Vale a pena fazer Pós-Graduação???

pilha-pequena-de-livros-abertos_1101-287

Fala galera beleza? Como vão vcs? Eu estou legal, espero que vcs estejam ótimos. Eu não fiz nada hoje o dia todo, eu queria ter feito alguma coisa… mas eu não fiz, porque… porque eu fiquei com preguiça… preguiça bateu forte para caramba ontem. Eu devia ter estudado, devia mas eu estudei não… aliás eu acho que eu não fiz nada de útil ontem ahahahahahaha. Eu fiquei assistindo “A Feiticeira” primeira temporada.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar. Esses dias meus irmãos e alguns amigos me perguntaram se tinha valido a pena eu ter feito Pós-Graduação fora da área do Direito… porque eu estou estudando agora para ver se eu consigo passar no Exame da Ordem… e posteriormente eu pretendo prestar um concurso na área de Direito entretanto eu acabei de terminar uma Pós-Graduação na área de Letras. O questionamento deles era justamente… talvez tivesse sido mais interessante para mim ter feito uma pós na área de Direito? Na prática sim! E eu pretendo ainda fazer uma pós na área de Direito… mas não agora… daqui uns anos…

Entretanto, ter feito a pós na área de Letras foi uma atitude libertadora de rebeldia para mim hahahaha. Nos últimos anos eu fiquei muito focada em fazer coisas que eu precisava fazer ou em coisas que as pessoas achavam que eu deveria fazer. Então eu queria, pra variar fazer uma coisa que eu sempre quis fazer. E foi trabalhoso, mas divertido. Agora… assim em linhas gerais nada a ver com a minha vida em questão e as minhas escolhas. Vale a pena, no mundo em que estamos vivendo agora, investir tempo e dinheiro (se vc não conseguir uma vaga numa Universidade Pública) numa Pós-Graduação? Bom… depende…

Por que vc quer fazer uma pós? Se vc por exemplo tem interesse de lecionar, ou mesmo de investir numa área e se tornar um pesquisador, ou simplesmente aprofundar os seus conhecimentos numa área que vc ama ou que futuramente possa te trazer alguma vantagem profissional. Ou ainda se vc quer prestar um concurso público e o diploma de pós (seja especialização, mestrado, doutorado…) vai te conceder uns pontinhos extras na classificação final. Vale a pena. Vale muito a pena. Pelo conhecimento em si já vale a pena. Vale mesmo se isso significar para vc apenas uma evolução, uma conquista pessoal… uma coisa que vc sempre quis fazer!

Ahh eu quero tirar o diploma da pós mas eu não quero fazer nada com ele não eu só quero pra dizer que eu tenho e depois eu vou colocar ele numa gaveta, eu não vou trabalhar na área nem nada… só quero ele mesmo pra dizer que tenho e mais nada… aí neste caso vc tem que pensar direitinho se vale a pena. Porque por mais que vc ame estudar determinado assunto não são só flores o caminho da pós. É o mesmo esforço e estresse de uma graduação, só que com tempo menor e um assunto mais específico.

Então, eu fiz a minha pós porque era algo que eu queria fazer fazia bastante tempo. Se eu tivesse pensado mais, e raciocinado mais com a cabeça e menos com o coração talvez eu tivesse feito na área de Direito. Mas para mim valeu muito a pena. Mas foi trabalhosa e cansativa e eu fiquei estafada quando eu terminei, então pense bem se vale a pena para vcs. Como eu sempre digo, nenhum conhecimento nesta vida por mais supérfluo que ele parece assim logo de cara é desperdiçado nesta vida.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Anúncios

Olhar para trás… seguir em frente…

pppas

Fala terráqueos, como vão vcs criaturas? Eu tô legal… Consegui deixar agendado 53 posts… eu ando meio em marcha lenta ultimamente então acho que não vou conseguir alcançar a meta de 60 posts agendados, mas eu tô feliz de ter passado dos 50. Se eu quisesse ficar todas as minhas férias sem escrever mais nem um dia aqui no blogue e ainda deixar uma sobra de 40 posts agendados eu teria que escrever mais três posts hoje, não sei se eu consigo… acho que eu não consigo ter imaginação para escrever mais três posts.

Pra vcs terem uma ideia de como está a situação do blogue. Eu tenho 65 rascunhos de ideias para posts que podem vir a virar novos posts futuramente. Tenho 53 posts prontos, escritos e devidamente agendados, que serão automaticamente publicados pelo WordPress e mais 24 posts pré agendados que estão em fase de produção, ou seja… que eu ainda estou escrevendo. Qualquer dia desses eu vou fazer um post explicando para vcs como funciona aqui o meu esquema de posts para o blogue para conseguir agendar uma postagem por dia desde a ideia do texto até finalmente o post ser publicado.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar no blogue hoje. Eu tô fazendo uma pausa aqui nos meus estudos nas minhas coisas para descansar. Estou tentando aprender a pegar mais leve com as coisas na vida, eu tenho uma corrida agendada para final de semana, domingo para ser mais específica. Então eu não posso exigir muito de mim nos próximos dias tenho que me poupar.

Está sendo uma experiência interessante e difícil fazer essas pausas para descansar. Eu não sei fazer isso muitas vezes, eu fico com aquela sensação horrível que eu estou fazendo as coisas pela metade. Mas na verdade é aquela tática de aprender a respirar, dar um passo atrás, se reagrupar. E então dá aquela agonia,  e com relação aos estudos dá aquela vontade de agarrar os livros e sair lendo tudo e marcando tudo por oitenta horas consecutivas, mas daí eu mesma me doum uma bronca e me pergunto. Quer ficar doente de novo Ceres? Daí eu percebo que eu estou falando sozinha e eu paro porque eu não quero ser internada numa clínica psiquiátrica.

Shao se vc deveria estar descansando o que é que vc está fazendo escrevendo aqui no blogue… então… eu explico. Hoje eu acordei cedo com uma proposta de trabalho para mim, não sei se eu vou fechar, mas cotaram comigo uma tradução literária de um e-book e eu tive que levantar e fazer uma análise do material para ver quanto que eu cobraria para fazer a tradução. Mas Shao vc tá de férias e vc deveria estar descansando da estafa e do estresse e… blábláblá… Eu sei, eu sei… mas não é sempre que aparece uma oportunidade dessas com essa crise que estamos no momento, isso sem falar que eu amo traduzir. E eu amo escrever aqui no blogue também… assim sendo não são atividades estressantes.

Claro que eu só consigo relaxar até certo ponto. Então ainda hoje eu vou estudar mais um pouco eu vou rever toda a matéria que eu vi ontem e estudar tudo novamente porque eu fiz um teste ontem e fui super mal… fiquei bastante chateada comigo mesma, bastante frustrada porque eu fiquei horas estudando e me saí super mal no simulado que eu fiz por causa de detalhes mínimos. então eu vou revisar isso tudo hoje.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

O grande problema de não se ler a bíblia…

biblia

Fala terráqueos, como vão vcs neste dia crianças? Eu tô legal… quer dizer, mais ou menos… computador tá todo retardado hoje… Já travou meu mouse já deu a louca no meu teclado eu espero que seja algum problema de software e não um problema na Placa Mãe. Bom eu coloquei umas roupas para lavar lá na máquina, porque as roupas simplesmente não respeitam o fato de eu estar de folga e precisam ser lavadas hahahaha. E enquanto a roupa lava a gente vai aqui escrevendo no blogue e jájá a gente vai enfiar a cara nos estudos novamente. Mas como sempre nem era disso que eu queria escrever no texto de hoje e eu não sei quão longo o texto de hoje vai ficar então bora direto pro assunto sem muita enrolação.

Eu já disse isso aqui algumas vezes e eu torno a repetir, estamos vivendo num mundo, onde a sociedade está extremamente polarizada. Parece que ninguém mais sabe o que significa ser meio termo. Tá tudo pendendo para os extremos das opiniões. Parece que o bom senso, o respeito e a educação morreram e deixaram em seus lugares o egoísmo, a falta de educação e a necessidade de agredir o próximo. E isso está acontecendo mais e mais em todas as áreas, na política, no esporte, na religião… Mas eu não vou falar de tudo isso hoje, o post ficaria longo demais. Portanto hoje, apesar de eu detestar falar de religião… eu hoje vou falar de religião.

Nos meus 41 anos de vida eu já vi diversas mudanças na religião dominante no Brasil. O cristianismo sempre foi a crença dominante no país… Quando eu nasci, quando eu era criança a linha de pensamento dominante era o catolicismo. Depois quando eu entrei na adolescência nos anos 80 e 90 eu assisti a explosão das novas igrejas evangélicas no país e uma grande parte dos católicos se converteram às igrejas evangélicas. Minha família quase toda entre eles, eu inclusive. Depois… nos anos 2000 e na década seguinte, começaram a surgir 500 novas igrejas todos os dias, as igrejas mais loucas e com doutrinas mais loucas que vc possa imaginar. Eu lembro que na época o pessoal fez uma adaptação do nome do programa da Globo, Pequenas Empresas, Grandes Negócios para “Pequenas igrejas, Grande Negócios” porque aí começaram a aparecer diversos ‘pastores’ que viram uma oportunidade em arrancar dinheiro das pessoas, dos fiéis…

E é aqui que estamos no momento, com líderes religiosos riquíssimos, entrando cada vez mais na política, para, certamente garantirem que a sua situação financeira permaneça a mesma… enfim, mas eu nem vou falar de política hoje, essa nem é a questão. E qual a questão Shao? Eu já chego na questão… aguardem aí… Uns tempos atrás eu vi na TV, se eu não tivesse visto eu não tinha acreditado, o que talvez tenha sido ingenuidade da minha parte, um ‘pastor’ começou a praticar adultério com a mulher de um fiel e ele ainda usou uma passagem da Bíblia para justificar a sua atitude. Já faz um tempo que aconteceu isso… na época eu fiquei me perguntando se o cara estava dando uma de esperto, jogando essa pra cima do marido traído para se safar ou se ele era realmente analfabeto e não sabia ler.

Hoje, eu li nas internets da vida uma pesquisa que diz que dentre todas as mulheres que sofrem com a violência doméstica 40% são evangélicas e que os pastores e demais membros da igreja encorajavam a continuidade do abuso em vez de apoiar a mulher num momento difícil onde ela muitas vezes precisa de apoio para quebrar o círculo vicioso da violência doméstica. Outra coisa que eu vi hoje… foi um vídeo de um tiozinho, evangélico… indo na loja de uma pessoa católica e que tinha um pequeno altar para a Santa Aparecida e o sujeito desce o martelo na imagem. O altarzinho tava lá protegido por uma grade, para não ser depredado ou roubado, era a expressão da fé da pessoa e o camarada vai lá e desce a martelada e destrói tudo. Faz umas semanas que foi divulgado outro vídeo onde uns evangélicos obrigavam uma mãe de santo a quebrar todos os santos dela, e os vasos e depredar ela mesma todo o local de culto dela.

Eu felizmente não conheço pessoas assim… pessoas que fazem esse tipo de absurdos. Mas eu tenho certeza que dentro da igreja que eu frequento devem haver pessoas capazes de cometer esses atos de intolerância e ignorância. E porque eu tenho tanta certeza? Porque a maioria das pessoas que professa ser cristã nunca leu de verdade a Bíblia!!! E essa é a questão!!!

Alguns até leram, e fizeram estudo bíblico… eu me pergunto que tipo de professores eles tiveram nesses estudos bíblicos. O que é que foi ensinado para eles… a história por trás das passagens bíblicas? O lado filosófico? Ou apenas mais intolerância, mais ignorância, a mesma lavagem cerebral de sempre que serve somente para manter o poder político, psicológico e claro financeiro.

Esses dias um amigo mandou para mim um vídeo, ou uma imagem não me lembro de um ‘pastor’ que dizia que para ele pregar ele tinha que ser carregado nas costas pelos obreiros, porque ele não podia pisar na terra porque a terra estava tomada pelo pecado, como se ele fosse santo e puro, como se ele fosse o próprio Cristo. Eu me espanto que tem gente que é cristão e não lê a bíblia e pior ainda, acredita em qualquer baboseira que qualquer sujeito que se auto proclama pastor e líder espiritual fala. E muitas vezes aquilo que a pessoa está pregando ou não existe em nenhuma passagem da bíblia, ou é alguma passagem bíblica mal interpretada, ou distorcida para favorecer aquele indivíduo.

Contrário de muita gente eu não crucifico nem atiro pedras nos evangélicos achando que todos são estúpidos e tapados. Uma grande parte sim, mas eu acho que o grande problema é que a grande maioria do povo evangélico tem pouca educação, e muitas vezes, como as mulheres que sofrem violência doméstica, são incentivados a permanecerem na ignorância. Muitas vezes são incentivados a lerem diversos livros, que eles mesmos, os líderes criaram, escreveram… e desencorajados a lerem a Bíblia… que é o livro sagrado de toda a cristandade. Talvez por medo de que os fiéis que eles estão tentando doutrinar e fazer lavagem cerebral nas pessoas.  Então se vc quer ser cristão leia a bíblia e siga o exemplo de Jesus. Não acredite em qualquer um e não siga pastores… siga Jesus e o exemplo dele… acreditem é difícil pra caramba!

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Causos de Família: Testada no Guarda-Roupas…

testada

Fala terráqueos, como vão vcs? Eu tô legal. Ontem eu não fiz praticamente nada e portanto hoje eu tirei o dia para escrever e para estudar. Nada muito cansativo claro mas bora ser um pouco produtiva para eu pelo menos ficar com a sensação de que eu fiz alguma coisa construtiva para a minha vida. Eu sei que eu tô de férias e eu devia estar descansando mas tem uma voz que fica me falando… vaio estudar!!! Vai pra academia!!! Portanto hoje eu vou estudar. Mas antes de eu enfiar a minha cara nos cadernos, que hoje é dia de estudar (faltam 30 dias para a prova da OAB e eu ainda tenho coisa para caramba para estudar), eu vou escrever uns postzinhos aqui pra não diminuir o número de posts agendados no blogue.

Mas como sempre nem era disso tudo que eu queria falar no blogue hoje. Porque hoje é dia de mais um Causo de Família, eu estava esses dias conversando com a minha tia, que recentemente virou vó… porque meu primo teve um filhinho e minha tia sempre foi uma mãe super protetora . Claro que ela vai ser uma vovó ainda mais protetora e estávamos nos lembrando de como as coisas eram quando eu era criança, quando meus irmãos eram crianças e eu me lembrei de um episódios de quando eu estava em casa tomando conta dos meus irmãos.

Como eu já disse aqui, meus irmãos foram criados dentro do condomínio. E eles pulavam que nem umas pipocas dentro de casa. Nesse dia, eu tinha acabado de chegar da escola, de noite. E eles estavam no quarto pulando… eles subiam em cima da cama, do beliche e pulavam no chão… sei lá competição do quê eles estavam fazendo. Eu estava fazendo o meu prato para jantar… e eles pulando, e minha mãe tava fazendo alguma coisa na cozinha.

Então eu disse para eles, para de pular que vc vai errar esse pulo e vai meter a cabeça no guarda-roupas, se eu tiver que largar a minha comida aqui pra te levar para o hospital vc vai ver só. E eles nem me deram ouvido. Tô lá eu comendo… e escutando o barulho dos pulos. De repente eu escuto uma batida mais forte e… silêncio.

Daqui a pouco vem o Carlos… com os olhos arregalados, branco que nem um papel e com a mão na testa. Eu olho pra ele… e falo: Vc bateu a cabeça no guarda-roupa né? Ele fez que não com a cabeça. E eu: Deixa eu ver… Ele faz que não de novo. Daí minha mãe pega ele e: Deixa eu ver isso aqui moleque, ela tira a mão dele da testa e o sangue desce… Abriu um rasgo na testa do moleque. E eu tenho hematofobia, eu não posso ver sangue, minha mãe sabendo disso já pegou e tapou a testa dele com um pano e toca a gente levar o moleque com a testa aberta no pronto socorro.

Chega lá… Pronto Socorro Municipal, fica a gente esperando na fila, quando chega a nossa vez a enfermeira coitada tá cheia de coisa para fazer. Daí ela vai dar anestesia local na criança para poder dar os pontos (ele tomou três pontos na testa e tem a cicatriz na sobrancelha até hoje) e quando ele viu a injeção indo em direção à testa dele, ele começou a querer dar show e começou a querer conversar com a enfermeira… e ela tipo… bora moleque que eu tenho um monte de gente pra atender. Minha mãe deu uma bronca nele, a enfermeira fez o que tinha que fazer e a gente voltou para casa.

Eu fiquei feliz, claro que não… depois eu fiz que ia dar uns tapas nele porque eu disse que ele ia ver se eu tivesse que levar ele pro hospital e claro, ele chorou porque ele já tava meio choroso hahahaha e minha mãe me deu uns tapas, tipo… para de fazer seu irmão chorar. Foi ruim para mim, claro, mas foi pior pra coitada da minha mãe que trabalhou o dia todo e podia estar em casa descansando e em vez disso teve que levar o moleque no hospital.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

Meta de Leitura: Livro 16 – “Among The Wicked” – Linda Castillo

amongthewicked

Fala terráqueos, como vão vcs??? Espero que estejam bem… Eu tô legal. Antes de mais nada deixa eu dizer se vc está lendo este post pelo Facebook clica no link abaixo para ler o post inteiro beleza? Bom… vcs estão lendo este post numa segunda de Natal… Mas eu tô escrevendo na última segunda de Outubro, minha última semana de férias… segunda-feira eu retorno à labuta. Eu estou bem adiantada com as postagens aqui no blogue também. E nessa semana esfriou para caramba em São Paulo, choveu na minha última semana de férias e adivinha, frio e chuva. Melhor clima para ficar recolhida em casa tirando o atraso da pilha de livros que eu tenho que ler. Eu comecei a ler este livro nem tem dois dias e já terminei porque o livro é muito bom, sou fã dessa autora… Eu acho que essa coleção de livros dela meio que dominou a minha leitura esse ano.

E eu sei que eu estou me repetindo, mas o livro é muito bom e esta escritora é muito, muito boa… todo livro novo dela que eu pego para ler eu penso, nossa este é o melhor até agora, eu duvido que o próximo seja tão legal quanto!! E eu sempre quebro a cara e eu sempre fico muito feliz em quebrar a cara porque no decorrer deste ano eu me tornei de verdade fã desta autora.

Vcs que acompanham o blogue sabem que é uma saga esta que eu estou lendo… são as aventuras da Chefe de Polícia Kate Burkholder… Este livro é o oitavo da saga… acabou de sair o nono (eu claro, já comprei e paguei caro pra caramba 62 reais num ebook, desculpa Amazon mas é caro pra caramba isso!), fora algumas histórias curtas que também contam histórias da vida da heroína da Linda Castillo. Quando eu terminar de ler essa saga talvez eu me aventure por outros livros da autora, ela não tem apenas essa saga… ela tem outros romances, aparentemente todos os livros dela são Romances Policiais, o que é bacana porque eu curto para caramba esta temática.

Como eu já disse, melhor livro da saga até agora… tem bastante emoção, temos Kate fora de sua cidade e por conseguinte fora de seu habitat natural. A história é mais ou menos assim crianças… Depois de toda a confusão do último livro. Kate está tranquila e sossegada em sua cidadezinha de Painters Mill quando ela recebe uma visita inesperada de alguns policiais de Nova Iorque que oferecem a ela um trabalho na região de Nova Iorque para ela trabalhar disfarçada.

Pois na beirada do território, chegando no Canadá já, existe uma comunidade Amish e coisas estranhas estão acontecendo nessa comunidade e uma adolescente de 15 anos apareceu morta, congelada na neve e a polícia do local não consegue nenhuma pista para desvendar o crime porque a comunidade é muito fechada. E Kate é a única policial que eles conhecem que já fez parte da comunidade Amish, por conseguinte, conhece os costumes, e fala fluentemente o ‘alemão da Pensilvânia’ que é a língua da comunidade.

Tomasetti não quer que Kate vá ele acha perigoso e ela não tem experiência em trabalhar disfarçada mas Kate sendo cabeça dura como ela só acaba aceitando participar do caso. Acontece que… para se infiltrar nessa comunidade amish ela vai ter que se colocar em muito risco, ela não vai ter apoio de um parceiro, ela não vai ter carro para se locomover com facilidade ela vai ter que se passar por uma viúva solitária e tentar descobrir alguma pista sobre a morte da menina. Mas é extremamente perigoso… Kate vai ter que colocar a sua vida em risco para  descobrir o que está acontecendo, e o que aconteceu com a adolescente e conseguir levar os culpados da morte da menina à pagarem pelos seus crimes.

E eu não vou contar mais nada porque eu não quero dar spoiler. Mas é um dos melhores livros da série até agora. Kate vai imergir novamente na cultura amish que é algo que ela não fazia desde adolescente. E ela descobre que ela sentia falta de alguns aspectos da vida dentro da comunidade. Ela também relembra quais coisas existem no meio da comunidade que ela nunca gostou. Infelizmente, este é mais um livro que não foi lançado aqui no Brasil, quem quiser ler vai ter que fazê-lo em inglês mas eu digo novamente se vc lê inglês esse livro é muito, muito legal ele vale muito muito a pena.

É uma pena, é uma tristeza que não exista nenhuma tradução das obras da Linda Castillo para o português… alguma editora brasileira devia se interessar em trazer o trabalho dessa mulher para o Brasil… eu já disse isso aqui e torno a repetir!!! 

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

Nerdices: Filme – Inimigo Meu

inimigomeu

Fala terráqueos, como vão vcs? Estão bem??? Eu tô… morrendo de preguiça mas… tô de boa. Sabe aquele dia que vc não tá afim de fazer nada? Pois é, ontem foi assim e amanhã tá assim também. Mas hoje eu estou fazendo uma forcinha  para fazer as coisa que eu preciso fazer, especialmente estudar porque né? Tem que estudar nessa vida ainda. Mas, como eu ainda tô de férias eu estou pegando bem leve eu deveria estar estudando que nem uma doida mas eu já descobri que quando eu estudo com mais tranquilidade eu tenho resultados melhores…

E também como eu ainda estou de férias eu tenho que tirar umas horinhas do dia para fazer coisas divertidas, como jogar videogame ou ver um filme novo ou… como foi o caso hoje, assistir um filme antigo que eu não via há muito tempo. Então bora falar desse filme que é bem antigo e bem legal… e também bastante oportuno pelos tempos de ódio crescente que vivemos no momento.

O filme é de 1985 (nossa mano eu era uma pirralha de 9 anos hahahaha), mas eu devo ter assistido uns dois ou três anos depois. Primeiro porque antigamente os filmes demoravam meses para chegar no Brasil e anos para chegar na TV e eu vi na TV. Hoje em dia a grande maioria dos filmes é lançado na mesma data mundialmente, especialmente os filmes mais aguardados da temporada, às vezes temos filmes que ainda estão no cinema e vc já consegue encontrar alguma versão online pra baixar. E os filmes demoram bem poucos meses para sair do cinema e chegar em casa pela TV a cabo ou DVD, na TV aberta ainda demora um pouco mais, mas… ainda assim é bem menos do que costumava ser antigamente. 

Eu me lembro que eu assisti com a minha mãe na televisão. E eu me lembro que na época eu curti para caramba o filme. Por razões diferentes das que me fazem gostar do filme hoje. Mas falaremos disso mais adiante no post. Primeiramente vamos falar da história do filme… a história é mais ou menos assim… Num futuro bem distante os humanos estão em guerra já há muito tempo com uma raça de alienígenas… os Dracs. Durante essa guerra tanto humanos quanto Dracs são mandados em naves para o campo de batalha que é lá no espaço sideral. Acontece que durante uma das muitas batalhas tanto o soldado humano Davidge quanto o alienígena Jeriba caem com suas naves num planeta inóspito onde eles vão ter que tentar sobreviver. 

Os personagens principais são interpretados por dois atores que eu gosto muito que eu acho extremamente talentosos. Davidge é interpretado pelo Denis Quaid e Jeriba pelo Louis Grosset Jr. Assim que caem no planeta… Jeriba e Davidge continuam lutando dando continuidade nos seus papéis de inimigos mortais. Acontece que por conta das diversas dificuldades que o planeta apresenta os dois são obrigados depois de um tempo a unirem forças para conseguirem sobreviver às agruras do planeta onde eles caíram. E ambos estão sem nenhuma provisão de resgate.

inimigo

Essa aproximação forçada entre os dois começa a fazer com que ambos repensem suas posições anteriores sobre a espécie do outro. Tanto o humano quanto o alienígena tinham posições bastante preconceituosas em relação ao outro. Isso é interessante para caramba no filme. É uma das lições mais bacanas deste filme, que se a gente se colocasse no lugar do outro mais vezes a gente ia ver que o outro não é tão diferente da gente. Que muitas vezes ele sente e sofre da mesma forma que nós, às vezes até mais que nós…

Enfim, os dois acabam se tornando amigos e passam a se respeitar mutuamente, bem como eles aprendem mais sobre a cultura um do outro, coisa que nunca antes humano ou Drac haviam feito. Um aprende falar a língua do outro e tudo mais.  Davidge depois de uma chuva feia de meteoros e de uma briga com o Drac ele sai para explorar o planeta à procura de uma esperança para fugir de lá. Ele então encontra sinais de civilização humana, mas não são terraformadores, são humanos  piratas que roubam as riquezas do planeta, minérios e usam os Dracs como escravos. Ele volta para o acampamento e encontra Jeriba grávido! Lembram que eu disse que ele era hermafrodita? 

Jeriba explica para Davidge que quando chega o tempo de reprodução ele simplesmente engravida, apenas acontece, não tem como ele evitar e que por isso ele não foi com ele buscar ajuda. Durante meses ele toma conta do amigo. Então uma noite, um monstro típico do planeta ataca o acampamento deles e quase mata o Drac. Davidge o salva e eles fogem para uma caverna nas montanhas. Onde eles passam todo o inverno até Zammis nascer.

As coisas ficam bem ruins quando se aproxima o dia do nascimento do filho de Jeriba… o bebê está na posição errada e Davidge tem que cortar o amigo para retirar a criança. Jeriba não resiste ao parto e o pequeno Zamis vem ao mundo sem o pai. Agora é trabalho de Davidge criar o pequeno Drac.

Davidge prometeu a Jeriba que o filho dele saberia sua herança e que ele o levaria de volta ao planeta dos Dracs onde ele poderia se juntar ao seu povo, à sua linhagem e cumpri todos os costumes que o amigo Drac tanto prezava. E eles vão levando uma vida de paz e sossego por anos no planeta, mesmo o planeta sendo a casa do capeta, cheio de coisas que querem  matar eles. Ele adverte Zamis a ficar longe do local onde ele viu outros Dracs mas é claro que o moleque não ouve e acaba indo até lá e sendo capturado. Davidge então, vai ter que se lembrar do soldado que era e armar uma missão suicida de um homem só para resgatar o pequeno Zammis dos humanos escravistas.

inimigomeuuu

E apesar do filme ser muito, muito velho eu não vou contar para vcs o que acontece depois disso porque eu não quero dar spoiler. Porque é um filme bem bacana. Os efeitos especiais até que são bacanas apesare de serem bem datados, bem anos oitenta hahahahaha. Lembra um pouco dos efeitos dos dois primeiros Alien e do primeiro Exterminador do Futuro. Mas é bacana é bastante verossímil. Eu recomendo pra caramba esse filme, tem fácil pra baixar online… acho que só online que encontra pra baixar esse filme não sei se tem em outros lugares como Netflix ou outro canto. Eu vi pelo PopcornTime.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Teclado Corsair K95 Chroma

5555555555555555555555

Fala terráqueos, como vão vcs? Espero que estejam bem. Eu tô legal… como vcs sabem (se não sabem fiquem sabendo agora) eu tirei quatro dias de folga para descansar e só depois disso que eu vou enfiar a cara nos cadernos novamente porque eu não quero ficar doente novamente. Eu já tenho diversas razões na vida para ficar doente, eu não preciso de mais uma… então estou sendo prudente e vou retomar os estudos na segunda. Hoje é sábado… meu terceiro dia de folga, ainda tenho amanhã e depois segunda a gente enfia a cara no caderno novamente.

Mas hoje não é sobre nada de estudos que eu quero falar, vamos falar de nerdices que eu sei que vcs nerds estavam com saudades… eu também… infelizmente eu tô em contenção de despesas, eu tô economizando grana e não pretendo comprar nenhum gadget novo nos próximos meses então os posts nerds como este vão ficar meio escassos… as nerdices não hão de faltar mas muito provavelmente não serão referentes a equipamentos… Entretanto hoje ainda não é o dia…

87480_1490275395_gg

Como vcs já devem ter visto pelas fotos, hoje vamos falar de um teclado. É um teclado gamer mecânico da Corsair. Mais especificamente o K95 RGB como vcs podem ver na imagem da caixa mais abaixo no post. Meu teclado da Razer (que está temporariamente guardado… mas eu tenho planos malignos para ele… aguardem) é muito bacana, eu amo ele de paixão mas ele é de membrana… e eu estava afim de comprar para mim um teclado mecânico faz um tempo já. Por quê? Primeiro a durabilidade, segundo a resposta e terceiro porque eu sou da velha guarda, eu me lembro do som bacana que fazia os teclados mecânicos de antigamente e eu tinha saudades.

Aliás… eu curto tanto o barulho antigo que eu também tenho uma máquina de escrever. Eu tenho uma Olivetti Linea 98. Que tá guardada na casa do meu pai… porque por hora eu tô sem espaço para ela, mas em breve eu vou resgatá-la hahahaha. Meu pai até queria dar, ou vender ou se livrar dela não sei mas eu falei pra ele não fazer isto até mesmo porque ela foi presente da minha mãe para mim. Tem valor sentimental… me julguem.

87480_index_gg

Anyway… faz uns meses que eu tô com esse teclado mecânico, e a diferença dele pra um teclado de membrana, para quem digita pra caramba como eu é gritante galera. Primeiramente deixa eu dizer que existem diversos tipos diferentes de teclados e de Switch mecânicos. Eu não vou explicar nada sobre isso, se vcs quiserem saber mais tem diversos videos no YouTube dando aulas sobre isso. Depois mais pra frente eu falo das teclas… antes de mais nada deixa eu dizer que assim que vc tira da caixa vc percebem a qualidade do material do teclado. O material dele é bem, Premium ele é bem pesado, ele é em sua maior parte de alumínio escovado e algumas poucas partes de plástico, mas não é um plástico vagabundo é um material bem de qualidade.

O Cabo é bem grosso e protegido com aquele cadarço trançado, ele é tão grosso e protegido que chega ser complicado dobrar e manusear ele… Então vc logo percebe que não é um teclado que vai romper, trincar nem nada. Então todo o conjunto de materiais usados no teclado te dão aquela sensação de que vc comprou uma coisa de qualidade. O teclado é bem caro… o preço dele varia entre 700 e  1200 reais… (ai, que facada Shao pois é…), esse modelo que eu peguei é o modelo em Português o ABNT2 com a tecla dedicada ao cedilha… e incrivelmente este modelo estava 300 reais mais barato que o modelo em inglês quando eu comprei.

21017484_10214620785133730_1904395041_o.jpg

§

21017727_10214620782733670_1393239347_o

Falando agora das teclas mecânicas que para mim são as estrelas deste teclado. Este teclado tem um Switch Cherry Red que é o mais ‘leve’ e menos barulhento. Ele tem sim um barulho característico do teclado mecânico mas ele não é tão barulhento quanto outros tipos de conectores. E ele é um dos mais sensíveis que eu testei. Que quer dizer que vc não precisa apertar a tecla até o final para ele te dar uma resposta. Para digitar textos imensos que é para o que eu mais uso é muito bom porque ele te dá uma fluidez imensa na digitação para jogar ele te dá uma resposta bem rápida também, mas pode irritar um pouco num jogo que necessite de mais precisão. Eu não sou gamer profissional e não jogo tanto… então esta segunda parte não me incomoda muito.

Outra coisa que vcs podem ver pelas imagens é que este teclado é todo retro iluminado. E ele é RGB ou seja, vc pode programar entre milhões de possibilidades possíveis. Ele tem três níveis de iluminação e o brilho dele é pelo menos umas duas vezes maior que o do meu Razer. Para quem é cegueta e gosta de digitar no escuro como eu… é perfeito. As teclas não são pintadas, os números e letras são transparentes, então não tem essa de com o tempo vai sumir o que está escrito nas teclas… como vcs podem ver nas imagens em detalhe acima e abaixo. E ele tem diversos efeitos bem bacanas pré carregados que vc pode usar, e vc pode criar efeitos novos e mandar pro site da Corsair. E vc pode também baixar efeitos criados por outros usuários.

21017842_10214620783533690_1796241230_o

Outra coisa bem bacana em se tratando das teclas, que vcs podem ver em destaque na imagem abaixo é que ele tem 18 teclas de macro, pra vc programar o que quer que vc queira nelas. Tanto movimentos de jogos, quanto ações de programas de edição de imagem, de texto de sistema operacional. E diferentemente do teclado da Razer vc pode programar também funções extras para as teclas “normais” do teclado. Então na prática ele não tem apenas 18 teclas programáveis pois o software dele te permite programar todas as teclas dele livremente. Então as possibilidades de programação para ele são infinitas, sem vc sequer precisar trocar de perfil como era o caso do Razer.

Entretanto ele também te oferece esta possibilidade de programar perfis, sendo que vc pode auto acessar três perfis pelo próprio teclado e um botãozinho MR pra vc gravar uma macro sem ter que abrir o programa, vc só cila nele e grava a macro e pronto. Mas de acordo com o fórum da Corsair vc pode criar infinitos números de perfis para seu teclado o que expande suas possibilidades de combinações para o infinito e além como diria Buzz Lightear (é assim que escreve??? Não sei… esse desenho não é do meu tempo…). Outros botões físicos que ele tem que são bem úteis… ele tem botões multimídia dedicados de volume, play, pause. E ele tem dois botões úteis, um para travar a tecla Windows para vc não acioná-la acidentalmente enquanto joga e outra pra vc controlar o nível de iluminação das teclas. E ainda tem um Switch na parte traseira do teclado para vc alterar os hertz do teclado sem tem que mexer no programa, para mim este botãozinho não é tão útil, acho que ele é mais pra quem gosta de configurar tudinho e tal.

21035022_10214620783173681_454406488_o.jpg

Bom, e o que eu acho do teclado até agora? Eu estou amando… ele é bem rápido, bem responsivo, ele tem aquele treco chamando anti-ghosting que é um fator que ajuda a tecla não travar na hora de jogar ou de digitar. Desde que eu optei por usar os equipamentos que eu estou usando eu não tive mais tanto problema com a minha tendinite. Eu esqueci de falar umas coisinhas, ele tem um apoio para pulso que é bem bacana… amo. Outra coisa que eu esqueci de falar sobre ele… que é sobre o cabo dele… que é uma coisa, duas coisas aliás, que eu não curti… pro teclado funcionar vc tem que usar duas portas USB, uma alimenta o teclado mesmo as funções e a outra pra alimentar as lâmpadas USB. E os conectores não são banhados à ouro como os da Razer.

A única desvantagem mesmo é ocupar duas portas USB do meu PC. Felizmente o meu PC tem bastantes entradas USB. Mas para um PC que tem entradas limitadas é uma coisa a se pensar. A Corsair e outra empresar poderiam resolver esta questão de dois conectores USB né? Outro pequeno probleminha que eu tive com o teclado foi que semana passada ele deu a louca e ficou digitando sozinho a mesma letra e travando meu PC… mas… tudo se resolveu depois quando eu fiz a atualização do programa da Corsair e ele parou de frescura.

21057098_10214620784373711_165520558_o

O programa da Corsair o Corsair Cue, também é bem simples de usar, é bem similar ao programa da Razer, o Razer Sinapse. E alí galera, as duas empresas estão alí pau a pau elas competem bastante entre si… eu ainda não tive a oportunidade de testar um teclado mecânico da Razer meu teclado da Razer é de membrana. Mas assim, eu tô curtindo muito meu teclado mecânico. Tá atendendo pra caramba minhas necessidades. 

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Causos de Família: Eu perdi meu irmão! #4

achados

Fala terráqueos, beleza? Espero que vcs estejam bem. Eu tô legal… eu comi uma fritura alguma coisa que me fez ficar ruim do estômago, eu tô melhorando mas ainda não estou cem por cento. Aparentemente meu organismo está tão habituado com a dieta que eu tenho imposto a ele nos últimos tempos que quando eu saio da linha eu passo mal… quem merece? Aparentemente eu mereço.

Hoje foi o dia de praticar o nadismo, eu tinha que acordar e fazer um monte de coisa mas eu resolvi ficar em casa, ficar na minha cama e não fazer nada. Aparentemente era o que eu precisava para meu estômago melhorar… comer direito de novo, tomar uns remédios e descansar. Não ficar me estressando com nada… eu acho que todos os problemas de saúde que eu tive ultimamente estão intimamente conectados ao estresse… e toda a vez que eu resolvo abraçar um monte de coisas para fazer eu fico doente de novo, então… hoje eu tirei o dia para não fazer nada. Eu acordei cedo, tomei um banho, tomei café, troquei de pijama e voltei pra cama hahahaha sério! Coloquei uns filmes no PopcornTime para ver e foi isso que eu fiz o dia todo.  

Agora tô escrevendo aqui no blogue enquanto eu estou assistindo uma série nova original da Netflix chamada MindHunter. Muito boa… recomendo. Mas, como sempre nem era disso que eu queria falar no post de hoje… eu queria completar a saga de histórias das vezes que eu perdi os meus irmãos por aí no mundo quando eles eram pequenos. Essa foi a quarta e última vez que eu perdi um deles hahahahaha, até mesmo porque eles começaram a ficar grandinhos e andar mais sozinhos por aí, terem mais autonomia… portanto minha companha ficou obsoleta e desnecessário.

Essa última vez não foi nenhuma tragédia nem tão estressante quanto das outras vezes. Eles tinham acho que uns sete e oito anos. E a minha mãe me deu dinheiro para comprar sapatos novos para os dois, porque o ano letivo estava para começar. E quando a gente não tem muita grana isso significa ir para um shopping bastante popular e andar todas as lojas vendo todos os preços e modelos de sapatos e então comprar aquele que fosse o melhor custo benefício, que durasse o ano todo e estivesse dentro do orçamento. E como vcs devem imaginar isso não é um trabalho de pouco tempo… horas… andando o Shopping todo.

Então lá estávamos nós, andando e andando, indo de loja em loja olhando os sapatos e eu estava focada em encontrar os sapatos e ver os preços, e eles estavam soltos e andando do meu lado. E o Cezar, sempre com a cabeça no mundo da lua e hiperativo que ele só ficava correndo para lá e para cá distraído. E nessas eu entrei numa loja, se passagem para ver melhor um tênis lá… e o Cezar distraído passou por mim e continuou andando pelo corredor.

Cinco minutos depois eu olho para um lado, olho para o outro e… cadê o moleque? Só tava eu e o Carlos parados olhando a vitrine. Eu saio da loja e dou uma escaneada no corredor e lá estava ele, andando de um lado pro outro, desesperado me procurando, com as mãos apertando uma na outra e a mesma cara de medo que ele ficou quando eu perdi ele no Walmart.

Daí eu saí para fora da loja e coloquei as mãos na cintura e chamei ele… Daí ele vira e me vê e dá aquele sorriso que era meio alívio e meio cara de culpado que tava correndo pra lá e para cá de novo. E de novo com a cabeça no mundo da lua. Ele me disse depois que foram uns cinco minutos muito, muito longos para ele hahahahahaha. 

Vou terminando este post por aqui, espero que vcs tenham curtido… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Como foi a Prova da Ordem Shao?

oab

Fala terráqueos como vão vcs??? Espero que vcs estejam bem! Antes de mais nada se vc está lendo este texto no Facebook Clica no link aqui embaixo para ler o texto completo. Eu tô legal… o post de hoje é rapidinho, só pra atualizar o de ontem porque eu já tinha publicado o post mensal de ‘como vai a minha vida’. Porque ontem mesmo… à tarde saiu o resultado final do Exame da Ordem e adivinhem… eu não passei por dois pontos… nem tô mentindo podem ver na imagem abaixo.

24726275_10215547657304955_1087717025_o

Mínimo que vc tem que acertar para ir para a segunda fase é 40 e eu acertei 38. Apesar de ser chato ter batido na trave eu tô bem contente porque eu acertei bem mais do que eu tinha esperado. No simulado que eu fiz há dois meses atrás eu havia acertado 32… então houve um pequeno progresso nesses meus dois meses de estudo.

Outra coisa que me fez ficar bastante otimista com o resultado foi que eu não pego nos livros de Direito para estudar tem sete anos galera. E agora eu tenho quatro ou cinco  meses pela frente, para estudar mais um pouquinho e tentar novamente em Abril… que é a data prevista para a nova prova. E eu vou começar a estudar com um pouco mais de afinco e mais horas por dia e tomara que na próxima vez eu consiga ir para a segunda fase.

No dia da prova eu realmente não achei que a prova estivesse desesperadoramente difícil. Nível de dificuldade estava de médio para difícil. Então não foi uma prova fácil, mas não estava uma prova impossível, como disseram que tinha sido a prova anterior. O que eu errei eu errei porque eu não sabia mesmo. Não teve essa de… ahhhh eu caí na pegadinha, eu errei porque eu não sabia, porque eu não estudei. Podia ter acertado se tivesse estudado mais. Na próxima prova eu espero estar um tanto quanto mais preparada, espero…. baseada nesse número de acertos… pelo menos continuar nessa crescente e por conseguinte ir para a segunda fase.

De qualquer forma eu já tinha me programado para estudar este ano todo para este objetivo. Não ter conseguido da primeira vez não vai me desanimar (espero hahahaha). Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

 

Diário de Bordo: Como vão as coisas Shao?

cvv

Fala terráqueos, como vão vcs? Eu tô legal… primeiro dia das minhas férias, como eu poderia não estar bem??? Primeira vez em anos que a mudança de horário para horário de verão não me incomodou. Primeiro porque foi num feriadão prolongado, segundo porque eu tô de férias… mexeu com o meu sono? Mexeu! Foi ruim? Não porque eu não tive que ir trabalhar hoje, se eu tivesse que acordar cedo para ir trabalhar certeza que eu estaria um caco. Eu vou ficar um caco quando acabar o horário de verão… eu nem sei aliás até quando vai o horário de verão.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar. Chegamos novamente àquele dia do mês que eu escrevo mais ou menos um resumo do que se passa na minha vida no momento porque… na verdade só para justificar o nome do blogue que é Diário de Bordo da Shao ahahahahaha.

Então, Shao… o que mudou de um mês para cá? Na verdade não muita coisa… eu continuo aguardando o resultado da minha prova final, vai demorar mais um mês para ela sair vcs estão lendo este post em dezembro mas eu tô escrevendo em Outubro (Atualização, a nota já saiu, eu já fui aprovada, agora aguardando o certificado). Eu tinha começado a estudar para o Exame da Ordem que quando vcs estiverem lendo este post eu já devo ter feito (eu fiz a prova, fui melhor do que eu esperava e hoje sai o resultado final para eu saber se eu fui ou não para a segunda fase). Mas acontece que uma semana após eu ter escrito o post do mês passado falando qual eram meus planos para o mês seguinte eu fiquei do nada assim, muito muito doente.

Quer dizer, não foi do nada, eu não estava me sentindo cem por cento já fazia mais ou menos um mês. Eu me desgastei para caramba de Janeiro até Agosto por conta da pós-graduação, por conta do TCC. E da última vez que eu passei por um estresse parecido foi quando eu terminei a faculdade de Direito e eu fiquei muito, muito doente. Cheguei a ficar internada. E eu estava bastante temerosa de acontecer a mesma coisa agora no final deste curso. E olha… não cheguei a ficar internada mas eu fui, de novo parar no hospital. Fiquei quatro dias de cama e duas semanas me sentindo muito mal e tomando remédio, antibiótico, anti-inflamatório. Então eu nem fui para a academia, nem estudei nada… praticamente não fiz nada do que eu tinha planejado.

Eu ainda estava trabalhando, não estava de férias. Mas eu tava tão mal que eu levantava de manhã, ia trabalhar me arrastando e no final do dia quando eu chegava em casa eu tomava um banho e caia na cama completamente esgotada. Eu mal tinha forças para levantar da cama para jantar para vcs terem uma ideia. Felizmente logo veio o feriado e as férias coladas nele… Então eu resolvi que eu precisava mesmo era descansar e que nos quatro dias do feriado eu não ia fazer nada, não ia me estressar com academia, estudos blogue, nada… eu ia ficar quatro dias em casa de pernas para o ar para realmente melhorar.

Para mim é complicado conseguir não fazer nada por tantos dias eu fico com aquele sensação horrível de que eu estou perdendo tempo, que eu poderia estar fazendo isto e aquilo. Mas eu tive que me obrigar a pegar leve nesses dias porque essas doenças dores era nada mais nada menos que meu organismo acenando o sinal de alerta para mim. Então nos últimos dias eu comi direito, dormi bastante, coisa que eu não fazia faz tempo… que era deitar na cama para dormir e só acordar quando eu não estivesse mais com sono… eu não fazia, isso coloquei algumas das minhas séries em dia hahahahaha.

Mas como eu sou neurótica eu não consegui ficar todos os quatro dias sem fazer nada, no domingo eu acordei cedo sem nem precisar de relógio para me despertar. Estava um diazinho perfeito, frio… garoando. Eu tomei um banho, tomei meu café da manhã e enfiei a cara nos livros, fiquei praticamente o domingo todo estudando. Revendo matéria e o melhor eu não me senti exausta no final do dia. Hoje, segundona eu tinha planejado acordar cedo ir para a academia e depois voltar para casa mas, primeiro, eu acordei depois do planejado.  Segundo, tava chovendo e meu irmão acabou indo trabalhar com o carro então para ir para a academia eu teria que ir de busão. Então a preguicite de férias tomou conta de mim hahahahaha.

Então eu reorganizei aqui minha agenda e talvez eu ainda vá para a academia hoje, depende da hora que o meu irmão chegar em casa e depende do nível da minha preguiça. Caso eu não vá eu vou aproveitar mais este dia frio e de garoa para escrever aqui para o blogue e para estudar mais um pouquinho. Eu preciso seriamente tirar um dia dessa semana, muito provavelmente na quarta-feira, para fazer uns exames de sangue que eu preciso fazer e depois marcar umas consultas pro mês que vem.

E quais são os planos para o próximo mês… até o próximo post detalhando meus dias, meus planos e o que tem acontecido na minha vida. Não tenho muitos, o plano mais fixo que eu tenho na verdade é aproveitar minhas férias para descansar, porque tem dias que eu ainda acordo e me sinto bem cansada. Então quero recuperar as minhas baterias, se me der preguiça eu não vou pra academia e não vou fazer nada para me exaurir. Tenho planos de tentar fazer tudo o que eu tenho na minha agenda, sem me cansar muito… e tenho planos de estudar para a prova do mês que vem.

O ano está acabando e eu geralmente procuro não fazer muitos planos para o final do ano… eu tento concluir os planos em andamento que eu tenho para tentar dar início a coisas novas no ano que se segue. Entonces o post do mês que vem já vai ser ano novo, já vai ser 2018 e até lá eu provavelmente espero ter novos planos, novas notícias…

Vou terminando este post por aqui, porque ele ficou bem maior do que eu tinha antecipado… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao