de alguma fragilidade que vc tenha. Segundo, vem o isolamento… todo mundo e mau, e quer o seu mal… só o líder do culto e as pessoas que pensam como ele são boas, são iluminadas, querem um mundo melhor, de luz. E quem não concorda não entende a profundidade da espiritualidade da coisa. Aí eles afastam vc da sua família, dos seus amigos e cercam vc com aqueles ensinamentos e quando vc menos espera… todas as suas relações são de pessoas que pensam exatamente igual ao líder. E então começam os abusos, quando vc já está completamente indefeso e ainda achando que aquilo é o correto, que vc está sofrendo porque é assim que se alcança algum objetivo maior criado pelo líder…

Então fiquem espertos crianças… vcs repararam nesse comportamento nas igrejas, religiões que vcs frequentam, corram para as colinas. Qualquer crença que diga que vc não pode pensar diferente, que vc não pode sequer pensar… não é legal, não é de Deus. Se fosse de Deus ele não teria dado livre arbítrio aos seres humanos para eles fazerem o que bem entenderem, até bobagens. E não tem como a gente se defender dessas coisas e dessa gente Shao? Claro que tem… mas, este texto está muito longo já… então eu vou deixar esta segunda parte para um próximo texto beleza? Fiquem ligados então para a continuação desta postagem nos próximos dias. (CONTINUAÇÃO AQUI)

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Causos de Família: A Guerra com o Cachorro

causosdefamilia

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Chegou mais uma vez aquele dia que a gente conta “causos” aqui para vcs… esses dias meu primo que mora lá no Mato Grosso veio dar uns rolês em São Paulo e a gente sentou para bater papo e eu me lembrei de várias aventuras da infância de vários coisas que a gente molecada aprontava hahahaha. E hoje eu vou trazer uma dessas histórias para vcs.

Meus tios moravam aqui em São Paulo na região de Itaquera e eu morei quase um ano com eles por causa da escola… mas isto não vem ao caso hahahaha. O que vem ao caso é que eu morei com eles quase um ano e neste período eu, que até então era filha única, convivi pra caramba com meus primos… e é diferente vc ser filho único e vc ter outras crianças, irmãos com quem dividir as coisas. Eu já vivi as duas coisas… e deixa eu dizer, cada uma das situações tem seu lado bom e seu lado ruim…

Mas vamos deixar este assunto para um outro dia hahahaha… Voltando ao conto, como eu dizia a gente aprontou muitas quando a gente era criança. E se tem uma coisa que a gente fazia para caramba que eu me lembro era correr para lá e para cá que nem uns idiotas. Eram raras as vezes que a gente ia para lá e para cá andando como pessoas normais. E tinha uma casa, perto da casa da minha tia que tinha um cachorro bravo pra caramba… ele vivia preso porque ele era bravo e ele detestava crianças… E ele particularmente detestava a gente.

Primeiro porque éramos crianças hahahaha, segundo que a gente sempre passava correndo na frente da casa dele… e terceiro porque meu primo, que era o mais terrível adorava cutucar e provocar o cachorro. Poucas vezes aquele cachorro escapou para a rua e era o maior salseiro, a molecada correndo para as colinas de medo dele e ele vindo babando pra pegar nos tornozelos, nas pernas, onde quer que ele alcançasse hahahahaha.

Então aconteceu que num belo dia… meu primo e eu estávamos indo pra escola e a gente tinha que passar na frente do portão da casa onde o cachorro morava e naquele dia o portão estava aberto. Mano, quando eu vi aquele portão aberto, pensa no desespero que eu senti… eu nunca fui uma corredora muito rápida. Eu pensei,  pronto morri, cachorro vai acabar comigo. Meu primo que corria feito o vento ia escapar e eu ia virar ração de cachorro. Daí a gente olha para o final do corredor da casa e lá vem o cachorro… do fundo da casa, babando pra pegar a gente… eu congelei!

Acontece que meu primo estava com seu sempre presente estilingue no bolso de trás da bermuda. Moleque atirava com aquilo em tudo. Uma das diversões dele era alinhas garrafas velhas num muro perto da casa dele e espatifá-las a pedrada. Ele matava ratazanas também… passarinhos e outros bichos eu nunca vi ele maltratar, mas eu não posso garantir nada porque ele era terrível mesmo. Então num milésimo de segundo… o cachorro avançou na gente e o meu primo sacou uma pedra de um bolso e o estilingue de outro, carregou o treco e mirou no cachorro…

O cachorro que vinha num frenesi louco pra cima da gente parou com tudo… dando até aquela deslizada no chão sabe? Quando vc trava as quatro rodas no chão? Pois é… e então ficou o cachorro rosnando… olhando pro meu primo e meu primo com o estilingue dele esticado  a tripa de mico no máximo e mirando bem na cara do cachorro… e os dois ficaram cerca de uns trinta segundos se encarando naquele enfrentamento silencioso. E eu simplesmente congelada no lugar… mal respirando de pavor!

Então… o cachorro olhou para mim, depois olhou para o meu primo… olhou para um lado, para o outro… parou de rosnar… cheirou o ar, depois cheirou o chão e então com uma última olhada pro meu primo ele simplesmente saiu fora… e voltou pra dentro do quintal dele… pro território dele. Meu primo sem recuar falou pra mim… vai andando devagar. Eu saí andando de lado, de olho no cachorro ainda… e meu primo saiu em seguida, andando de costas ainda mirando no cachorro… Mas o cachorro nem se abalou mais com a gente. Continuamos nosso caminho para a escola e nunca mais o cachorro sequer latiu pra gente quando a gente passava em frente ao portão dele… Curioso não?

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Justiça Vs Vingança

scales_of_justice_117108

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Esses dias eu estava estudando pra prova da Ordem… sim, eu ainda estou estudando, bem mais devagar, sem me estressar, não sei quando terei coragem de me inscrever novamente, de prestar a prova novamente, mas seguimos… devagar com os estudos. E eu tive vários professores muito bons durante meus cinco anos de faculdade que sempre nos instigaram, nos incentivarem a não apenas ler e decorar as leis mas fazer uma análise crítica da lei. E desde então eu tento fazer isso… mas olha, não é fácil fazer isso nas atuais conjunturas que se encontra nosso país amiguinhos.

Uma coisa que é muito real, e ninguém pode negar é que o brasileiro médio não entende nada de lei… não conhece seus direitos, seus deveres, como funciona toda a máquina jurídica e a máquina estatal… e isto é extremamente ruim… Eu particularmente acho que os estudantes deveriam ter o mínimo de conhecimento de leis para serem cidadãos melhores. Mas não existe interesse, nem das próprias pessoas em aprender, e nem do governo de que o povo tenha conhecimento. Então a gente vê… um monte de comentário sem noção na internet… baseados na ignorância basicamente. A pessoa desconhece a lei e sai dando um monte de opinião nada a ver com a realidade… e nem adianta vc falar… amigo não é assim que funciona. É perda de tempo…  Mas isso nem é o pior… o pior é vc ver estudantes de Direito e advogados, que deveriam saber O MÍNIMO pelo menos concordando com as análises rasas de pessoa leigas.

Por que eu tô falando disso??? Porque como já diz o título, a maioria das pessoas desconhece o conceito jurídico de justiça. E confunde com o sentido filosófico e geral da palavra justiça. Então diante de alguma decisão judicial, de algum processo… as pessoas não estão em busca de justiça e sim em busca de vingança. O poder judiciário, e os juízes são seres sobrenaturais com poderes de irem lá, falarem no processo e punirem aquela pessoa de quem eu discordo, que eu acho que está errada…

Deixando de lado toda a celeuma jurídica que vem sendo causada ultimamente no país por decisões do STF e coisa e tal… vamos falar de casos não criminosos, entre pessoas… Por que processamos uma pessoa? Porque não conseguimos entrar num acordo nós mesmos sem envolver a justiça… certo? Certo! Mas… não é bem assim que funciona… o cidadão de bem, o brasileiro médio quer PUNIR o amiguinho. Quer vingança! Algo que é extremamente compreensível em casos penais… quando vc tem um ente querido assassinado por alguém, a família quer a punição do criminoso, ela quer vingança! Ela quer que o juiz vá lá e destrua a vida do criminoso da mesma forma que ele destruiu a vida da vítima.

Vira e mexe eu vejo, e vcs já devem ter visto também… publicações na internet que dizem assim… eu acho que quem mata tem que ficar preso enquanto a pessoa que ele matou estiver morta. Mas, como eu já disse, não é assim que funciona! A justiça do ponto de vista do Direito ela busca sim punir o criminoso, mas não uma punição eterna (tanto que de acordo com nossa Constituição são proibidos penas perpétuas e de morte), ao Direito busca uma punição como ferramenta de aprendizagem. Vamos buscar uma pena que seja árdua bastante para aquele sujeito nunca mais querer cometer aquele crime novamente e devolver o indivíduo pra sociedade uma pessoa diferente.

É uma Utopia isto? COM CERTEZA! Ainda mais no Brasil amiguinhos, mas esta é geralmente (ou pelo menos deveria ser) a intenção por trás das sentenças dos juízes. Quando estamos falando de processos na área cível que geralmente é o João contra o Zé por conta de uma dívida, um divórcio, um acidente de trânsito sem vítimas… geralmente e infelizmente as pessoas não querem resolver os problemas… entrar num acordo com a outra parte… até mesmo porque se houvesse essa vontade, nem precisaria recorrer ao judiciário não é mesmo? O que acontece é que o João quer ferrar com o Zé e vice versa. 

E nesses casos da esfera cível, seja qual for a sentença, em favor do João ou do Zé, ela sempre vai desagradar uma das partes… isto é fato… E aí a pessoa que perdeu, que vai ter que desembolsar uma grana para pagar o outro e ainda as custas do processo muitas vezes e os honorários dos advogados… vai ficar com raiva, e falar um monte de coisas do juiz, dos advogados, da justiça, do judiciário… porque ela perdeu e ficou descontente! Mas maiormente porque a pessoa estava buscando não a justiça, massss… a vingança!!!

Ahhh mas Shao vc desse jeito tá defendendo os juízes e o judiciário… não galera… não tô, eu só tô dizendo, no final das contas que todo procedimento contencioso na justiça vai gerar descontentamento. E isso acontece por conta das expectativas erradas que criamos diante de todo o processo… Ninguém entra com um processo esperando perder, mas às vezes acontece de perder… e então a pessoa fica com aquela sensação de ter sido injustiçada, não compreendida, prejudicada… etc, etc, etc… Então, fica a dica aí para vcs. Procurem se informar sobre a lei… não busquem a vingança, e vejam se vale a pena encarar a empreitada de processar a pessoa naquele caso…

Não existe “causa ganha” mesmo vários advogados picaretas se utilizando desta expressão para convencer seus clientes. A causa é sempre ganha para o advogado, porque ganhando ou perdendo ele ganha os honorários dele… mas nem sempre vale a pena… não existe causa ganha porque a lei é interpretativa!!! E o conceito de justiça do cidadão médio, não é o mesmo que o conceito dentro do Direito.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Tecnologia: Streaming HBO Max

hbomax

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Parece que tá chegando um dos bichos papões que quer bater de frente com o domínio mundial da Netflix… o HBO Max! Eu já comentei dele por aqui no blogue se eu não me engano, mas eu falei bem por cima até porque eu não tinha tantos detalhes sobre ele… mas no último Novembro a Warner que é a dona da HBO e de outros tantos canais… anunciou mais detalhes sobre o seu novo serviço de streaming de vídeos e séries…

Então vamos por partes, primeiro… que nos EUA já existem dois serviços de stream de conteúdo da HBO um é o HBO Now (que é tipo o NOW da NETT aqui no Brasil) que seria um serviço a la carte onde vc acessa o conteúdo e paga pelo que assistir, por filme, ou por episódio de série, etc. E que não está disponível no Brasil. E tem o HBO GO (que está disponível no Brasil) é que é a Netflix das produções do canal HBO, que eu já testei e gostei bastante e quaaaaase migrei porque tem muito conteúdo bacana.

Mas Shao se já tem isso para quê um outro serviço se Streaming se já tem esses dois? A diferença básica entre esses dois serviços já existentes e o novo serviço é que ele vai ter não apenas conteúdo do canal HBO ele vai ter um monte de conteúdo da Warner… mas vamos falar de conteúdo depois. O preço já foi divulgado… cerca de $17 dólares (mais caro que a Netflix e que outros concorrentes) e a data de lançamento previsto (para os Estados Unidos) é maio deste ano. Para a América Latina, eles deram uma previsão de lançamento para 2021… entretanto a má notícia é que ainda não se sabe ao certo se este lançamento na América Latina incluirá o Brasil por questões de propriedade de conteúdo e tal… uma pena…

Com relação ao conteúdo, que é o que todo mundo quer saber… a HBO Max vai conter toda a programação dos canais HBO, dos canais TNT, TBS,  TCM, CW, Cartoon Network, Crunchyroll, Looney Tunes, CNN e DC (sim, todos os desenhos animados e filmes da DC como Coringa, Mulher Maravilha, Aquaman… etc. Fora isso, assim como a Netflix tem feito… com suas próprias produções o HBO Max vai ter produções exclusivas do serviço que vão se chamar HBO Originals que só vão estar disponíveis no streaming.

Quais os concorrentes que existem aí no mundo para a HBO Max enfrentar??? Netflix claro, a Hulu (que não tem no Brasil), o Amazon Prime Vídeo (que chegou tem pouco tempo no país), a AppleTV+ e a Disney+ (ambos ainda prestes a estrear). Como eu sempre digo… concorrência sempre é bacana! Eu adoraria que todos esses serviços estivessem disponíveis no Brasil. Infelizmente por problemas de direitos de propriedade e direitos autorais de algumas produções nem sempre é possível e é trabalhoso e muitas empresas acabam preferindo não ter tanto trabalho para lançar as coisas aqui em terra brasilis. Ficamos no aguardo por novidades para ver se e quando esta novidade chega por aqui…

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Tecnologia: Emulador de Games Antigos

emulador

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Bora falar de tecnologia? Faz um tempinho que a gente não fala de tecnologia aqui porque faz tempo que eu não compro nada de tecnologia, porque eu tenho andado meio sem grana não é mesmo… Acontece que tem uns meses que eu e meus irmãos nos juntamos e compramos uma coisa que estávamos afim de comprar já tinha um tempinho que foi um emulador de games antigos.

Em Agosto do ano passado, no aniversário do meu irmão a gente foi comemorar no Charada Burguer e lá eles tem todas essas temáticas de videogames e a empresa que fez todos os videogames da hamburgueria é a Hércules Games e uma das lojas deles fica bem perto de casa, bem perto da hamburgueria também… então deu a louca na gente. Juntamos uma grana os três e fomos lá na Hércules e compramos o mesmo emulador que tinha lá no restaurante com 7000 jogos na memória, entre jogos de Atari, Nintendo, Super Nintendo, Sega, Nintendo 64, Mega drive… é jogo para um caramba. Vem também com dois controles com fio este combo custa cerca de 500 e poucos reais.

E é um aparelhinho muito bacana… o modelo que compramos é o Infanto Recalbox Mame Raspberry Pi3 7000 Jogos de 64GB. Eu vou deixar o link deste emulador aqui para vcs conhecerem… Foi este modelo que compramos e que ficamos uns bons finais de semana jogando, mais meus irmãos que eu logo que compramos… mas depois, quando eles já tinham enjoado… nas minhas últimas férias de Novembro eu joguei bastante também.

Os jogos da minha época de criança, claro são mais os do Atari nos anos 80 do que os outros demais… os outros são mais da época dos meus irmãos nos anos 90… Mas eu joguei pra caramba com eles também. Galera fica colocando defeito nos videogames, dizendo que eles criam pessoas violentas e outras tantas bobagens. Mas videogame pra mim, para a minha vida e para os meus irmãos também eu tenho certeza, gerou sempre momentos de diversão e hoje em dia temos várias boas memórias daqueles momentos… e com esse emulador nós pudemos nos divertir agora adultos, relembrando os jogos que permearam nosso passado.

Eu recomendo este emulador? Recomendo… não é a mesma coisa que ter um console antigo. A gente ainda tem aqui em casa o Super Nintendo que a minha mãe comprou pros meus irmãos em 1995 por aí. E também diversos cartuchos originais. A experiência de jogar no console, e de jogar no emulador é um pouco diferente, quem já jogou por emulador sabe como é… mas assim, vale muito pelo saudosismo, vale pra caramba para relembrar alguns jogos que dificilmente vc vai encontrar o console e o jogo rodando originais. Deixa eu dizer que este aparelhinho fez minhas duas semanas de férias de Novembro serem bem mais divertidas que seriam sem ele… hahahaha.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Nerdices: Filme – Yesterday

yesterday

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Okay, terceiro e último filme do dia é “Yesterday” que incrivelmente não foi traduzido em português, eles mantiveram o título original porque é um filme que fala de música e mais especificamente da música dos Beatles e “Yesterday” é o título de uma das músicas mais famosas da banda… É um filme recente, eu queria ter ido ver no cinema mas não tive tempo então eu vi apenas esses dias e é uma comédia romântica britânica do diretor Danny Boyle.

Eu sei… eu tenho assistido bastantes filmes ingleses, e produções não americanas… é bacana, pra ampliar os horizontes, assistirmos coisas diferentes. Mas voltando ao filme… uma galera me indicou este filme, dizendo que era legal, que era engraçado que eu ia curtir e eu resolvi assistir e se vcs ainda não viram a história é mais ou menos assim… o filme nos apresenta o músico desconhecido e azarado Jack Malik (interpretado pelo ator Himesh Patel) que num dia em que acontece um apagão no mundo, ele é atropelado, perde sua bicicleta perde os dentes e fica bem para baixo…

Acontece que alguns dias depois quando ele se reúne com seus amigos. Ele toca para eles a música “Yesterday” dos Beatles e os amigos ficam emocionados e falam para ele, nossa que música linda essa que vc escreveu. Ele fica surpreso, e diz que a música é dos Beatles e então eles dizem que não sabem quem são os Beatles. Jack vai para casa e pesquisa sobre a banda no Google e ele descobre que nessa nova realidade os Beatles nunca existiram!

Então ele cai em si que esta é a maior oportunidade que ele já teve na vida, a chance de ser famoso… mesmo que para isso ele tenha que usar composições de outras pessoas… Então ele se tranca no quarto e vai tentando se lembrar de todas as músicas e todas as letras de todas as canções dos Beatles e ele reescreve tudo novamente e começa a apresentar as canções como se fossem suas.

E ele acha que vai explodir, mas não é bem assim… a princípio ninguém além dos seus amigos dá muita bola para as músicas… nem mesmo a família dele. E então um dia ele conhece um cara num bar e ele diz que tem um estúdio caseiro, se ele gostaria de ir gravar algumas canções e é o começo de tudo. Depois ele se apresenta num programa de TV e é visto por ninguém menos que o cantor britânico Ed Sheeran que vai procurar por ele e o convida para abrir os seus shows. E então ele finalmente explode e fica famoso… mas então é neste momento que ele começa a se questionar… será que é certo eu fazer isso? Eu estou ganhando fama por composições que não são minhas e…

Eu não vou contar mais nada porque eu já contei demais. Como eu disse é uma comédia romântica, tem toda essa história dele como músico mas tem cenas engraçadas também (humor britânico claro… que é bem diferente do americano – mas se vc curte as comédias românticas com o Hugh Grant vai curtir este também), tem também o pano de fundo com o romance entre o Jack e sua melhor amiga… então é um filminho bacana, eu recomendo para vcs que curtem uma boa comédia romântica.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Nerdices: Filme – Midsommar – O Mal Não Espera a Noite

Midsommar.jpg

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Segundo filme desta sexta-feira. E é um filme bem recente… Então eu vou tentar não dar spoilers.  Vc é péssima nisso de não dar spoilers Shao. Eu sei! Me desculpem! Mas eu vou tentar ok? Então… segundo filme é “Midsommar – O Mal Não Espera a Noite” (ou apenas “Midsommar” no original em Sueco que de acordo com o Google Tradutor quer dizer o ápice do verão, ou o meio do verão…). Ou que pode ser entendido como o Solstício de Verão… Inclusive eu li ou vi em algum lugar que este festival é real na Suécia… Que nasceu pagão e acabou sendo incorporado pela igreja e hoje é o dia de São João Batista se eu não me engano…

Com relação à língua… Eu não manjo nada de sueco, apesar se ser fã de Roxette, ABBA e The Cardigans e morrer de vontade de um dia visitar o país, então me perdoem. O filme estreou aqui no Brasil se eu não me engano em julho, mas na época não chamou a minha atenção. Mas então depois eu fui ler sobre ele e ver algumas críticas e eu resolvi ver e olha… me surpreendeu. O filme é um terror psicológico no estilo de “Corra” ou de “Nós” (filmes que eu já resenhei aqui no blogue para vcs) daqueles que deixa a gente incomodado o tempo todo, pensando… o que tá acontecendo? O que é isso? Pelamordedeus!!! É uma produção conjunta Americana/Sueca… do Diretor Ari Aster que já tinha deixado uma galera e a crítica de boca aberta com seu primeiro filme “Hereditário” (que eu ainda não tive tempo de ver mas tá na minha lista) e que agora com segundo filme ele aparentemente conseguiu novamente.

E a história do filme para quem se interessou por esta premissa… é mais ou menos assim: Uma estudante universitária chamada Dani (interpretada pela atriz Florence Pugh) tem uma vida um tanto quanto comum, ela estuda, ela faz terapia para tratar seus problemas e seus traumas… até que de repente, uma tragédia se abate sobre ela. Sua irmã e seus pais morrem… aparentemente se suicidando. O que faz com que ela se agarre mais ainda ao namorado o estudante de Antropologia Christian (interpretado pelo ator Jack Reynor). Acontece que diferentemente de Dani Christian já estava afim de terminar o relacionamento já tem uma cara e a tragédia da morte da família da namorada meio que adia sua decisão de terminar tudo.

Então, no meio de toda essa confusão um dos amigos de Christian convida o rapaz para ir para a Suécia, passar o verão por lá, e estudar os costumes locais… porque Christian e seus amigos são todos Antropólogos e um desses amigos dele chamado Pelle (interpretado por Vilhelm Blomgren) é sueco e nascido e criado numa pequena vila na Suécia que tem costumes bem diferentes… e eles todos topam. Se sentindo culpado e não querendo fazer papel de vilão Christian convida a namorada para ir junto e mesmo os amigos dele não gostando, ela acaba concordando e indo. Então a galera chega lá na Suécia… nesse vilarejo e é aí que começa o terror…

Eu fico com medo de contar o que acontece além disso porque eu realmente não quero dar spoilers então assim… vamos fazer diferente no texto de hoje. Eu vou dizer apenas que o filme é chocante, e inesperado… um dos melhores filmes que eu vi no ano passado. Ele tem um ritmo lento e ele é longo… quase duas horas e meia de filme… então assim… se preparem galera. E aqui embaixo eu vou colocar aqui embaixo para vcs o trailer dom filme para vcs decidirem se querem ou não assistir esse terror. Mas… fica a dica… é bom hein? Eu recomendo pra caramba!!!

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Nerdices: Filmes – Batman – The Dark Knight

batman

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje vamos falar de um filme antigo que eu não tinha visto e que meu irmão me obrigou a ver antes de irmos assistir ao novo filme do “Coringa”. Eu não sou muito fã do Batman… e eu não acompanho muito os filmes da DC mas eu sempre fui muito fã do Heath Ledger e do Christian Bale que são os dois atores que protagonizam este filme. E eu confesso que uma das razões pelas quais eu não quis ver este filme foi a morte prematura do Heath Ledger.

É meio idiota eu sei, mas eu ficava com a sensação de que se eu não ver o último trabalho dele, é como se ele ainda estivesse vivo… Bobagem eu sei… mas enfim. Fui ver o filme… eu tinha gostado do Batman anterior a este… E este é o filme favorito do Batman do meu irmão, e o Batman é o herói favorito dele… então ele encheu o meu saco e eu fui ver o filme antes de vermos o Coringa do Joaquim Phoenix porque né? Todas as críticas estavam comparando os trabalho dele com o trabalho do Heath Ledger, fazendo um quem dá mais… qual o melhor Coringa.

E a DC sempre manda muito bem quando mira no público adulto. E é o caso deste filme. É um filme de 2008, teve um orçamento de 185 milhões para ser feito e arrecadou mais de um bilhão de dólares mundialmente. E para quem não viu o filme… a história é mais ou menos assim… Depois do último filme os bandidos ficaram com medo do Batman e as coisas na cidade de Gotham estão mais ‘sob o controle’ da polícia. Por causa disso Bruce Wayne começa a cogitar aposentar o Batman e entregar para o promotor de justiça e para a polícia o “controle” dos bandidos (entre aspas porque nunca uma situação está sempre no controle não é mesmo).

Tipo assim o Batman já cumpriu o seu papel, agora é a hora de tirar o personagem de circulação. Acontece que bem nesse momento surge o Coringa que é um bandido diferente dos outros, ele não tem a mesma motivação que os demais bandidos, ele não quer dinheiro, ele não quer poder, ele é doido de pedra, e ele quer apenas o caos e por conseguinte ninguém, nem mesmo o Batman, consegue entender a motivação dele para fazer as coisas que ele faz. O único que parece perceber que o Coringa apenas quer ver o circo pegar fogo é o Alfred, mas ninguém ouve o cara.

Então durante todo o filme, o Coringa causa o caos jogando todo mundo contra todo mundo. Os bandidos uns contra os outros, os cidadãos uns contra os outros, a polícia contra os bandidos e contra o Batman. Ele aposta numa máxima o filme todo, que todo ser humano é egoísta e todo ser humano tem o seu limite. Se vc puxar cada um de nós além do seu limite ele vai fazer coisas que são moralmente condenáveis. Quem ninguém é incorruptível. E o filme segue nessa levada, o Coringa criando caos, tentando matar as pessoas e o Batman e a polícia tentando impedir, tentando salvar as pessoas… e a cada momento temos um desafio um empecilho, uma cilada… até o momento final do filme onde o Batman vai enfrentar o Coringa.

O que eu achei do filme? Eu achei um filme longo, e em alguns momentos chatos… muito, blábláblá… muita explicação. De todos os filmes do Batman que eu já vi este é de longe o mais chatinho, o que menos me prendeu… eu não via a hora de acabar. Entretanto… a presença do Heath Ledger salva o filme. Ele tem pouco tempo de tela se a gente comparar com o Coringa do Joaquim Phoenix, mas beleza, até porque ele não é o mocinho do filme, não é um filme sobre ele, ele é apenas o antagonista. E ele faz um Antagonista maravilhoso… merecido o Oscar para ele. E para mim é o trabalho dele que faz a pena ver o filme… então para quem não viu, fica aí a dica de filme para vcs.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Música: Kutless

KUTLESS

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje é aquele dia que falamos de música amiguinhos. Sim… e a banda de hoje é uma banda que eu curto desde 2008… ela não é conhecida do grande público. é uma banda Americana de rock gospel, que existe desde 1999. Os rapazes do Kutless se conheceram na faculdade e frequentavam a mesma igreja, foi quando começaram a tocar juntos.

E então a banda começou a dar tão certo que eles abandonaram a faculdade e resolveram investir na carreira de músicos. Eles passaram a ensaiar no porão da casa de um dos membros. Eles começaram a ficar mais conhecidos após participarem de diversos festivais de música cristã e diversos eventos beneficentes para mulheres com câncer.

Primeiro CD deles foi lançado em 2002, chamado Kutless mesmo. E eles já deixam bem claro as características da banda com este CD de estréia. Que é de fazer um rock melódico, com letras sempre falando de Cristo, de amor… geralmente são músicas evangelizadoras. E eu sei que a maioria das pessoas não curte este tipo de música… mas eu curto, primeiro por causa das minhas crenças, segundo porque em momentos bem complicados da minha vida as letras das músicas me ajudaram para caramba. Música é uma coisa incrível, ela tem o poder de ajudar a gente de uma forma indescritível não é mesmo?

Como vcs devem ter reparado eu espalhei entre os parágrafos do texto de hoje as minhas músicas favoritas da banda. Algumas inclusive com as traduções para quem não manja tanto de inglês entenderem o porque eu curto tanto as letras das músicas dessa banda. Meus CD’s favoritos dessa banda são “Sea of Faces” de 2004 e “Strong Tower” de 2005. Fica a dica desses dois álbuns para vcs. Estão todos disponíveis nos maiores provedores de streaming de áudio. Tem vídeos no YouTube também. Eu espero que vcs ouçam, espero que curtam. 

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Séries: Criminal: Reino Unido

criminalUK

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… E hoje é dia do quê? Dia de falarmos de Série!!! Isso mesmo… Nas quintas-feiras, nós falamos de séries… e a série de hoje é uma bem bacana, bem curtinha, que eu encontrei meio que sem querer na Netflix enquanto estava navegando o catálogo (sim, porque eu aprendi que a expressão zapear a gente usa com a TV por conta do controle remoto e que na Netflix é navegar o conteúdo…) e eu achei a premissa interessante, fui assistir e eu gostei.

Primeiramente deixa eu dizer que não é uma série apenas… São Quatro: Criminal: Reino Unido, Criminal: Alemanha, Criminal: França e Criminal: Espanha. Cada um em sua língua original, e cada um com as suas características culturais de cada país, de cada povo… eu achei bem bacana.

O formato é bem simples, e ao mesmo tempo inovador. Porque se passa toda dentro daa delegacia de polícia… onde os investigadores estão sempre tentando resolver um crime qualquer e para tal eles se utilizam de diversos artifícios para interrogar os suspeitos ou as testemunhas. É bem bacana… e eu curti para caramba. Eu não assisti todas as quatro séries, eu assisti apenas a do Reio Unido e a da Espanha, eu passei os olhos rapidamente pelas da Alemanha e da França… quando eu tiver um tempinho quero assistir essas duas também.

São apenas três episódios, de mais ou menos quarenta minutos cada… É uma proddução original da Netflix… Estão todas as quatro séries com seus três episódios cada disponíveis no streaming na nossa amiga Netflix. Vão lá assisstir e curtir. Eu recomendo para um caramba. É uma série bem bacana. Bem diferente da maioria das séries investigativas que estão disponíveis por aí no mundo televisivo e em streamings e afins. Se não tiverem nada de mais interessante para assisstir neste final de semana, nenhum filme, nem nada e curtir esta vibe investigativa, policial… esta série é uma boa pedida para vcs! 

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje, espero que curtam a série também se resolverem vê-la. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Diário de Bordo: Como vai vc?

cvv

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Primeiro texto no qual eu falo da minha vidinha sem graça neste ano… Eu sei que vcs geralmente não curtem este tipo de post mas… fazer o quê, eu tenho que fazer né? É mais forte que eu… hahahahahaha. Então vambora contar para vcs o que é que eu fiz nos últimos 30 dias…

Em Dezembro eu passei de novo no Médico Dermatologista. Mas desta vez foi outro médico, um particular que me recomendaram, muito bem recomendado e tô passando a pomada que ele receitou e uns remédios que ele mandou tomar… e essa semana mesmo eu vou marcar o retorno com ele. Uma das coisas bacanas de ter passado na consulta com este médico foi que ele finalmente explicou para mim o que é que eu tenho no meu braço, que diabo de alergia é essa, mas mais para frente eu explico isto para vcs num texto específico. O resultado dos remédios e da pomada nova estão me deixando esperançosa de que finalmente este problema esteja chegando ao fim. No final desta semana eu tenho retorno com o dermatologista, talvez nalgum próximo post eu possa contar para vcs as novidades na esperança de que sejam boas notícias.

Como vcs sabem eu passei uns dias no hospital, um pouco antes do Natal… Eu achei que tinha sido uma crise de intolerância entretanto foi uma virose brava mesmo porque depois que eu melhorei meus dois irmãos ficaram doentes. Provavelmente uma virose que eu peguei no trabalho… Ossos do ofício de se trabalhar com o público… E eu nem ganho insalubridade hein? Foi assim… dia 16/12 eu fui trabalhar normal… mas no meio do expediente eu comecei a me sentir mal pra caramba.

Trabalhei o dia todo e quando eu cheguei em casa eu piorei, então eu pedi pro Carlos me levar pro Hospiltal, me medicaram e eu fui pra casa… Mas de manhã eu piorei… Voltei pro hospital… Exame de Sangue e tal… infecção intestinal. Diabetes enlouqueceu e o sódio e o potássio caíram muito, então me internada… Voltei pra casa só no final de semana. Assim que eu cheguei em casa o Cezar ficou ruim… foi parar np hospital também e ficou três dias ruim. Ele melhorou o Carlos ficou do mesmo jeito… hospital e três dias ruim.

Assim sendo eu acho que o melhor que eu tenho a fazer agora em Janeiro é fazer a lista de exames que eu tenho para fazer e retornar com os meus médicos né? Eu fiquei doente praticamente o ano todo ano passado… espero que esse ano as coisas sejam melhores. Eu procrastinei pra caramba minhas consultas e meus exames, eu vou me esforçar para não procrastinar, não evitar tanto o consultório médico este ano. Fora os planos de exames e consultas eu pretendo voltar para a academia agora em Janeiro… se meus planos derem certo enquanto vcs estão lendo este texto eu devo estar já de volta à academia também, chega de sedentarismo.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Podem ficar feliz que outro deste só mês que vem hahahahaha caso vcs não gostem deste tipo de texto. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Meta de Leitura 2020 – Livro 1 – Sangue e Ouro

sangueeouro.jpg

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Continuando na nossa saga de Crônicas Vampirescas, e o primeiro livro da nossa Meta de Leitura do ano de 2020 é… “Sangue e Ouro”… (“Blood and Gold no original em inglês) o oitavo volume das Crônicas escritos por Anne Rice que foi publicado em 2001 se eu não me engano. Já tem quase 20 anos este livro mas mesmo assim toda a vez que eu falo de um livro aqui no blogue para vcs eu tento não dar spoilers e hoje não vai ser diferente.

A história começa com um vampiro muito antigo chamado Thorne, despertando de um sono de centenas de anos congelado num bloco de gelo. Thorne caminhando novamente pela terra acaba se encontrando com um personagem que já é nosso conhecido, o vampiro Marius. Então os dois começam a conversar e Marius começa a contar a sua vida para Thorn. Neste livro então, temos Marius como narrador e vamos conhecer um pouco mais da vida do misterioso vampiro… antes mesmo dele se tornar um vampiro.

Marius conta a Thorne toda a sua vida… desde o dia que ainda humano ele foi sequestrado por feiticeiros druidas que estavam procurando um substituto para seu deus do bosque… que era um vampiro que era mantido trancado embaixo de uma árvore sagrada e era adorado por estes druídas como se fosse um deus pagão. E mesmo contra a vontade do rapaz esses druidas pegam o sangue do vampiro moribundo que eles adoravam e transformam Marius em vampiro. Entretanto… diferentemente do vampiro moribundo, Marius acaba por conseguir fugir dos druidas e ele foge para o Egito.

Eele conta também para Thorne como no Egito ele conhece Akasha e Enkil e aprende com eles o segredo de sua origem vampírica… que já lemos no livro “A Rainha dos Condenados”. Akasha e Enkil revelam a Marius que se eles morrerem, todos os vampiros do mundo sofrerão o mesmo destino, então Marius se torna o guardião de ambos e os leva de volta para Roma… Ele também conta como em Roma ele se apaixona por Pandora (já lemos a história dela aqui também) e a transforma em vampira… com quem vive feliz por um tempo até que é obrigado a abandoná-la.

Como ele reencontra um dos druidas que o sequestrou em Roma, Mael… que está junto com Avicus, um vampiro antigo que antes dele havia sido o deus do bosque, e que apesar de ser mais antigo e mais forte que Marius, não conhece seus poderes. Então acontece a queda do Império Romano… e Marius, Mael e Avicus deixam roma quando ela é invadida pelos bárbaros… eles vão para a Constantinopla levando com eles Akasha e Enkil.

Ele conta também a Thorne como conheceu e Santino e sua ceita de vampiros adoradores de Satanás. Ele conta também como ele conheceu, se apaixonou e transformou Armand em vampiro em Veneza. E o final do livro traz Marius e Thorn para o tempo presente… onde Armand quer vingança contra Santino… mas é impedido por Maharet, que após a morte de Akasha é a vampira mais antiga… E então… eu não vou contar o que acontece porque não quero estragar o final do livro para vcs hahahahaha. Mas em resumo o livro é bem bacana porque ele passeia pela vida de Marius e quase todos os vampiros que já conhecemos da saga passam pelas páginas deste livro… e deixa um gancho para uma continuação… mas, falaremos desta continuação num próximo texto.

 

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Blogue: Mais textos em mais dias…

Typewriter 1

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Quer dizer, mais ou menos… minha dermatite piorou novamente. Sabe, eu tô já sem esperanças de um dia encontrar uma cura uma pomada um remédio qualquer para esta malfadada doença.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar neste texto… Vamos falar aqui do blogue. Mas, antes de mais nada deixa eu perguntar para vcs… Vcs repararam que o número de textos aqui aumentou em alguns dias? Sim amiguinhos oficialmente a partir deste janeiro todas as segundas, quintas e sábados teremos não um, mas dois textos por dia… pelo menos durante este primeiro semestre… Se tudo der certo… no segundo semestre quero aumentar para três textos, nesses mesmos dias para assim igualar o número de textos que temos nas sextas-feiras, que são três.

E vamos assim, devegarianho, seguindo o nosso plano de aumentarmos os números de textos diários. O plano é até mais tardar o final de 2021 eu conseguir publicar três textos todos os dias… Será que eu consigo? É texto para um caramba eu sei, haja assunto pra falar de tanta coisa não é mesmo? Mas eu acredito que eu consigo… Mas vamos por partes…

Neste primeiro semestre eu aumentei nas segundas (que geralmente falamos sobre o BLOGUE, sobre UTILIDADE PÚBLICA ou eu conto um CONTO ou um CAUSO), nas quintas (que falamos de SÉRIES, de MÚSICAS ou de CANAIS DO YOUTUBE) e aos sábados (que é quando falamos de TECNOLOGIAS, de GADGETS e de DIABETES).

As segundas não são os dias da semana com mais acesso, eu confesso… mas as quintas e os sábados geralmente tem atualmente atraído mais atenção da galera que entra no blogue. Quem não curte tecnologia não é mesmo? Eu mesma… sou nerd até não poder mais… se eu tivesse grana sobrando ia gastar um caminhão com tecnologias e com gadgets. Mas infelizmente grana não é o meu forte então as resenhas de tecnologias, apesar de serem muito bacana de se fazer não são tão frequentes quanto eu gostaria hahahaha.

Eu tinha pensando em aumentar as postagens falando sobre Utilidade Pública, informações úteis para as pessoas. Ainda mais que eu trabalho com isso… tem muita coisa que eu conheço e que eu faço no meu trabalho que seria legal se as pessoas soubessem porque olha, o que eu atendo de gente no meu trabalho todos os dias que não tem a menor noção de onde precisa… nem de onde precisa ir para resolver o problema dela. Um monte de gente todos os dias procuram a Prefeitura para resolver problemas de banco, de Estado, de Receita Federal, de Cartório, de Justiça, de Assistente Social… em sua grande maioria problemas que não são de responsabilidade da Prefeitura.

E mesmo quandp são assuntos de resposabilidade da Prefeitura, a pessoa não sabe em que setor ir, por onde começar, a documetação que precisa apresentar, quais os procedimentos… o que me atrapalha nisso é o fato de que eu trabalho com isso de segunda a sexta, então quando eu chego em casa, na minha hora de descanso eu sinceramente não quero escrever sobre trabalho não é mesmo? Muito menos ainda nos finais de semana… Mas… talvez eu faça isso… pelo menos uma vez por mês. Se metade das pessoas que eu atendo lessem as orientações já me ajudaria para um caramba…

Mas então, por hora é isso amigos. Por hora tivemos este pequeno aumento no número de postagens. Espero conseguir dar continuidade até o final do ano neste projeto… e quem sabe, até o final do ano que vem eu consiga ter aqui pelo blogue, não uma, não duas, mas três postagens diárias.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Causos de Família: O Cinema e os Últimos cinco centavos.

causosdefamilia

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Hoje é mais um daqueles dias que eu me lembro o quanto eu sou velha e quantas coisas já aconteceram na minha vida hahahaha. Hoje eu vou contar para vcs uma coisa que aconteceu comigo, com meus irmãos e meu primo quando eu era adolescente e eles eram pré-adolescentes. Eu sinceramente não me lembro quantos anos nenhum de nós tínhamos. Eu só me lembro que nenhum de nós trabalhávamos, nenhum de nós tinha muita grana…

E com nossa pouca grana que a gente tinha e que geralmente era proveniente dos trocos da padaria que a mãe da gente deixava a gente ficar com a gente… eram poucas as coisas que podíamos fazer para nos divertirmos com essa grana. Sim, porque a gente era pobre e não tínhamos mesada… no nosso tempo criança com mesada era coisa de gente rica. A gente ia no mercado, na padaria comprar doces ou sorvetes, depois isso evoluiu para um passeio no Shopping Center tomar uma casquinha no McDonald’s… acho que nossa diversão mais cara era nossa excursão anual ao falecido Playcenter.

Então um dia, a gente tinha uma grana sobrando e pensamos… vamos ao cinema. Cinema meus amigos, é uma diversão cara no Brasil vamos e convenhamos. Então nós juntamos nossos dinheiros e fomos comprar os ingressos para o filme (não me perguntem que filme era eu não vou me lembrar…) e sobrou uma graninha. O que a gente geralmente fazia nessa época era pegar essa grana ir nas Americanas ou no Extra e comprar salgadinhos e refrigerante, colocar na mochila e ir ver o filme, mas aquele dia a gente queria comprar a pipoca do cinema mesmo… que… como sabemos também é caro para caramba…

Outra coisa que eu já mencionei aqui várias vezes é que eu não sou boa de matemática… então em algum momento na hora que a gente estava fazendo nossas contas pra comprar a pipoca, a gente achou que tinha o dinheiro… acontece que erramos na conta por 5 centavos hahahahahaha, daí toca os quatro doidos procurando em todos os bolsos das nossas calças, das camisas, das jaquetas para ver se a gente ainda tinha os 5 centavos restantes.

No meio daquela bagunça meu primo achou num bolso da perna da calça dele (naquela época era moda usar aquelas calças de esqueitista que era bem larga, tinha zíper nas pernas e virava bermuda… uma calça assim que ele estava usando) exatamente 5 centavos… daí ele gritou: Achei! Achei! E nós quatro pulando que nem umas bestas e a moça da pipoca rindo da nossa cara… A gente nunca ficou tão sem dinheiro e ao mesmo tempo nunca fomos tão felizes… Me lembra de uma frase que eu li tem pouco tempo que dizia mais ou menos assim: que deixamos de ser felizes quando nos preocupamos em sermos felizes. Naquela época a gente não pensava em nada disso: Será que sou feliz? O que eu preciso pra ser feliz? Nós simplesmente éramos…

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

“Até um pé na bunda te empurra pra frente…”

solitario

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… como tem sido o ano de vcs até agora? Essa primeira semana de 2020 tem sido gentil com vcs crianças… eu não digo ainda como está sendo este começo de ano para mim porque eu estou escrevendo este texto ainda no ano de 2019… em Novembro para ser mais específica. Mas como sempre não é disso que eu quero falar no texto de hoje…

Eu estava há uns dias pensando sobre tudo o que aconteceu comigo no ano passado (2019) e como foi um ano ruim. Não foi péssimo… porque eu já tive anos péssimos, quando a gente acha que não pode piorar…  acreditem crianças, se tem uma coisa que eu aprendi na vida é que as coisas podem melhorar, por piores que elas pareçam… mas elas também podem piorar. E às vezes o pior que estamos passando nem é o pior que poderia acontecer, é apenas o pior que conhecemos. Ai credo Shao que texto pessimista… Nãoooo amigos, não pensem isto, se segurem aí só mais um pouquinho… tenho certeza que a opinião de vcs vai mudar até a chegada do último parágrafo.

Então o ano foi uma bosta Shao? Foi! Foi terrível? Não! Entretanto a gente sempre espera (geralmente em vão) que quando mudar o calendário no final do ano as coisas melhorem e o próximo ano seja melhor. Geralmente não muda nada mas a gente gosta de acreditar em recomeços não é mesmo? Nem tô dizendo que recomeços não existe, cada novo dia é um recomeço… Todos os dias a gente pode acordar e dizer, hoje vai ser diferente, ou hoje eu vou agir diferente… Porque nós não podemos na maior parte das vezes prever os resultados de nossas ações mas podemos sim mudar de ideia e mudar nossas ações.

Mas, como eu dizia no começo do texto, o ano foi bem ruim… mas eu aprendi algumas coisas. Eu sou cabeça dura eu confesso, e eu já reparei que para eu aprender certas coisas só quebrando a cara mesmo… eu eu já quebrei muito a cara na minha vida… mas cada quebrada de cara foi um aprendizado. Pelo menos meus níveis de teimosia não excedem o aceitável e eu procuro não cometer os mesmos erros novamente… eu consigo? Não sei… talvez nem sempre…

Então, como diz o velho ditado “Até um pé na bunda te empurra pra frente…” eu sinceramente espero que o que eu aprendi neste ano que passou tenha servido para eu aprender alguma coisa, para que assim eu possa voltar a caminhar adiante…

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Diabetes #49 – A História da Insulina

diabetes

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Sim, é isto mesmo que vcs estão vendo… mais um post hoje. Mas tia Shao vc não ia aumentar o número de postagens apenas nas quintas-feiras??? Pois é… eu ia, mas eu resolvi dar uma de louca e aumentar aos sábados também… me julguem. Se eu pudesse, eu postaria pelo menos três textos por dia todos os dias, e a minha intenção é conseguir chegar neste nível aqui no blogue… mas vamos devagarinho… primeiro nas quintas e sábados, depois a gente vê mais dias beleza??? Combinadinho?

Segundo post de hoje, vamos falar de novo do Diabetes. Só que hoje vamos falar de uma coisa legal, uma curiosidade que a maioria das pessoas e a maioria dois diabéticos também não conhecem. Vcs por acaso sabem a história da insulina? Bom, a insulina é um hormônio que nosso corpo produz e ele serve para transformar tudo o que comemos em energia para as nossas células funcionarem… Mas, como foi descoberta a insulina?

Em 1921… ou seja, não tem nem cem anos isso… os médicos e pesquisadores canadenses Frederick Grant Banting e Charles Herbert Best trabalhando no laboratório do Professor de fisiologia e médico escocês John J. R. MacLeod e auxiliados pelo bioquímico James Collip na Universidade de Toronto descobriram a insulina. Os experimentos desses médicos e da equipe tratavam de conseguir isolar a insulina que é a enzima produzida pelo nosso pâncreas. Assim que eles conseguiram isolar a insulina eles começaram a fazer experimentos com cachorros. Diante de resultados encorajadores em 1922 eles começaram a fazer experimentos em humanos.

O primeiro paciente a receber a enzima pancreática isolada se chamava Leonard Thompson, ele tinha 14 anos de idade e estava em estado crítico entre a vida e a morte. Lembrando que até então não existia tratamento nenhum para o diabetes… antes desta descoberta deles, uma vez que seu pâncreas parava de funcionar, vc morria. Logo de cara eles não obtiveram resultados muito bons… mas depois quando purificaram ainda mais a enzima e injetaram-na pela segunda vez no paciente ele respondeu positivamente ao tratamento.

A primeira insulina criada foi a insulina regular, que é aquela insulina que tem um efeito mais rápido no organismo. O que tornava o tratamento bastante complicado porque eram necessárias várias doses do hormônio para que o paciente pudesse controlar os níveis de açúcar. A insulina NPH, de ação prolongada, que possibilitava ao paciente uma quantidade menor de injeções só veio surgir entre as décadas de 1930 e 1940. Hoje em dia existem diversos tipos de insulina, e as pesquisas na área continuam… há bem pouco tempo foi criada a insulina inalável (que foi recém aprovada pela Anvisa) de ação ultra rápida… mas é sempre bom lembrar que começamos não tendo nenhuma.

Graças à esta descoberta, Frederick Banting e John James Richard Mcleod ganharam o Prêmio Nobel de Fisiologia ou medicina. Seus parceiros na descoberta James Collip e Charles Herbert Best foram meio que ignorados pela galera que elege lá quem vai ser premiado. Mas John James Richard Mcleod resolveu dividir sua metade do prêmio com Collip enquanto Banting dividiu sua metade com Best. Aparentemente grana não era importante para eles porque todos eles concordaram em vender a patente da insulina para a Universidade de Toronto por 1 dólar pois acharam que seria muito mais importante possibilitar o acesso ao medicamento aos diabéticos que ganharem grana com a sua descoberta.

Infelizmente este gesto dos pesquisadores facilitou mas não universalizou o acesso de diabéticos à insulina… tem muita gente mundo afora… aliás nem precisa ir tão longe, tem muita gente aqui no Brasil mesmo, que não tem acesso à insulina… acesso ao tratamento para o diabetes, não é mole não galera.   

Vou terminando este post por aqui, ficou bem maior que eu esperava e olha que eu resumi bastante… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao

Tecnologia: Smartwatch Amazfit Verge

20190822_110739.jpg

Fala terráqueos como vão vcs??? Eu tô legal… Sabadão, vcs estão de boas em casa? Ou estão trabalhando… tem gente que trabalha aos sábados, eu já trabalhei bastante aos sábados nos meus primeiros anos na Prefeitura, agora meus finais de semana me pertencem… pelo menos a grande maioria deles. Enquanto vcs estão lendo este texto… se for antes das nove da manhã eu devo estar dormindo hahahaha se for depois eu devo estar tomando café ou lavando roupa… depende da hora que vc for ler isto.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar… no texto de hoje… vamos falar hoje de tecnologia. Fazia um tempo já que eu estava super afim de comprar para mim um relógio inteligente. Mas eu sempre esbarrava em dois problemas, primeiro… os preços muito altos e segundo… várias empresas começaram a lançar vários modelos, para competir com as grandes Samsung e Apple e aí a gente que é nerd fica naquela dúvida cruel… qual modelo seria mais legal para mim?

Felizmente, tecnologia é assim, com o passar do tempo ela deixa de ser novidade, e os preços caem. E depois de muito pesquisar eu escolhi pegar meu primeiro smartwatch da Xiaomi. A Xiaomi é uma empresa chinesa que atua em várias áreas da tecnologia, e ela lançou vários modelos de relógios inteligentes… e dentre os vários modelos que eles produzem eu escolhi comprar o Amazfit Verge. Primeiro porque eu achei ele bonito, segundo porque eu vi que ele tinha várias funcionalidades que eu achei que seriam úteis para mim para o meu uso. E o preço foi ideal pois eu não paguei nada por ele eu ganhei de presente de aniversário. Mas vc pode encontrar este modelo pela internet entre 400 e 1200 reais.

Isso aliás é uma coisa que vc tem que ter bem em mente na hora de comprar um smartwatch… vc tem que escolher direitinho qual modelo é mais adequado para vc. Porque são muitos modelos, muitas funções diferentes, o melhor eletrônico é sempre aquele que se adapta melhor à vc e ao que vc precisa extrair dele.

20190823_184817

Eu tô com ele desde Agosto do ano passado… então já tive bastante tempo para testar diversas funcionalidades do bichinho… Vcs podem ver algumas fotos que eu tirei dele no dia que ele chegou e nos meus primeiros dias de uso. Vamos falar um pouco das características do relógio. Ele tem um visual bem esportivo, ele não é grandalhão nem pesado, ele é bem leve na verdade… mas ele não passa a impressão de ser frágil. Ele tem uma tela de Amoled de 1,3 polegadas que tem proteção Gorila Glass 3, e a a imagem da tela é bem bonita vc consegue ver tem controle de iluminação e vc consegue ver bem a tela mesmo debaixo do sol forte. E ele tem na internet diversas watchfaces para vc fazer download e personalizar o visor do seu relógio e deixar ele com a sua cara.

O relógio tem apenas um botão lateral que ativa diversas funções. A pulseira dele é de borracha e o encaixe é padrão então de fácil reposição. Ele tem também um sensor na parte traseira dele que faz a leitura dos batimentos cardíacos que até que mede bem, não é tão preciso quanto de outros relógios e pulseiras fits que eu já utilizei, mas até que é bem bacana. E ele tem diversos sensores além desse… mas ao que parece eles não estão ativos na versão que vem para o Brasil por hora… mas pode ser que eles sejam ativados numa atualização futura… como por exemplo os controles por voz para vc controlar o Google Home ou o Alexa da Amazon.

Logo de cara uma das coisas que eu mais gostei dele foi a bateria. Primeira semana que eu usei ele, num uso assim comum… usando ele como relógio, contador de passos, despertador e monitor de sono, a bateria do bichinho durou sete dias! Pra quem como eu está acostumada a ter que carregar o celular todos os dias, sete dias… Ele tem outras funções… como monitor de atividades físicas e ele tem disponíveis cerca de seis ou sete atividades como corrida, caminhada, esteira, elíptico, bicicleta, etc… E se vc utilizar essas funções claro a bateria dura bem menos tempo… mas ainda assim, fazendo uma hora ou duas de academia nos dias da semana a bateria durou de boa o dia todo sem me deixar na mão.

Ahhh e importante… para quem gosta de praticar natação, talvez este não seja o relógio mais adequado porque ele tem proteção contra respingos de água e poeira mas ele não é à prova d’água. O fabricante não recomenda que vc tome banho, ou que vc mergulhe com o relógio. Por conseguinte, entrar na piscina com ele… melhor não. Outra crítica das funções dele é que a parte de corrida dele não tem um monitoramento completo… ele monitora bem a distância, a velocidade, o trajeto, mas se vc é um corredor profissional talvez as informações fornecidas não sejam tão completas… existem outros relógios com opções melhores. Mas se vc é um corredor amador que gosta de fazer um treino aeróbico de vez em quando tá de bom tamanho.

20190823_184743

Outra função smart que o relógio tem é que ele tem conexão wifi e bluetooth. Vc pode conectar ele diretamente no seu roteador para fazer atualizações de sistema, vc pode conectar no seu celular e utilizá-lo como controlador de música para as músicas armazenadas no seu celular ou ainda do Spotify ou vc pode ainda armazenar músicas na memória do relógio (são 4GB de memória interna – desses 2GB vc pode usar para armazenar suas músicas, ou mesmo podcasts), conectar um fone bluetooth direto no telefone e ouvir as músicas direito do relógio, sem ter que estar necessariamente com o seu celular por perto.

Ele tem também um microfone embutido então vc pode fazer e receber ligações com ele mas ele tem que estar conectado ao seu celular. E o microfone dele não é uma das melhores coisas do mundo mas quebra o galho numa emergência. Eu deixei esta função desativada no meu relógio porque eu faço e recebo muito poucas ligações. E é uma tarefa que come bateria para caramba também.

Outra coisa que consome bastante bateria do fone é a própria tela do relógio, que é de ótima qualidade. Ele não tem a opção ‘always on’ então a tela geralmente fica desligada e vc pode configurar ela para ativar com o movimento do pulso ou para ativar apenas quando vc apertar o botão. Na segunda opção vai economizar ainda mais bateria. Ele também te dá a opção de vc desativar a tela durante algumas horas do dia… o que é bacana para a hora que vc estiver dormindo, ele não vai te incomodar com mensagens e nem vai ativar a tela dele no meio da noite e jogar luz na sua cara.

20190823_184846

Ele também tem opções para o relógio te notificar toda a vez que vc receber uma mensagem do Whatsapp… Não dá para vc ler as mensagens completas nem responder a elas, mas vc fica sabendo que recebeu uma mensagem e vc pode decidir se é importante responder aquilo na hora ou deixar para mais tarde. Como eu recebo muitas mensagens o dia todo eu também deixei essa opção desativada no meu relógio para economizar a bateria…

Uma das coisas que eu mais queria no entanto era poder utilizar o relógio para monitorar a minha glicemia, e parece que é possível, mas tem que fazer a maior ginástica para instalar o app e fazer rodar no relógio e parece que o app que habilita esta função não é aprovado pela Xiaomi então vc corre o risco de ‘estragar’ o relógio e/ou de não rodar corretamente então por hora eu desisti de tentar usar isto. Pelo menos enquanto o relógio estiver na garantia. Depois, talvez eu tente hahahaha. Uma coisa bem bacana que ele tem é a análise de tempo de sono, e eu descobri usando o relógio que eu realmente não durmo muito profundamente, mesmo que eu durma oito horas por dia, dessas oito horas apenas no máximo duas horas são de sono profundo. O que explica pra caramba eu estar muitas manhãs cansada para um caramba.

Assim  galera, análises finais, eu tô curtindo muito o relógio, foi um dos presentes mais legais que eu ganhei nos últimos tempos. E ainda bem que eu ganhei porque por mais que eu curta gadgets tecnológicos último ano não tive muita grana para comprar muita coisa, espero que esse ano as coisas sejam diferentes. Tenho que deixar bem claro que ele de forma nenhuma se compara com os topo de linha como os da Apple e os da Galaxy… entretanto não é a intenção do Amazfit Verge competir com esses relógios que são praticamente micro computadores… alguns deles funcionando autonomamente sem auxílio dos celulares. O mercado do Amazfit Verge é um mercado para relógios intermediários, que tem várias funções interessantes para os usuários a preços bastante acessíveis. Então… se vcs estão pensando em adquirir um gadget desses… fica  a dica do Amazfit Verge para vcs.

Vou terminando este post por aqui… Espero que vcs tenham curtido o texto de hoje. Caso tenham gostado, deixem um comentário. Bora interagir. Se vc tem um blogue também deixe aí o seu link para eu conhecer seu trabalho. É sempre bacana conhecer o trabalho de outros escritores e fazer novos amigos. E eu acho que é isso aí, amanhã como sempre estaremos de volta com mais uma postagem.

Abraços, Shao