Precisamos falar sobra a Greve Geral de 28/04/17…

greve

Fala galera, beleza? Precisamos falar sobre a “Greve Geral” que aconteceu ontem e que foi convocada pelos Sindicatos e pela CUT e como esses movimentos são políticos e não populares… Antes de mais nada vamos deixar claro duas coisas, primeiro… eu sou funcionária pública municipal. Enquanto eu estou no meu horário de trabalho eu represento o município, enquanto eu estou lá na minha querida Praça de Atendimento da Prefeitura Regional do Aricanduva se alguém perguntar a minha opinião particular sobre política, sobre o atual governo, sobre este ou aquele vereador… vai ter a mesma resposta “Eu não posso expressar minha opinião particular senhor/senhora”.

Porque eu naquele momentos, estou representando o município e eu não devo tomar partido. Eu não posso elogiar nem depreciar quaisquer políticos, quaisquer visões ideológicas. Eu tenho que atender os munícipes de São Paulo da melhor forma possível independentemente de qual ideologia esteja no poder. Meu atendimento não muda quando muda o partido que está no poder quando muda o prefeito. Minhas condições de trabalho podem sim mudar, podem melhorar, podem piorar… e isso às vezes reflete no atendimento dos serviços prestados, o que eu não posso deixar mudar é a minha atitude no dia a dia do meu trabalho.

Outra coisa que eu quero deixar bem claro é que… fora do meu horário de trabalho, com meus amigos, meus familiares, naquela ‘conversa de bar’ eu posso expressar a minha opinião livremente. Entretanto a internet não é exatamente uma extensão da nossa ‘conversa de bar’ apesar de eu estar escrevendo este post no Sábado, na minha folga, na minha casa, com a Internet que eu pago com meu salário… Eu não sou idiota de pensar que eu tenho toda a liberdade do mundo para publicar aqui livremente a minha opinião sem sofrer consequências…

Assim sendo, eu vou dizer que eu já deixei bem claro aqui neste blogue, diversas vezes, minha posição política… mas eu vou repetir aqui para deixar bem claro também… esquerda e direita no país são igual a Coca Cola e Pepsi. Eles se alternam no poder e são tudo a mesma coisa. Nada muda! Enquanto os apoiadores de esquerda e direita se digladiam nas redes sociais como torcedores de futebol, eles enchem os bolsos com o nosso dinheiro e riem das nossas caras e cada vez aumentam mais os nossos impostos e diminuem a qualidade dos serviços públicos para poderem ganhar mais dinheiro ilicitamente… e por aí vamos!

Então… vamos falar agora da “Greve Geral” que tivemos ontem. Há pouco tempo tivemos uma paralisação… apoiada pelo pessoal de direita… pelo “MBL – Movimento Brasil Livre”. Foi um movimento que causou o maior transtorno nas vias… eu demorei uma hora e meia para chegar no trabalho, de carro, fazendo o mesmo caminho que eu faço geralmente em vinte minutos. E quando eu cheguei no trabalho um monte de gente não tinha conseguido chegar no trabalho… daí o prefeito avisa que quem não conseguiu chegar no trabalho poderia compensar o dia… não ia ser descontado nem nada.

Eu achei bacana da parte dele. Até mesmo porque ninguém que eu conheço foi fazer passeada lá com o MBL nem nada, galera ficou em casa porque realmente não conseguiu ir trabalhar. Quem conseguiu foi na sofrência como eu.  Meu amigo quase sofreu arrastão na estrada porque bandidos aproveitaram  o congestionamento para fazer arrastão nos motoristas…Se bem que, poder compensar nem é tanta bondade dele… ele só tá dizendo, olha vc não conseguiu vir nesse dia, vc pode ficar a mais nos dias seguintes para eu não descontar o dia de vc okay? O que nem é injusto, afinal de contas a gente é pago pelo que trabalhou né?

Aí passa um tempinho, os movimentos opositores… de esquerda, querem protestar contra a reforma das leis trabalhistas que o presidente Temer está votando esta semana lá em Brasília. E vai parar a cidade novamente, vai ser aquele inferno todo de novo. Eu já penso… para mim vai ser um dia terrível porque… último dia útil do mês… geralmente é um dia que a prefeitura fica lotada… agora imagina com toda a agitação das manifestações. Mas isso nem é a questão do post…

A questão é… o mesmo prefeito que garantiu que a gente podia compensar no outro dia, neste ele diz que quem não for trabalhar, vai ter o ponto descontado. Depois ele posta um vídeo elogioso aos funcionários da prefeitura e anuncia uma parceria com o Uber e com o 99 Táxi para levar a galera gratuitamente para ir ao trabalho no dia da greve. Da mesma forma, quando ele não era prefeito ainda, ele apoiou a ‘greve geral’ contra o Governo Dilma lá… antes do Impeachment da Presidente que é membro do PT. E de novo… duvido que o pessoal fosse participar das manifestações.E eu nem estou criticando o Dória, eu estou apenas questionando as motivações dele… são motivações partidárias não são? Eu podia inclusive fazer os mesmíssimos comentários, as mesmíssimas observações sobre o ex-prefeito Haddad que é de esquerda…

E pouco depois de anunciar que ia cortar o ponto de todos os funcionários que não fossem trabalhar o mesmo prefeito anunciou um ‘acordo’ ou whatever com duas empresas de transporte particular a 99 Táxi e a Uber (que se eu não me engano são dos mesmos donos) e ele afirmou que os funcionários poderiam se cadastrar nessas empresas e que iriam poder ir trabalhar sem pagar nada. Mas claro que não deu certo… porque tem gente que mora na casa do caramba, as empresas viram que iam ter um prejuizo enorme e deram para trás… limitando o horário que poderia ser usado esse ‘benefício’ de araque e limitando a vinte reais que era já um desconto que eles estacam dando para todo mundo na cidade que decidisse usar os apps no dia da greve.

E para deixar a situação ainda mais embaraçosa para a atual administração pública da cidade um dos Prefeitos Regionais, mais especificamente o Prefeito Regional do Ipiranga… postou um vídeo no Instagram dele, com os funcionários da manutenção falando que os funcionários iam dormir na Prefeitura Regional, de livre e espontânea vontade porque eles moravam muito longe, que ali todo mundo trabalhava e blablabla… ficou feio pra caramba gente. Pegou mal… muito mal… a cara dos funcionários, senhores idosos, iam dormir onde? Em que colchão? Naquele frio… o cara quis fazer bonito, puxar bonito o saco do prefeito e ficou feio pra caramba.

Agora o que eu penso de verdade… eu acho que há aí um incentivo velado para a galera participar das passeatas do MBL e não participar das passeatas da CUT. Pode ser que eu esteja enganada… mas infelizmente eu acho que não estou enganada. O que acontece ultimamente é bem simples, ultimamente todos esses movimentos, essas passeatas, essas paralisações são, políticas, não são populares… esquerda, e direita pegam o que está acontecendo no país e jogam nas redes sociais e convocam as pessoas a participarem para utilizar esse povo todo como massa de manobra, não para conseguir alguma coisa nem para lutar contra injustiças ou a favor de direitos e sim para alfinetar e fazer a guerrinha teatral deles.

Guerrinha entre a esquerda (mortadelas) vs a direita (coxinhas) e no meio das batalhas dos salgados. Ficamos nós que sempre torcemos para que o próximo governo, seja de esquerda seja de direita, façam coisas boas pela população, governem direitinho e sejam honestos. Eu sou idealista… me julguem! Eu sempre espero pelo melhor das pessoas, mesmo quando essas pessoas são políticas.

E como idealista eu adoraria ver uma paralisação de verdade, uma Guerra Geral de verdade todas as categorias, todas as pessoas paralisando tudo e protestando contra os abusos governamentais. Como aconteceu em diversos países na Europa. Infelizmente o brasileiro trata política como futebol não existe união suficiente, nacionalismo suficiente. Mas ainda somos uma nação jovem, quem sabe um dia…

Eu sempre questiono as convocações desses movimentos para passeatas e greves. Eu sempre questiono os reais interesses por trás dessas convocações, e muitas vezes por isso não participo mesmo dessas passeatas desses movimentos é tudo muito direcionado. É tudo ilusão e cirquinho de um e de outro lado. Eu fui trabalhar em ambas as manifestações… porque eu não sou a favor de direita nem de esquerda, e nem sou contra a direita e a esquerda, eu sou a favor do país. E eu não vejo nem um nem outro lado lutando pra melhorar minha nação. O que EU posso fazer para melhorar meu país? Ir trabalhar, pagar minhas contas em dia, pagar meus impostos (mesmo sendo um estupro esses impostos porque vc não vê retorno da grana que vc paga) em dia, não cometer as pequenas corrupções no dia a dia… se eu não tenho grana pra pagar o absurdo da TV a Cabo, eu não tenho e ponto, eu não vou fazer um gato ou dar uma graninha pro cara da instalação fazer um ‘gato legal’ pra mim, e mais nada…É só o que eu posso fazer pelo meu país no meu dia a dia, procurar ser honesta e trabalhar duro.

Se vai ter resultado… não sei… talvez não… talvez a lei mude mais vezes e eu tenha que trabalhar a vida toda, sem jamais ter direito de me aposentar. Talvez eu morra antes de conseguir me aposentar, como a minha mãe aliás. Que faleceu faltando um mês para ela ter direito de se aposentar. Talvez eu seja esperta e faça uma previdência privada… não sei. Mas eu vou poder todos os dias deitar a minha cabeça no meu travesseiro com a minha consciência tranquila e isso é o que me basta.

Ahhh Shao, mas vc está indo trabalhar para não ser descontada e mimimi… claro que sim. Eu sou responsável pelo meu lar, pelas minhas contas, eu sou responsável pelos meus atos… eu não sou conivente com coisa errada e se eu vejo coisas erradas, interesses escusos nessas manifestações que surgem… eu não quero ter nada a ver com elas… nem direita nem esquerda nem nada. O Brasil a cada dia que passa é mais e mais uma Pátria sem pai nem mãe nem filhos e nem nada. Eu espero sinceramente, do fundo do coração que não aconteça conosco o que está acontecendo na Venezuela por exemplo. É este o destino que politicos corruptos levam um país… desespero, fome… desesperança…

E eu vi um monte de gente de esquerda e de direita expressando suas opiniões nas redes sociais. Opiniões opostas. Eu vi gente dizendo: Ahhhh mas esses vândalos estão quebrando tudo e blablabla… e outros respondendo. Ahhhh e vcs queriam greve sem incomodar e sem quebrar nada? E uns… ahhhh na França sim que era greve geral de verdade, daí os outros respondiam postando fotos das badernas na França.

Tudo o que eu escrevi agora é a minha opinião e vc que está lendo pode ter uma opinião contrária. É seu direito concordar ou não comigo. Esta é a minha por hora, pode ser que mais adiante eu mude… que minhas opiniões evoluam para algo diferente… mas por hora é isso.

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Falsidade

oh-que-formosa-aparencia-tem-a-falsidade

Fala galera beleza? Espero que vcs estejam bem, espero que esteja tudo legal com vcs, eu como sempre estou morrendo de sono, de cansaço, me perguntando porque diabos eu resolvi fazer pós graduação e jurando para mim mesma que é a última vez que eu me meto a balão de estudar a nível universitário. Chega… eu acho que já estudei demais na vida. Eu quero poder sair do trabalho, ir para a academia depois chegar em casa e não ter que estudar mais nada…

Mudando de assunto, mas nem tanto… eu não tenho trabalhado muito nos textos aqui do blogue. Em primeiro lugar porque eu estou com bastantes textos agendados com antecedência, eu tenho mais de trinta posts agendados então não é necessária tanta pressa em escrever. Em segundo lugar porque eu estou cansada e quando eu tenho um tempinho Eu preciso escrever uns quatro ou cinco posts hoje para  poder ficar essa semana toda completamente sossegada com os posts e só precisar voltar a escrever semana que vem. Não tô tendo tempo quando eu chego em casa à noite, mas o movimento está acalmando no trabalho, eu vou rascunhando o texto aqui no bloco de notas enquanto não tem ninguém para eu atender.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar. Eu queria falar de Falsidade… Ai Shao, venenosa, vai falar das Falsianes. Vou nada… hahahahaha. Mas fiquem por aí, pode ser que seja interessante. Hoje em dia a gente tem mais contato com as pessoas pelas Redes Sociais que pessoalmente. Cada vez mais o mundo moderno acelera, novas tecnologias aparecem e cada vez mais nós estamos na corrida dos ratos, correndo atrás de trabalhar, pagar as contas ir ao médico, malhar, ficar fitness… a gente mal tem tempo para nós mesmos, não temos tempo para nossa família, para nossos amigos…

Eu estava lendo uma reportagem esses dias sobre discussões de família, de grupos de amigos e coisa e tal que foram parar na esfera judiciária. Viraram processos… porque né? Seres humanos!!! É difícil lidar! A tecnologia e as redes sociais servem para aproximar as pessoas é bem verdade mas… Também serve para aumentar a contenda entre as mesmas pessoas. Eu já tive vários desentendimentos e alterações online. Com amigos (que agora são ex-amigos por óbvio) com familiares (infelizmente não dá pra ser ex-parente hahahaha).

E isso acontece por quê? Porque tem muita gente sem noção no mundo gente. Nós mesmos somos sem noção de vez em quando, uns mais outros menos… anyway. E todo mundo tem direito a ficar irritado com alguém. Irritado com a gente e tem direito de reclamar, fazer textão no Facebook. Falar mal de vc pra outras pessoas… a verdade é que às vezes as pessoas faz algumas coisas e vc tem aquela reação visceral… Ahhh meu Deus, como ela pode???!! A verdade é que as pessoas podem tudo gente… não se surpreenda com isso… crie cabras mas não crie este tipo de expectativas em relação às outras pessoas. Infelizmente não dá sempre para manter a paz com todos… como dizia Martinho Lutero… “A paz, se possível, a verdade a todo custo.”

É um pensamento radical… sim, mas é real. Eu já fui chamada de falsa, de fresca, de metida, de arrogante e outras coisas mais na vida. Tanto no mundo real quanto no virtual. Mas gente… os verdadeiros falsos são aqueles que são os amigos de todos, aqueles que não desagradam ninguém. Quem tá sempre fazendo a social com todo mundo, e escolhe as palavras para estar sempre de bem com todo mundo. É amigo de gregos e troianos…

Como diz a frase de Shakespeare lá no começo do post… o falso ostenta a formosura das aparências.  É engraçado que, a grande parte das inimizades que eu fiz online especialmente, foi porque eu meio que fiquei se saco, sem paciência com a falta de tato ou falta de noção da pessoa. Sabe aquele dia que vc acordou de TPM, de mau humor… e um comentário te atingiu meio atravessado e vc pensou. Quer saber, foda-se essa pessoa e vc bloqueou ou discutiu ou whatever. Ou então a pessoa estava sempre agindo de forma grosseira e vc cansou de tentar ser educada e… foda-se essa pessoa.

E mais engraçado ainda porque esse mundo online é um mundo falso. Não é um mundo de verdade. E quando uma pessoa te acusa de ser falso com ele/ela online. Geralmente eu morro de vontade de rir loucamente porque… gente, nessas redes sociais, tudo é falso. É um Matrix gente, é uma emulação das relações reais. Ser acusado de ser falso é muito cômico…

Uma coisa que aconteceu comigo, deixa eu contar pra vcs… Eu postei um vídeo, numa rede social, não lembro qual… acho que foi no Facebook… De uma velhinha atravessando a rua numa avenida movimentada na China, e vem um cara, para o carro e ajuda uma senhorinha a atravessar a rua. Eu republiquei aquela postagem com um comentário tipo “ahhh ainda tem gente boa no mundo” então uma pessoa da minha família fez o mesmo republicou mas comentando “é fácil vc achar as outras pessoas boas e não fazer a mesma coisa dentro da sua própria família e blábláblá… como tinha gente falsa no mundo e mimimi…”

Quer dizer, tem gente que acha que porque vc achou uma atitude de uma pessoa bonita, mas não fez a mesma coisa (para ela… veja bem… se vc tivesse feito para outra pessoa a reação seria igualmente depreciativa) vc é falso.

A maioria se sente mais livre no mundo online, a distância física dá mais coragem às pessoas e falam mais, te ofendem com mais facilidade… Raridade é encontrar uma pessoa que fala as coisas que pensa sobre vc olhando nos seus olhos. As facilidades tecnológicas, as relações mais via redes sociais que pessoalmente deixaram as pessoas mais esquivas, mais hesitantes na hora de falar cara a cara, especialmente quando o que tem que ser dito é algo muito raro.

Eu tenho me preocupado muito, e tentado diminuir essa minha atitude de ‘falar na cara’ eu já quebrei muito a cara sendo honesta. Tem gente que como eu disse, não quer de verdade ouvir o que vc pensa. A pessoa não está preparada. Ou a sua verdade (que não é a verdade universal, tenha isso em mente) não é a verdade da pessoa, não se aplica ao universo daquela pessoa. Eu tenho procurado dosar as coisas e tenho tentado não impor meu ponto de vista às pessoas.

Ás vezes o melhor que um amigo pode fazer é ouvir, deixar o amigo desabafar, deixar ele quebrar a cara e estar lá presente para ajudar a recolher os cacos. Melhor jeito de a gente aprender alguma coisa às vezes é quebrando a cara… e eu falo por experiência própria.

Vou terminando este post por aqui, porque hoje eu tirei o dia para editar textos do novo livro. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Filme – Ben-Hur (1959)

bemhur

Fala galera beleza? Estou adiantada para caramba aqui nas postagens, estou com exatamente 33 posts agendados contando com este aqui que eu estou escrevendo. Portanto eu nem ia escrever nada, eu tinha que estar estudando, fazendo as legendas dos vídeos pro meu TCC mas mano, essa semana foi longa e cansativa para um caramba. Este post está sendo escrito numa sexta-feira entretanto vcs devem estar lendo ele na quinta… que é o dia que ele vai ser publicado.

Sério, eu estava tão cansada que ontem eu cheguei em casa do médico e pensei, velho, graças a Deus que é sexta entretanto era quinta ainda… aí eu fiquei deprimida porque eu ainda tinha mais um dia para ir trabalhar e ir para a academia e estudar e coisa e tal… eu fiquei deprimida porque eu estava muito, muito, muito cansada. Eu ainda estou hoje. Tanto que hoje, a Prefeitura fechou mais cedo… fechou meio dia então eu trabalhei meio período apenas… porque ia ter dedetização.

E eu cheguei em casa cedo pra caramba… meio dia e meia e daí eu fui almoçar e eu pensei… vou almoçar e vou estudar. Velho… não deu… me deu um sono, mais um sono… Eu encostei na cadeira para estudar e peguei no sono, aí eu desisti e fui dormir. Apaguei e dormi umas quatro horas, acordei porque o relógio despertou e eu tive que jantar porque senão eu ia ter hipoglicemia, mas eu ainda tô morrendo de sono, mas morrendo mesmo…

Mas eu nem queria falar disso tudo neste post, hoje eu queria falar de um dos meus filmes favoritos ever. Se preparem porque o post promete ser tão longo quanto o filme… Eu já falei para vc que meus filme favoritos geralmente são filmes antigos. E geralmente são filmes que eu assistia quando eu era criança, nas festas de final de ano nas reuniões de família. Quer dizer, os filmes são muito bons mas além deles serem muito bons eles trazem, para mim pelo menos, um certo quê de nostalgia. Porque claro, eles remetem há tempos (que a gente na nossa memória seletiva acha que eram…) mais felizes.

Mas, de qualquer forma isso também não vem ao caso. O que vem ao caso é que o filme é muito, muito bom. Vcs já viram a imagem, vcs já leram o título do post então vcs sabem de qual filme eu estou falando. Um dos maiores vencedores do Oscar de todos os tempos, o clássico “Ben-Hur”. Como é um filme bem antigo eu vou contar a história … é de 1959 amigos se vcs AINDA não viram eu sinto muito hahahahaha, isso nem pode mais ser chamado de spoiler, por que né? Quem nasceu em 1939 já tem 58 anos de idade.

A história é mais ou menos assim: Toda a terra dos hebreus e grande parte do mundo conhecido está sob o domínio de Roma. E o judeu Judá Ben-Hur que era um príncipe em sua terra antes da invasão romana, em uma caçada pelas montanhas salva a vida de um jovem romano chamado Messala. Daí eles forjam uma grande amizade que segue por muitos anos até que ao chegar a certa idade o jovem Messala é mandado pelo pai para sua terra natal em Roma, chegando lá ele se apaixona por Roma e pela sua cultura e se torna um soldado.

E depois de muito tempo lutando por Roma, conquistando territórios ele retorna à Judeia para comandar a guarnição da cidade como Tribuno. Quando ele chega, o amigo Judá o recebe de braços abertos. Mas o Messala que Judá conhecia já não existe mais, ele foi mudado, corrompido por Roma. Então ele tenta usar a amizade de Judá para conseguir informações dele sobre os judeus que estão se organizando para atacar o controle de Roma sobre sua terra… para conquistar de volta sua liberdade e quando Judá se nega a dar informações e nomes a Messala ele se declara inimigo de Judá e de sua família, se vc não está do meu lado está contra mim… ele diz.

Alguns dias depois o novo Governador da Judeia, Pôncio Pilatos chega à cidade e as tropas de Messala vão recepcioná-lo. No caminho para o palácio eles passam em frente à casa da família de Judá e a irmã de Judá, uma moça tímida chamada Tirsa (que sempre teve uma paixonite pelo Messala, diga-se de passagem) está no telhado vendo a comitiva passar, quando ela se apoia numa telha solta, que cai bem na cabeça do Governador.

Aí é o maior furdúncio, os guardas invadem a casa da família e prendem todo mundo. Judá implora para que Messala diga aos seus homens que eles não fizeram nada, que a telha estava solta. Mas o corrompido Messala vê a chance que ele precisava para controlar as revoltas na Judeia, ele condena o amigo às galés e a mãe e a irmã dele à prisão perpétua. Ele acha que se ele punir com veemência uma pessoa que era seu amigo, os inimigos o temerão mais ainda.

Judá é levado acorrentado pela sua cidade, quando ele está morrendo de sede, um homem, mesmo contra as ordens dos centuriões romanos, lhe dá água. E quando o centurião ameaça dar chicotadas no homem que ajudava Judá… vc telespectador percebe que aquele homem é ninguém mais ninguém menos que Jesus. Caso vcs não saibam o filme foi baseado num livro que foi publicado pela primeira vez em 1925 (UAU!!! – em pouco tempo esse livro terá mais de cem anos!!!). E o título original do livro é “Ben-Hur: A Tale of the Christ” (Se eu não me engano ele foi traduzido como “Ben-Hur: Uma história dos tempos de Cristo”.

Jesus é bem coadjuvante nesta história, a intenção é contar uma história que se passou simultaneamente à vida de Cristo, à sua crucificação e ao Nascimento do Cristianismo. O que a população daquele tempo passou. Graças ao copo de água que Jesus deu a Judá ele sobrevive e então é aí que começa a aventura épica de Judá Ben-Hur para voltar para casa, salvar sua família e se vingar de seu ex-amigo, agora inimigo mortal.

Judá passa anos (não lembro quantos anos agora) como escravo nas galés… remando os barcos de guerra romanos. Um dos comandantes da galé (galé é barco tá gente) em que ele está acorrentado se impressiona com o fato dele estar há tanto tempo vivo ainda. Porque o tempo de vida de um escravo nessas condições geralmente é bem curto. Então antes do combate ele dá ordens aos soldados para deixarem ele desacorrentado do remo. Porque durante a batalha os escravos são acorrentados ao remos para não fugirem na hora do desespero. E claro, se o navio afunda, vc acaba afundando com ele.

Durante a batalha o navio em que estão o comandante e Judá afunda… e na confusão Judá salva a vida do comandante. Dando uma completa virada na própria vida. O velho comandante Arrios o adota como filho e o leva com ele para Roma. Então ele vive durante alguns anos em Roma e se torna o campeão de corridas de charretes de lá. Ele tenta reiniciar a vida mas tudo o que ele consegue pensar é em se vingar. Ele se despede de seu pai adotivo e retorna triunfante para a Judeia.

No caminho entretanto ele conhece um árabe, criador de cavalos que está indo para a Judeia para competir na corrida de carruagens contra o invencível Messala e ele convida Judá a se juntar a ele para que juntos eles possam derrotar Messala. Mas Judá quer encontrar a mãe e a irmã. Ele volta pra casa e lá ele descobre que sua casa foi apropriada e destruída e que ninguém sabe da sua família. Então ele vai alar com Messala… cara a cara e ele dá um ultimato ao tribuno. Que ele encontre a mãe e a irmã dele…

Messala então manda um centurião procurar por elas e como desgraça pouca é bobagem, ele descobre que as duas estão leprosas. Elas então são liberadas e meio que expulsas da cidade para irem morar no vale dos leprosos. Antes de irem para o Vale entretanto elas avisam a moça Esther, que era apaixonada pelo Judá…Judá fica ferrado quando Messala fala pra ele que elas estão mortas então ele aceita o convite do árabe para correr contra o Messala… Ele corre e é a melhor parte do filme… ele é o mocinho e por isso ele vence. Na vitória também ele vê seu ex-amigo trucidado, Messala cai da carruagem e acaba sendo atropelado pelos cavalos de outra carruagem e vira quase uma carne moída humana. Judá depois de derrotar Messala decide que vai se unir aos judeus rebeldes e matar todos os romanos, para vingar a morte da família e livrar sua terra daquele povo.

Mas como vaso ruim não quebra Messala ainda não está morto… ainda vivo e em formato de carne moída ele manda chamar o Judá para falar as ultimas palavras pra ele… e no final ele acaba falando para o Judá que a mãe e a irmã dele estão vivas e no vale dos leprosos e então ele morre…

Ele então vai atrás dela e mesmo elas pedindo para ele não tocar nelas ele pega as duas, a Esther fala para ele de um Rabino chamado Jesus que ele cura as pessoas. Ele desesperado pega sua família e vai atrás de Jesus para ele curar as duas, sua irmã está muito doente e morrendo… mas… o que ele encontra é Jesus já subindo para o calvário carregando a cruz. E quando ele vê Jesus, Jesus cai na frente dele e ele o reconhece como o homem que lhe deu água quando ele era escravo. Ele acompanha a crucificação, sua mãe e irmãs também… e elas choram por Jesus e pedem a Deus que tenha misericórdia dele… e quando Jesus morre, começa a chover, e a chuva que cai cura mãe e filha da lepra.

E ao ver Jesus sendo crucificado e ainda pedindo para Deus perdoar seus assassinos, Judá desiste de guerrear contra Roma. Quando ele volta para casa para falar isso para Esther… ele encontra a mãe e a irmã curadas. E fim!!!

Image result for ben hur

É bem bacana esse filme, eu sei que o post tá longo para caramba, mas… assim… se vc ainda não viu vc tem que ver. O filme é bem longo. Se preparem pra mais de três horas de filme… Mas, vale muito muito a pena, é uma história linda. É um clássico do cinema, não é a toa que por muitos e muitos anos ele foi o filme que mais ganhou Oscars na história do cinema. Nenhum filme ganhou mais estatuetas que ele… Senhor dos Anéis igualou a marca mas não ultrapassou. É um puta filmaço, recomendo!!!

Vou terminando este post por aqui, já está imenso. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

A vida começa aos 40?

40

Fala galera, beleza? Eu bebi trezentos litros de café e ainda assim estou com sono… Mas isso é normal, se vcs leem meu blogue há muito tempo ou se vcs são meus amigos, me conhecem na vida real… vcs sabem que eu sou dorminhoca para caramba. Se bem que… de uns anos para cá… eu tenho dormido cada vez menos, eu tenho ido dormir cada vez mais cedo (comparado com o a hora que eu ia dormir antigamente, quando eu era jovem) e tenho acordado cada vez mais cedo também… minhas costas não me permitem mais ficar na cama por mais de sete ou oito horas.

Entretanto tem sempre aqueles dias que a gente tá acabada que tudo que a gente quer na vida é dormir… Hoje eu acordei assim, eu nem queria levantar da cama par air trabalhar, mas eu fui mesmo assim. E trabalhei o dia todo, dai como pegou fogo na lâmpada da cozinha eu tive que ir na casa de material para construção com meu irmão e comprar um bocal novo, voltar para casa e trocar o bocal e instalar a tranqueira toda antes de meu irmão ir para a faculdade. Deu certo, a gente apanhou um pouquinho da fiação mas conseguimos.

Daí eu tomei meu lanche da tarde e sentei no meu PC para estudar e… comecei a cochilar sentada assistindo as aulas. Então eu pensei, quer saber… foda-se dane-se eu vou dormir umas duas horinhas e depois eu levanto e estudo um pouco. Aí eu cochilei duas horas, depois eu acordei fui jantar e agora depois da janta eu tô aqui morrendo de sono ainda e morrendo de preguiça de estudar o que quer que seja. Eu vou escrever um pouquinho aqui no blogue e vou dormir cedo porque amanhã eu tenho que trabalhar novamente e tenho consulta com o médico. Então eu preciso descansar hoje. Meu organismo precisa de descanso.

Mas nem era disso que eu queria falar, como sempre, quer dizer, mais ou menos. Eu comecei a falar de idade e coisa e tal, o assunto é mais ou menos esse, como as coisas mudam na vida da gente, no nosso organismo como um todo, na nossa cabeça com a idade. Quando a gente é mais jovem a gente pensa… nossa, quarenta anos é coisa demais, eu vou estar velho quando eu tiver quarenta anos… Daí vc chega aos 40 e vc pensa… caraca eu tô velho, mas… mano eu não me sinto velho. Eu me sinto mais ou menos igual… eu sou mais ou menos a mesma pessoa que eu era quando eu tinha meus vinte, vinte e poucos anos.

Eu não tenho problema nenhum quanto a envelhecer. Eu conheço pessoa que tem terror de envelhecer. E não sei quem foi mas… tem aquela velha máxima que diz que “a vida começa aos 40” e eu ouvi pra caramba esse velho ditado o ano passado porque eu completei 40 anos. E então… vamos à pergunta que não quer calar… A vida começa realmente aos quarenta??? Não sei… eu não sinto realmente isso. Com quarenta anos eu sinto que percorri um caminho muito longo, não cheguei tão longe quanto eu gostaria ou quanto eu sonhei em alguns âmbitos da minha vida, mas cheguei o mais longe que eu pude. Enquanto que em outros âmbitos eu fui além do que eu jamais poderia imaginar.

Pode ser que sim, a gente comece uma nova fase aos 40 mas, não sinto como se estivesse começando, ou recomeçando nada… é uma continuidade. Muita coisa muda dos vinte aos quarenta obviamente. Mas raramente estamos começando do zero… temos toda a nossa história de vida, todo nosso aprendizado.

Mas de qualquer modo sempre tem aquele impacto né, tipo UAU!!! Quarenta anos!!! Mano eu estou velha!!! Sim, porque quando eu era criança e eu ouvia uma pessoa falar que tinha quarenta anos eu pensava, Jesus como essa pessoa é velha. Quarenta anos me parecia tanto, tanto tempo. E em alguns sentidos ainda me parece, às vezes eu olho para trás e penso, nossa quanto tempo se passou! Especialmente em dias como hoje que eu estou cansada para caramba. Mas às vezes vc olha para trás e pensa, nossa, parece que foi ontem que eu tinha 15 anos, brigando com os adultos para que eles deixassem de me considerar criança. Agora eu vejo a galera de 15 a 20 e poucos e penso… crianças!!!

Outra coisa que eu ouvia (e ouço ainda) minha vó falando era… ahhh ninguém dá ouvido para gente velha… E outra coisa que ela sempre falava era que… as pessoas tem medo de gente velha porque velho tem menos paciência que gente jovem, e fala logo o que vem à cabeça e as pessoas não querem ficar batendo boca com idoso porque pega mal. Qualquer pessoa que veja um jovem discutindo com um idoso vai sempre pensar… ahhh que rapaz/moça sem educação… tem que respeitar os mais velhos… Eu acho que quando a gente chega a uma certa idade a gente que perde a paciência com certas coisas, talvez porque parece que já não temos mais tanto tempo pela frente???

Eu não sei, de verdade de a vida começa aos quarenta mesmo, eu acho que chega uma hora que vc pensa, chega de fazer as coisas por obrigação. Eu quero fazer as coisas para mim, porque eu quero… E para tal, não precisa ser exatamente aos quarenta, pode ser bem antes, pode ser bem depois… pode ser hoje, amanhã. Pode ser o dia que vc decidir. Eu acho que a vida começa quando vc resolve começar a viver e deixa de se contentar em apenas existir.

Vou terminando este post por aqui, porque hoje eu tirei o dia para editar textos do novo livro. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Boomerang para Gmail

Boomerang-for-Gmail

Fala terráqueos, beleza? Eu tô bem… mas tô com sono. Eu sei que é terça-feira para vcs mas para mim é segunda. Porque eu estou escrevendo na segunda. E segunda é aquele dia depois do final de semana que vc acorda e pensa. Aff, eu tenho mesmo que acordar? Ai Jesus porque eu não sou rica! Eu podia muito bem poder acordar a hora que eu bem entendesse né? Infelizmente não é bem assim, eu tenho que trabalhar, eu tenho horários a cumprir.

E fora o sono eu estou cansada para caramba, eu acordei cedo, fui trabalhar, trabalhei o dia todo, peguei trânsito para ir e para voltar, fui pra academia, suei a camisa lá correndo, peguei trânsito de novo para voltar pra casa, dai cheguei em casa tomei um banho, tomei duas xícaras gigantes de café para conseguir ficar acordada, estudei pra concurso, estudei as matérias da pós graduação, este post mesmo eu fui escrevendo ele enquanto eu assistia as aulas do concurso.

Mas Shao, assim vc não presta atenção direito nas aulas. Presto sim… eu sou multitarefas. Eu tive que aprender a estudar enquanto fazia outra coisa nos anos em que eu tinha que ficar com um olho no caderno, outro nos meus irmãos para eles não aprontarem, não se machucarem e enquanto eu fazia as tarefas domésticas enquanto minha mãe trabalhava para colocar o pão na nossa mesa.

Pra vcs terem uma ideia eu consigo assistir aulas e anotar as coisas dormindo. É isso mesmo. É isso que cinco anos trabalhando doze horas por dia, mais faculdade de Direito à noite fazem com vc. Eu sentava na sala de aula meio dormindo meio acordada e assistia aulas e anotava tópicos dormindo… Foram cinco longos anos.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar, hoje o post de hoje é sobre nerdices. Eu estava lá, assistindo as aulas da pós graduação e a minha professora passou uma dica de uma extensão para navegador chamada “Boomerang”. Eu baixei, instalei e testei em três navegadores. O Firefox, o Opera e o Chrome (que são os três navegadores que eu mais uso em casa… necessariamente nesta ordem). Dizem os desenvolvedores que ele funciona também com o Safari, mas eu não testei… Essa extensão é especifica para usar com o Gmail. Se vc usa qualquer outro provedor de e-mail podem pular este post, voltem amanhã e teremos coisas legais para vcs.

E para quê serve esta extensão tia Shao? Serve para vc agendar envios de e-mails para mais tarde, e-mails periódicos que vc precisa mandar sempre… como relatórios de trabalho, agendamento de consultas, comunicados, malas diretas e tal… Por que eu que uso Gmail teria interesse em instalar isso no meu navegador? Bom, nem todo usuário do Gmail vai ter necessidade dessa extensão. Eu tenho porque tem uma série de e-mails que eu tenho que enviar constantemente.

Por exemplo, uma vez por mês eu tinha (não tenho mais Graças a Deus) que enviar a folha de ponto dos estagiários aqui da Prefeitura para a Secretaria responsável pela contratação da galera. Se eu não enviasse o pessoa não recebia o salário. Então era imperativo que todo primeiro dia útil do mês eu enviasse um e-mail com os anexos e tal tudo bonitinho. Agora, imagina se justo naquele dia eu tivesse um problema de saúde qualquer e fosse parar no hospital? (Como aconteceu diversas vezes porque eu vivo podre de doenças, gripes e afins). Na época, eu não conhecia essa extensãozinha. O que eu fiz… mesmo passando mal, doente, eu liguei pro trabalho, pedi pra menina me enviar o scam das folhas de ponto e eu mandei o e-mail pelo 4G do meu celular. Se na época eu tivesse conhecimento disso eu teria deixado já agendado com antecedência o e-mail e não teria que esquentar minha cabeça com isso.

Hoje em dia eu não tenho mais que fazer esse trabalho, mas eu tenho diversas consultas com médicos e agendamentos de exames que eu tenho que fazer todo o mês via e-mail. Eu pego a guia com o médico, daí eu tenho que scanear a guia enviar para o plano de saúde via e-mail para eles me enviarem uma autorização para eu anexar no pedido para poder passar na consulta, exame, whatever. E eu tenho que fazer isso sempre… e uma vez eu tive que remarcar a consulta porque eu simplesmente esqueci de mandar o dito cujo do e-mail. Com o Boomerang para Gmail isso (em tese – porque a tecnologia às vezes não funciona né?) não acontece mais.

Outra função que esta extensão tem é configurar o Boomerang para ‘esconder’ um e-mail de vc para ele não ficar sendo exibido na sua caixa de entrada ou em outra pasta… para deixar sua área de trabalho do Gmail mais ‘clean’ e em tese não ficar te atrapalhando. Para mim não tem muita utilidade, mas para quem usa seu Gmail para trabalho é uma função bem interessante sim.

Tem também a função combinada, agendar e lembrar. Para… por exemplo, vc agendou um email de trabalho para alguém e vc pode pedir ao Boomerang te lembrar para ‘cobrar’ uma resposta da pessoa daqui dois dias caso essa pessoa não tenha te respondido. Novamente, esta opção não é muito útil para mim… mas é bem bacana para quem trabalha com o Gmail.

Outra função bem bacana é rastrear o e-mail que vc agendou. Para saber se a pessoa recebeu, leu… coisa que programas como o Thunderbird e o Outlook fazem há muito tempo. E é bem bacana. Uma coisa interessante é que ele tem uma versão free… que vc tem um limite ara utilizar todas as funções citadas acima e tem a versão paga. Vc pode pagar mensalmente ou anualmente. Eu não vou colocar valores aqui porque… valores variam e o post pode ficar defasado. Entrem no site da Boomerang e pesquisem. Isso sem falar que eles tem diversos planos com diversas diferentes funcionalidades.

A instalação dele é bem simples, vc pode instalar pelo site do Boomerang mesmo, ou então vc pode entrar na loja de extensões do seu navegador e instalar a extensão por lá mesmo.  Assim que vc instala ele vai pedir umas autorizações. E depois vc pode usar de boa… a utilização é bem intuitiva. Ele não muda muito o layout do Gmail que vc conhece, ele apenas acrescenta um botãozinho  no seu escrever e-mail e um ícone na parte de cima do Gmail.

E é isso galera… vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

O que vc levaria para uma ilha deserta?

ilha deserta

Fala galera, espero que vcs estejam todos lindos maravilhosos, felizes e saudáveis. Eu disse que ia ficar uma semaninha sem escrever, que eu ia focar em fazer as legendas da pós que eu tenho que fazer, e eu já tenho 37 posts agendados com antecedência… mas… hoje eu acordei tarde e fui lavar roupa e fiquei com uma preguiça danada de estudar, de legendar, de whatever… então eu só assisti filmes e documentários na Netflix e naveguei na internet e lavei roupa… foi isso que eu fiz basicamente hoje. Amanhã a história é outra.

Mas eu nem vou enrolar muito no blábláblá de inicio de post porque nem era disso que eu queria falar aqui… Nós já sabemos disso Shao, já estamos acostumados com seus preâmbulos nonsense. Esses dias eu estava assistindo “Naufrago” com meu irmão… a gente se divertiu com o Tom Hanks e o Wilson (a bola de vôlei mais famosa do cinema) e a gente estava pensando… o que a gente levaria numa mala que poderia ser útil caso nosso avião caísse numa ilha deserta? Todo começo de ano

Shao… e se vc morresse na queda? E outra vc realmente acredita que vc ia achar a mala? No meio do caos e tragédia de um acidente aéreo??? Gente… não sejam chatos, vamos fazer de conta que o avião caiu, mas eu não morri, nem me machuquei seriamente e que eu achei minha mala ok? O que vc colocaria nessa mala, que seria útil para caramba numa ilha deserta para ajudar a sua sobrevivência??? Bora lá… vamos montar um kit de sobrevivência.

1) Uma faca: Daquelas que não perdem o corte sabe? Tipo aquelas facas Ginsu que cortam seu peixe e depois cortam um cano de ferro sem perder o fio jamais.

ginsu

2) Um Kit bem completo de primeiros socorros: Veja bem, não um kit básico, ou um kit qualquer, um kit bem completo. Para qualquer eventualidade, cortes, infecções… e doenças comuns a acidentados. Um kit assim com protetor solar, analgésico… essas coisas.

kit-de-primeiros-socorros

3) Um rolo bem grande de barbante, fitilho ou linha de pesca: e uma agulha de sapateiro… com isso vc poderia por exemplo fazer uma rede, para pescar sua comida.

dourado250g_3_1

4) Um isqueiro: Pessoal falou em fósforos, mas eu acho que o fósforo se a pólvora molhar fica meio inútil. Ou então vc pode levar também… uma lente daquelas de aumento e usar a luz do sol pra fazer uma fogueira…

isqueiro

5) Uma lanterna que recarregue com energia solar.

lanterna_solar_dd1

6) Um GPS: pra vc saber onde está, em que parte do mundo vc se perdeu da humanidade.De preferência também daqueles que funcionem via satélite e que use energia solar.

gps

7) Um sinalizador de fumaça pra pedir socorro.

Untitled-1

8) Um telefone via satélite: Também pra pedir socorro.

Número-Via-Satélite-Grátis-3

9) Uma bússola

DSC_0449

10) Um binóculo pra vc enxergar à distância e ver se um navio um avião alguma coisa  está se aproximando pra vc pedir socorro.

binoculo

11) Uma quantidade razoável de água potável e de comida, tipo aquelas que o exército ou os astronautas comem.Porque vc vai ter que pescar, caçar e procurar o que comer mas enquanto isso vc tem alguma coisinha pra vc não morrer de fome nos dois ou três primeiros dias.

12) Uma arma de fogo e alguma munição: Para defesa, e emergências… caçar alguma coisa.

DSCF0901

13) Roupas impermeáveis: Sabe daquelas tratadas com aqueles produtos químicos que deixa o tecido imune a lama e a água? Pelo menos dois pares de tudo… das meias até um chapéu pra se proteger do sol.

14) Um cobertor térmico.

12925339911

15) Um saco de dormir.

01-936x770

16) Um cantil pra vc armazenar água para quando vc encontrar água potável.

cantil

17) Uma bateria solar para recarregar seus aparelhos.

bateria

Então é isso galera, se o Náufrago tivesse uma mala com todas essas coisas aposto que a vida dele teria sido bem mais fácil do que foi no filme hahahahahahhaa.

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Eu sou azarada… e ponto!

16825862_10212708936898719_7952936684528960036_o

Fala galera beleza??? Como vão vcs??? Tá todo mundo legal? Espero que sim… finalmente, parece que o verão está chegando ao fim. Eu não aguentava mais tanto calor, como vcs sabem eu detesto calor… e amo frio. Pela primeira vez em meses eu tive uma noite satisfatória de sono. Por mim eu moraria numa cidade onde fosse inverno 365 dias por ano… Shao vc está exagerando. Provavelmente estou mesmo ahahahahaha. Mas, vcs estenderam o espírito da coisa né?

Este post em particular vai ser publicado num domingo mas eu estou escrevendo ele num sábado e sabadão é dia do quê??? De Pastel Shao! Não… é dia de dormir até mais tarde e de lavar roupa… Tô firma na dieta nada de pastel pra mim hoje… Acordei eram umas nove e meia e tomei um banho e já fui colocando a roupa na máquina de lavar, daí tomei meu café e vim aqui para o computador e vou ficar escrevendo aqui no blogue até terminar toda a roupa, assim que terminar eu vou enfiar a cara nos vídeos que eu tenho que legendar e vou embora até a hora de dormir e é isso que eu vou fazer hoje e mais nada…

Amanhã, domingo, eu não tenho planos de fazer nada. Quer dizer, não tenho planos de sair de casa… mas eu e o Carlos meu mano vamos testar uma receita de frango assado na cerveja e arroz de forno, aumentando meu repertório na cozinha… eu não tenho muita imaginação pra cozinhar, mas… a gente faz o que pode…

Mas como sempre nem era esse o assunto do post… então vamos pro tema. Eu já disse aqui mais de uma vez, eu sou azarada para caramba e quando eu falo essas coisas vcs pensam, ahhhh Shao vc tá exagerando. Não… não tô exagerando galera… e eu vou dar um exemplo para vcs só do que aconteceu de uns dois meses para cá comigo para vcs verem que não é brincadeira.

Nos últimos dois meses meu PC deu pau, duas vezes… da primeira vez eu tive que formatar, quase perco tudo que eu tinha na máquina, perdi efetivamente alguns programas que já não se encontram mais para baixar. Felizmente, coisas importantes como as fotos da minha mãe que eu ainda não tinha em nuvem (agora tá tudo na nuvem), filmes, séries e músicas, arquivos de trabalho, arquivos do Word, do Excell… histórias que eu estava escrevendo… coisa pra caramba… gastei 80 reais, pra fazer back up e reinstalar sistema operacional, fiz um downgrade pro Windows 7… porque o rapaz da Assistência Técnica achou que era um problema no Windows 8.1 (não era…).

Eu fiquei chateada pra caramba… no mesmo dia que o PC morreu meu irmão ficou com pena de mim e me levou no Outback pra almoçar pra ver se me animava, chegando lá eu pedi uma batata assada recheada e ela veio crua mano… ele ficou rindo de mim e falando, nossa, vc é azarada mesmo hein? 

Na mesma semana choveu canivetes e eu perdi a consulta com o oftalmologista… uma semana depois eu fui no Endócrino, esqueci de levar a folha para ela preencher para pegar o Kit Diabetes no posto de saúde… e ela não tinha lá no consultório dela o impresso.

Saindo de lá eu fui no shopping comer um negócio porque eu nem tinha almoçado, eu peco o cartão do estacionamento da entrada da garagem do prédio na Praça de Alimentação… e pra achar aquela birosca depois, felizmente minha amiga estava lá comigo e a gente achou o cartão. No mesmo dia eu chego em casa vou fazer janta pros meus irmãos queimo o arroz todo…

Umas semanas depois o computador para de funcionara de novo… bem no sábado de Carnaval, eu tinha tanta coisa pra fazer online da faculdade, tanto arquivo pra editar… tive que ficar sem computador o feriado todo, cinco dias… levo de volta na Assistência, era o HD mesmo… dito cujo faleceu de vez… simplesmente morreu. Pra completar o meu Nobreak queima… lá se vão 900 reais 590 num HD novo mais uns quebrados no Nobreak novo. E eu sem grana geral…(felizmente agora tá tudo funcionando direitinho com o HD novo).

Mas como azar pouco é bobagem, eu trouxe o PC pra casa e uma semana depois ele começa dar mensagem de… por favor valide seu Windows… o rapaz esqueceu de inserir a licença válida que eu tinha do Windows… Toca eu ir lá de novo pra ele resolver o problema… resolvido.

Daí vc pensa… chega de azar né? Não… nada disso… eu fui trocar o sensor do Freestyle Libre ele travou dentro do aplicador a agulha retraiu para dentro. E eu sem grana, perdi o sensor, e até agora não consegui trocar o danado na Abbott. Uns dias depois o sensor que eu tinha colocado, eu esqueci de colocar uma fita de Knésio para proteger ele então eu encosto na minha cadeira… o sensor gruda no couro da cadeira e quando eu vou me levantar a cadeira arranca ele do meu braço… perdi o segundo sensor. E cada sensor custa 250 reais…

Terminou Shao??? Não… ainda não… logo em seguida meu irmão teve que ficar internado por causa de uma amigdalite ferrada, na semana seguinte meu outro irmão teve uma gripe pesada e uma semana depois eu fiquei três dias de cama com a mesma gripe. Lá vai grana que eu não tenho em remédio… e eu tive que faltar dois dias no trabalho ainda por cima PQP hein Shao? Pois é… mas não acabou ainda…

Semana retrasada, deu uma chuva horrenda de novo e um raio caiu aqui perto… eu tirei tudo da tomada, mas deixei o modem conectado no cabo do telefone, o que sucede??? O Modem queima claro… Felizmente eu não tive que gastar nada, pessoal da TIM Live veio aqui em casa e trocou o Modem.

E… finalmente pra fechar Fevereiro e Março com chave de ouro com acontecimentos ruins. Um amigo muito querido, com quem eu trabalhava desde que eu entrei na Prefeitura, há quase 15 anos… faleceu semana passada…

Então, assim… Esse é o resumo de Fevereiro e Março de 2017 da minha vida… Como vcs podem ver, eu não estou exagerando… se isso não é ser extremamente azarada, eu não sei o que é ser azarada. Eu sinceramente espero que as coisas melhorem nos próximos meses, porque olha… Deus me livre de mais notícias e coisas ruins acontecendo.

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

O Luto e Lancelot – A Cicatriz

lancelot

Fala terráqueos… beleza??? Eu tô com dor de cabeça… eu nem fui pra academia hoje porque minha cabeça á doendo muito mesmo. Estava dando uma facada na minha cabeça… Daí eu vim para casa, tomei uma farmácia de remédio e o paracetamol para variar me derrubou e eu apaguei.

Ou pelo menos eu tentei, eu deitei e tentei dormir mas um bando de desocupado… porque desocupado é o que mais tem no mundo. Ficou me mandando mensagem do Whatssapp, e me ligando e me mandando torpedo. E outro bando de feladaputa ficou gritando na rua aqui na frente da minha janela. Então na verdade eu fiquei deitada mas, não consegui dormir por causa desse bando de gente barulhenta, até o presidente da Iugoslávia resolve me ligar quando eu quero silêncio. Mas isso não vem ao caso agora, já acordei mesmo, então não adianta reclamar hahahahahaha.

Vcs devem estar curiosos sobre o post de hoje, afinal de contas o título é meio diferente… Bom, bora pro tema do post… último post que eu vou escrever hoje e depois eu vou trabalhar um pouco com edição do meu livro. Enquanto eu assisto as aulas do Cursinho pro TJ.

Então… esses dias, acho que eu comentei aqui numa postagem anterior… eu estava bastante triste, com saudades da minha mãe e eu ainda sonhei com ela me contando que estava com outro tumor… Aliás eu sonhei com ela a semana toda. Talvez seja essa uma das razões pelas quais eu tive uma semana péssima. Vc fica a semana toda pensando na pessoa e sentindo aquela falta… e imaginando como seria se a pessoa estivesse alí com vc como a vida seria diferente. Não tem como ficar legal com esses sentimentos e pensamentos te rondando o dia todo… e a noite toda porque vc fica sonhando com isso também.

E o que isso tem a ver com o personagem Lancelot, o lendário cavaleiro da Távola Redonda do Rei Arthur. Caso vcs não conheçam a história, existem várias versões da história claro… Mas na grande maioria delas Lancelot é apaixonado por Guinever que vem a ser a esposa e rainha do Rei Arthur, mas ele era meio que o braço direito do Arthur. E na versão à qual eu me refiro ele se fere numa batalha onde ele salva a vida da Rainha e como ele está ferido ele não pode lutar e como ele está apaixonado por ela ele resolve se afastar de Camelot, usando o ferimento como desculpa. Mas a verdade é que o que dói mesmo nele é não poder ter a mulher que ele ama.

Mas como ele é o cavaleiro fodão da história, precisam dele e ele acaba tendo que voltar para ajudar a salvar Camelot e tal… e tem uma cena nessa versão que quando ele retorna a Rainha pergunta para ele se o ferimento cicatrizou… e ele responde que a ferida nunca se fechou completamente. É uma conversa aparentemente sobre o ferimento dele mas na verdade ela está perguntando para ele se ele ainda a ama e ele meio que diz que sim, que nunca deixou de amar.

Agora, quanto à minha metáfora particular. Eu acho que o luto é como a cicatriz do Lancelot, é uma ferida que nunca fecha. Em alguns dias vc está legal, e tem um monte de coisa para fazer e nem lembra dele, ou lembra vagamente dela e tem aquela tristezinha, aquela dorzinha suportável… e em outros dias parece que os pontos romperam e ela sangra e dói como se fosse o primeiro dia tudo de novo.

Quem já fez uma cirurgia qualquer, mas especialmente uma cirurgia óssea sabe do que eu estou falando, quando esfria muito o tempo, ou quando vai chover… parece que o local da cirurgia dói… tem gente que não acredita nisso. Mas a minha mãe sempre adivinhava quando ia chover porque o joelho operado dela doía loucamente.

E eu acho que a dor da perda de uma pessoa é mais ou menos como essas cicatrizes. Ela vai estar sempre alí, e de vez em quando ela vai doer para um caramba e vc vai ter que tirar um dia para descansar, para tratar do seu ferimento. Cuidar da dor e então uns dias depois vc está em pé novamente… e assim a gente vai levando a vida.

Vou terminando este post por aqui. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Meta de Leitura: Livro Quatro – “Os Assassinos do Cartão Postal” – James Patterson.

OACP

Fala galera, como vão vcs… Eu tô legal, graças a Deus já livre da gripe, me sentindo melhor. Um pouco baqueada ainda mas, pronta pra retomar minha rotina. Vou tentar pegar leve entretanto porque tudo o que eu menos quero neste momento é uma recaída e ter que tomar antibióticos.

Estou adiantada para caramba com as postagens aqui, então eu vou tirar uma semana de folga nos trabalhos aqui do blogue… Só vou escrever aqui mesmo, quando eu tiver um tempinho entre um atendimento e outro porque parece que a o fluxo de atendimento da Prefeiturolândia voltou ao seu normal, já deu uma acalmada provavelmente uma semana de folga da academia (que na verdade serão duas, uma porque eu estava doente e não me aguentava em pé e outra porque eu estou extremamente atarefada com as coisas da pós…o que é péssimo para meu condicionamento físico e meu plano de perder peso e ganhar massa magra, mas whatever, a gente tem que priorizar né? – eu sou só uma…).

Essa semana eu tive aula na Pós sobre programinhas que ajudam os tradutores a fazerem seu trabalho de traduzir os textos com maior rapidez. Achei o máximo, infelizmente tem alguns raros programas gratuitos, a grande maioria e os exigidos pelas empresas de tradução são pagos e caros… entre 400 e 700 euros… Isso mesmo que vcs leram, euros… grana para um caramba. Eu baixei o programa, versão trial, tenho 30 dias para usar, experimentar e ver se eu quero comprar… claro que eu não tenho grana para comprar agora, mas… quem sabe mais adiante. Tá certo que se eu pegar duas traduções para fazer, já paga o programa… mas… a dureza é começar a pegar trabalhos, de uma agência, sem ter o programa ou a certificação do programa. Ou seja, é um círculo vicioso… para poder comprar o programa vc precisa de grana, para ter grana vc precisa pegar trabalho para fazer, para pegar o trabalho para fazer vc tem que ter o programa e a certificação do programa… complicado né? Mas, vamos devagar… a gente chega lá…

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar… Vamos falar do quarto livro que eu li esse ano… eu escolhi um livro aleatório, ninguém me recomendou nem nada, eu entrei na loja da Amazon, achei esse título, achei interessante e pensei, vamos ler esta birosca, e baixei pro Kindle. E olha… o livro me surpreendeu positivamente… claro, ele não é perfeito… deixa umas lacunas, especialmente no final… (não vou falar do final o livro é relativamente novo e eu não quero dar spoiler para quem queira vir a ler num futuro próximo).

Antes de mais nada… deixa eu dizer que é um livro bem bacana! Eu recomendo ele… a leitura é fácil, capítulos pequenos, linguagem bem moderna e simples e a história é bem direta, sem muitos rodeios. A história é mais ou menos assim… há um casal de serial killers soltos matando pessoas (outros casais) pela Europa… A identidade do casal não é um mistério os autores já revelam quem eles são e o que eles fazem logo de cara… o mistério do livro se trata de sabermos se eles vão ser pegos, quantas mais pessoas eles vão matar… se os mocinhos vão pegá-los e como!

A maior parte da ação se passa na Suécia, mais especificamente em Estocolmo… o que para mim é um plus. Os personagens principais são… um policial americano, que é pai de uma das vítimas dos serial killers, e uma repórter policial sueca que não tem muito destaque na sua profissão porque só cobre ocorrências sem muita importância. Jacob o policial está procurando vingar a morte de sua filha Kim e para tal abandonou o trabalho nos EUA para perseguir os assassinos por toda a Europa enquanto Dessie a repórter é meio que escolhida pelos assassinos, para cobrir o caso quando eles mandam para ela um cartão postal e uma foto polaroid da cena do crime.

Este é o modus operando dos assassinos aliás eles chegam numa cidade, visitam um museu, veem uma obra de arte famosa do local, daí eles mandam um cartão postal para um jornal local, então eles procuram um casal apaixonado, convencem o casal a tomar um drinque com eles, drogam, matam o casal e posam eles como a obra de arte que eles viram, tiram uma foto de polaroid e mandam novamente para o jornal e partem para outro pais para fazer a mesma coisa tudo de novo.

E eu não vou falar mais nada porque não quero estragar a experiência de prováveis futuros leitores. O livro é legal… entretanto, como eu disse ficaram na minha opinião algumas lacunas, é aquele livro que vc fica empolgado e no final vc pensa que poderia ter sido melhor. E os personagens principais não são tão apaixonantes, na verdade são tão cheios de conflitos internos, se o livro fosse mais longo e esses conflitos fossem melhor explorados talvez eles caíssem mais no meu gosto.

Mas olha, apesar das lacunas, e das coisas que eu mencionei acima, vale bem a pena gastar um tempinho para ler esse suspense rapidinho. É aquele livros de suspense light que vc quer ler para fazer pausa entre leituras mais pesadas, de repente a leitura de uma saga longa…

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Iphone, DVD player e Spotify

spotfy

Fala galera beleza? Vcs estão legais? Eu tô indo… devagar e sempre né? O importante é não parar… a gente vai ficando velho, e quando a gente envelhece, se parar é igual carro velho, é capaz de não andar nunca mais. Ai que drama Shao. Não gente, nem é drama é velhice mesmo. Eu estou velha para caramba e por conseguinte cansada para caramba…

Mas como sempre nem era isso que eu queria falar no post de hoje. Entonces vamos direto pro assunto do post porque eu quero ver se eu dou uma estudada depois que eu terminar de lavar a roupa. Tô tomando uma caneca gigante de café para ficar acordada que eu estou morrendo de sono. Já fiz tanta coisa hoje… e ainda tenho tanta coisa para fazer… certeza que eu vou acabar não fazendo nada ahahahaha.

Então, deixa eu contar para vcs a nerdice que eu fiz aqui em casa. Eu tenho um Iphone 4s velhinho, que eu não uso mais para nada. E eu tenho um DVD player que tem conector para o Iphone 4s e o que foi que eu fiz crianças??? Eu instalei o Spotify no telefoninho e ele fica conectado direto no DVD e às vezes eu estou com preguiça de ligar o PC para tocar música, então eu só conecto o celular e dou play para curtir minhas músicas e tal.

É muito útil, sabe aqueles dias que vc não quer colocar um fone de ouvido, nem ligar o PC nem, o Chromecast, vc também não quer ouvir música no fone de ouvido, vc quer apenas apertar o play, sentar na sua cama com seu Kindle e terminar de ler seu livro enquanto o Spotify toca música clássica no fundo. Então, neste caso é só plugar o celular no DVD player, abrir o Spotify e Shazam! Vc está ouvindo a sua música e lendo seu livro de boas sem muito mais o que explicar.

Meu aparelho de som da Philco faz a mesma coisa, porque ele também tem a mesma entrada para Iphone, então agora em dias de preguiça eu tenho essas duas opções para tocar minhas musiquinhas e fazer aquele som ambiente enquanto eu estou fazendo outras coisas. Se bem que… como eu disse há alguns posts, eu já não ouço tanta música quanto eu ouvia antigamente. Hoje em dia eu estou de boas com o silêncio. A gente vai envelhecendo e com a velhice ou o barulho começa a incomodar ou o silêncio é que já não incomoda tanto… não sei, entretanto as duas podem ser verdade que coexiste mutuamente sem se anularem.

Mas é isso galera, às vezes a gente tem um aparelho velhinho, que ninguém vai mais querer comprar de vc e que vc acha que está meio inútil mas ele ainda serve para bastantes coisas se vc usar a sua imaginação inteligentemente.

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao