Nerdices: Fazendo Backup das Fotos do Celular…

OneDrive Logo

Fala terráqueos, como vão vcs? Eu tô legal… última semana de folga… semana que vem eu volto à labuta. Mas hoje o dia foi cansativo, eu acordei não tão cedo. Eu queria ter acordado mais cedo mas eu fui dormir três horas da manhã ontem então hoje de manhã quem disse que a pessoa acordou antes das onze e meia? HAHAHAHA. Daí eu e o Carlos fomos fazer compras porque tava precisando já… e pela primeira vez eu fui comprar no Atacado. Tem um atacado aqui perto de casa que também vende a varejo, e os preços estão mais em contas que os supermercados aqui perto de casa.

Depois a gente voltou para casa e e guardamos todas as compras, eu tive que organizar tudo porque tava uma bagunça, porque o Cezar que guardou da última vez e a organização dele é meio doida. Depois eu fui fazer o almoço. Daí eu fui almoçar e colocar meus ursos de pelúcia (alguns) para lavar. Terminei tudo eram umas quatro da tarde. Daí quando deu umas seis eu sentei aqui para estudar. Estou assistindo as aulas enquanto eu estou escrevendo este texto.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar hoje… eu hoje queria falar de nerdices (para variar né Shao?). Faz pouco tempo eu tive que ir a um show (do Bryan Adams, tem post sobre isso clique aqui para ver) e eu não queria levar câmera porque minha câmera é muito grande, eu queria comprar uma câmera menos mas eu tô sem grana no momento, então eu levei meu celular que tem uma câmera muito da boa.

Mas ambos meus celulares estavam com as memórias lotadas de coisas então o que eu tive que fazer? Eu tive que fazer um backup de todos os vídeos e fotos e arquivos que eu tinha nos aparelhos pra limpar todos esses arquivos dos aparelhos para ter espaço na minha memória para eu poder tirar fotos e gravar vídeos. E como, por causa da assinatura que eu tenho do Office 365 (eu já falei sobre isso aqui também não sei se este post já foi publicado, acredito que não… mas certeza que tá agendado…) eu tenho nada mais nada menos que 1TB de espaço na nuvem no One Drive da Microsoft.

Então eu peguei e fui pesquisar e é bem fácil fazer backup de qualquer aparelho móvel para a nuvem. Como eu tinha coisa para caramba, foi demorado. Por isso o ideal é quando vc comprar um celular novo, se vc tiver um serviço de armazenagem em nuvem (pode ser o One Drive, pode ser o Google Drive, pode ser o Dropbox) vc configura já seu aparelho para fazer upload automático de todas as fotos que vc for tirando durante o dia. Eu configurei meu One Drive para fazer upload pra nuvem de todas as imagens automaticamente, então se amanhã ou depois eu precisar apagar tudo, sem problemas porque já está tudo salvo lá na nuvem.

Mas algumas coisas, algumas fotos, alguns videos, eu tive que fazer upload em blocos. E como era coisa pra caramba, eu levei dois dias para cada celular para conseguir salvar tudo numa pasta específica na Nuvem. Mas valeu a pena… eu salvei tudo de legal que eu tinha e limpei bastante a memória do celular. Aproveitando que os celulares estavam praticamente limpos eu já configurei para fazer upload automático de videos, imagens e documentos. Para me economizar tempo no futuro, para eu não ter que perder tanto tempo fazendo backup novamente.

Eu não vou ficar explicando aqui passo a passo de como faz primeiro, com imagens e o caramba porque é bem simples na verdade. E segundo porque tem diversos tutoriais no Youtube. Mas para ativar a opção de salvar automaticamente é bem simples, vc abre o app do Onde Drive, faz login com sua conta da Microsoft (hotmail ou outlook mail) e vai em configurações, depois em opções e ativa a opção carregamentos. Lá vc pode escolher, se vai fazer esses uploads qdo o WiFi estiver ligado, se vai fazer esses carregamentos quando o celular estiver conectado no carregador.

E vc pode também… diretamente pelo seu app de galeria (do Android ou do IOS), enviar uma cópia daquela foto, daquele arquivo para o One Drive. É bem simples… vc abre sua galeria, abre um álbum qualquer, seleciona as imagens que vc quer mandar para a nuvem e clica na opção compartilhar. Vai aparecer uma lista de apps, entre eles o One Drive, vc clica no app e escolhe onde salvar (em que pasta dentro da sua nuvem) e confirma e pronto… ele leva um tempinho mas os arquivos vão ser enviados para a nuvem e vc já pode deleta-los do seu celular.

É uma mão na roda essas ferramentas porque primeiro, seu celular pode pifar, morrer e vc não vai ficar sem seus arquivos. Seu celular pode ser roubado e vc não vai ficar sem suas fotos nem nada. Vc pode perder seu celular… mesma coisa. Vc colocando no One Drive vc pode acessar esses arquivos de onde vc quiser. Vc pode tirar um monte de fotos para fazer uma review qualquer de um Gadgets que vc tá testando e vc pode acessar essas imagens depois na nuvem, do seu PC ou do seu Notebook sem ter que conectar o celular via cabo ou via Bluetooth (quando eu escrevo sobre nerdices aqui e coloco fotos que eu tirei é assim que eu faço gente… é bem prático!).

Vou terminando este post por aqui, espero que vcs tenham curtido este post nerd. Vira e mexe tem mais, fiquem ligados. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Eu vou ver o Bon Jovi!!!

eI057558
Fala pessoas tudo bem com vcs? Beleza! Comigo tudo ótimo!!! E sabe porque tá tudo ótimo comigo? Porque eu tô de férias hahahahaha. Mentira, não é só por isso… é porque eu tô de férias, por conseguinte eu tô conseguindo descansar bastante… eu não viajei nem fui para lugar nenhum, mas eu comi direito, dormi até tarde, fiz só coisas que eu gosto de fazer, dei um tempo para mim mesma… ou seja, acabou-se o estresse e a estafa que estavam me consumindo…

Outra coisa boa é que eu não tô doente. Pode ser que eu fique doente mas no momento não estou hahahahaha e uma terceira coisa que está me deixando bastante animada é que… Vcs já devem ter adivinhado pelo título do post né? Mas a verdade é que… EU VOU NO SHOW DO BON JOVI!!! YAY!!! Olha só os meus ingressos já em mãos na foto abaixo!!!

Eu não sou extremamente fã da banda Bon Jovi, como eu sou do Roxette por exemplo. Mas eu acompanho a carreira deles desde os anos noventa, desde que eu tinha uns 14 anos e por conseguinte era adolescente e quando eu era adolescente eu achava o Jon Bon Jovi lindo hahahahaha (Adolescentes!). Então eu tenho quase todos os CDs e conheço quase todas as músicas… os últimos dois álbuns eu curti mas não muito, não ouvi tantas vezes e não sei as músicas de cor, então eu posso dizer que não sou uma fã hardcore, mas sou uma fã que acompanha de perto a carreira da banda.

18814550_10213706061066200_1859619116483340887_o.jpg

Uma pena o Richie Sambora não fazer mais parte da banda, eu o acho um cantor muito bom e um guitarrista extraordinário. Mas, quando as pessoas deixam de se entender dentro de uma banda, que passa tanto tempo junto gravando e depois fazendo turnê… não tem mesmo muita coisa para se fazer. Apenas lamentar mesmo.

De qualquer modo, Bon Jovi é uma das bandas que eu sempre quis ver ao vivo e finalmente depois de tantos anos eu vou vê-los. Eu vou de pista comum primeiro porque eu sou pobre, segundo porque eu não pagaria 700 reais para ver de perto artista nenhum no mundo hahahahahaha. Quer dizer… eu não gastaria este valor neste momento da minha vida porque eu não tenho essa grana para gastar, se eu tivesse talvez eu gastasse… não sei…

bonjovi

A minha história com a Banda Bon Jovi tem uns capítulos interessantes. Quando eu tinha meus 14 anos eu e minha prima adorávamos as músicas e ficávamos curtindo os CDs e a gente sempre se questionava, como seria legal se o Bon Jovi viesse para o Brasil e nossos pais deixassem a gente ir juntas no show. Muitos anos se passaram e eu estou indo Yay! Minha prima não vai, ela se casou, foi mamãe e se mudou de São Paulo recentemente. Na vida dela agora tem coisas muito mais importantes que o Show do Bon Jovi.

Outra história bem bacana que eu tenho com a banda é que… uns anos depois, meu irmãozinho caçula que andava colado comigo para lá e para cá e ouvia todas as músicas que eu ouvia, começou a balbuciar a letra de uma das músicas do Bon Jovi, que na época tocava direto na MTV. Eu ouvi aquilo… ele mal sabia falar direito… mas eu peguei ele, e fiquei uma semana, ensinando ele cantar a música “Someday I’ll Be Saturday Night” e ele aprendeu tão direitinho que até minhas amigas professoras de inglês se impressionaram com a pronúncia dele.

bonjovi1

O tempo passou e a gente cresceu. Na verdade ele cresceu e eu fiquei velha hahahahaha. E a gente teve que passar muita coisa ruim juntos, com a doença do meu avô, depois o falecimento dele, em sequencia a doença da minha mãe e o falecimento dela… e todo o tempo depois que levou para a gente se reerguer, tanto emocionalmente quanto financeiramente… anyway, a gente passou muitos, mas muitos maus bocados juntos.

E a letra dessa música fala exatamente sobre isso. Ela conta histórias de pessoas que estão passando pelo pior momento das suas vidas. Mas ao mesmo tempo, mesmo a vida estando naquele lugar tão ruim… eles tem esperanças… e o refrão canta…

“Hey man, I’m alive, I’m taking each day and night at a time. Yeah I’m down but I know I’ll get buy. Hey hey hey hey, man gotta live my life. Like I ain’t got nothin’ but this roll of the dice. I’m feelin’ like a Monday, but someday I’ll be Saturday night.”

Que para quem não entende inglês: “Hei cara, eu estou vivo, eu estou vivendo cada dia e noite a seu tempo. Sim eu estou para baixo mas eu sei que vou passando. Hey hey hey hey cara eu tenho que viver a minha vida. Como se eu não tivesse nada a não ser essa jogada. Eu estou me sentindo como uma Segunda-feira, mas um dia eu ainda serei um Sábado à noite.” 

bon-jovi1

Por muito tempo, durante o período mais sombrio da minha vida eu achei que eu jamais seria novamente feliz, que eu jamais seria novamente um Sábado à noite. Porque… eu estava lá embaixo… mas eu sei o que quer dizer ter esperança no amanhã… eu ainda não sou um Sábado à noite. Acho que atualmente eu sou uma sexta-feira depois do expediente… hahahahahahaha. Mas, para quem foi uma segunda-feira por tanto tempo… eu acho que eu estou a caminho de ser um Sábado à noite…

E no dia 23 de Setembro… um sábado à noite… eu e meu irmão vamos estar lá na pista da Arena Allianz Parque ( o estádio do Palmeiras ) e quando tocar essa canção (se tocar, eu espero que toque hahahahaha) eu e ele vamos cantar bem alto até ficarmos sem voz e vamos acreditar mais uma vez que… podem haver segundas-feiras nas nossas vidas, mas que temos que manter a esperança que um dia… não importa o quão difícil seja ou quanto tempo demora, um dia seremos novamente um Sábado à noite.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Filmes – It (A Coisa)

it4

Fala terráqueos como vão vcs? Eu tô legal, eu acordei tarde de novo (me deixem que eu ainda tô de férias… eu sei que eu vou sofrer daqui uma semana quando voltar o ano letivo trabalhista hahahahahaha mas deixa eu aproveitar enquanto eu posso) daí eu tomei um banho, tomei café da manhã (em pleno meio dia) coloquei a roupa para lavar, assisti uns videos no YouTube, dei uma organizada nos meus textos do blogue e agora estou escrevendo este texto enquanto assisto o jogo do Corinthians vs São Paulo (Carlos Corintiano e pai SãoPaulino assistindo o jogo na sala hahahahaha), quero escrever pelo menos uns três hoje. Eita São Paulo marcou, deixa eu parar de assistir senão Carlos vai me acusar falando que eu tô dando azar pro time hahahahahaha.

Mas, como sempre, nem era disso que eu queria falar hoje. Eu queria falar do filme “It (A coisa)” um clássico cult do terror. Eu estava escrevendo e assistindo videos de análises de filmes e tal no YouTube e o pessoal estava falando de como muita gente que curte terror e que curte Stephen King está ansioso pelo remake deste clássico dos anos noventa. Então como eu nunca vi o filme, eu resolvi baixar via torrent (porque é só assim pra ver esse filme) para assistir.

E eu sou uma pessoa que curte filme de terror e curte Stephen King mas vejam só, eu nunca li o livro nem nunca vi o filme de 1990 inteiro, eu sempre assistia o começo dele e ficava… que filme besta… porque eu tô assistindo isso? E por que eu nunca me interessei de ver o filme até o final? Porque eu era outra pessoa na época… eu devia ter o quê… uns 15 anos em 1990. É… 13 ou 14. E a ideia de um palhaço no terror não fazia muito sentido para mim na época. Eu nunca entendi porque tinha criança que tinha tanto medo de palhaço… eu nunca tive.

Na época eu nunca tinha lido um livro do Stephen King, na época eu não tinha conhecimento de casos de palhaços aterrorizantes, como o caso do serial Killer John Wayne Gacy (se vc curte True Crime clique aqui para ver um vídeo sobre o serial killer – Freak TV um dos melhores canais de terror e True Crime do YouTube, uma pena que atualmente canais deste gênero quase não tem nada de monetização em seus vídeos por conta da nova política de monetização do YouTube). Que era um cara que se vestia de palhaço e era assassino em série. Tá certo… se eu soubesse tudo isso na época eu certamente teria meno de palhaço também hahahahaha.

it3

Então eu resolvi depois de vinte e tantos anos assistir o filme e o que eu achei do filme??? Isso vai ficar para o fim do post… eu vou comentar o filme sem me preocupar muito com Spoiler porque vamos e convenhamos gente, o filme é velho para caramba, se vc ainda não viu (como eu não tinha visto hahahahaha) não pode reclamar de spoiler. Mas Shao, vai sair a versão nova não me dê spoiler pelamordedeus. Não vou dar spoiler do filme novo, certeza que o filme novo vai ter uma nova roupagem, um foco diferente pra trazer uma surpresa… fiquem sossegados. Agora se vcs quiserem ver o filme antigo sem surpresas vão lá ver o filme primeiro e depois vcs voltem aqui e a gente retoma nossa conversa beleza? Tchau… até mais…

Já voltaram, posso continuar??? Beleza… continuando! A história é basicamente assim… numa cidadezinha bem pequena chamada Derry crianças começam a desaparecer e depois aparecem mortas, completamente dilaceradas e espedaçadas… O filme já começa com uma criancinha saindo de casa para brincar com um barquinho de papel na chuva e o palhaço do mau pega a criancinha… parte mais triste do filme ver o pequeno Georgie sendo pego pelo bicho do mau! A imagem icônica acima do palhaço no bueiro é parte da cena que o satanás pega o molequinho.

Mas essa história das crianças desaparecidas e mortas, fica meio que em pano de fundo. Uma coisa que eu estranhei justamente é que a polícia parece não estar nem aí, não quer saber de investigar nada e a cidade toda também tem uma atitude bem foda-se com as crianças que estão morrendo. Então vc se toca que… a cidade toda é amaldiçoada há centenas de anos e esse palhaço maledeto assombra o local. Fala um pouco sobre a história da cidade no filme e a cada 30 anos parece que A Coisa acorda e mata um monte de pessoas, enche a pança e depois ela hiberna por mais 30 anos.

it

Antes de continuar falando do filme deixa eu fazer uma observação, a coisa mais terrível para mim desse filme são os dentes deste palhaço hahahahahaha. Eu tenho agonia de dentes amarelos, podres… coisados… O meu problema não é nem os dentes dele serem pontudos… meu problema é eles serem amarelos e podres. Eca! Continuando… Então depois que temos essas mortes e tal o foco da história muda e pouco a pouco nos vão sendo apresentados sete personagens… que são sete crianças (gente, o filme é longo para caramba… são três horas de filme… eu quero ver quantas horas vão ser a nova versão espero que seja mais enxuta) e cada um deles se revela e então mostra o encontro da criança com A Coisa.

Primeira coisa que notamos… que para cada criança A Coisa (chamaremos o palhaço de A Coisa daqui em diante) aparece de um determinado modo, ele aparece como o palhaço Pennywise (acho que é assim que escreve), masss ele também aparece como algo que aquela criança especificamente tenha muito medo. Como eu disse nem todas as crianças tem medo de palhaços. Aparentemente A Coisa gosta de aterrorizar as suas vítimas antes de as matar porque ‘elas tem gosto melhor quando estão paralisadas de medo’. Comigo essa porra desse palhaço ia se dar mal o que eu ia dar de voadora nele mano…

Daí as sete crianças, que são crianças que não se encaixam muito bem no mundo, são nerds, gordinhos, gagos, etc. Se juntam e formam os sete amigos. E eles se denominam “Os Sete Sortudos” porque eles sobrevivem aos ataques de terror da Coisa, e quando eles estão juntos, a amizade deles meio que protege eles da Coisa. Parece que o poder de aterrorizá-los da Coisa fica mais fraco quando eles estão juntos e talvez seja por isso que eles sobrevivem. Eu não vou contar como eles sobrevivem, vcs vão ter que assistir o filme para saberem hahahahaha. E quando eles sobrevivem eles fazem um juramento… se um dia A Coisa voltar, reaparecer eles devem voltar, de onde estiverem para combater A Coisa.

it2

Acontece que trinta anos se passam, cada um deles se mudou para um lugar diferente. Apenas um deles ficou na cidade… como bibliotecário. Então um dia, todos eles estava vivendo a sua vidinha cada um num canto dos EUA quando eles recebem uma ligação do único dos sete que ficou na cidade. E todos eles largam tudo o que estão fazendo e retornam para a cidade para mais uma vez enfrentarem juntos e desta vez se certificar que A Coisa está morta.

Quase todos eles na verdade… um dos sete, sofreu um trauma tão grande da primeira vez que quando ele recebe a ligação ele simplesmente vai para o banheiro e se mata. Só seis retornam para a cidade de Derry. Quando eles chegam lá eles percebem que a cidade toda é amaldiçoada que durante o tempo em que eles estiveram distantes a memória do que aconteceu com eles naquele verão meio que se apagou e ela só retorna completa para eles quando eles estão os seis juntos na cidade. Então eles levantam a história da cidade e a história da coisa e eles descobrem que a cada trinta anos acontece uma espécie de massacre na cidade e que o único ano que não houve essas mortes em massa foi o ano que eles impediram A Coisa. Então eles se juntam e vão caçar a coisa lá dentro da toca dela!!! Agora adultos… e eu não vou falar mais nada porque este post já está gigantesco e eu não quero estragar o plot do filme.

Durante todo o tempo que eu estava assistindo ao filme eu não fiquei nem um pouco com medo, nem tomei nenhum susto. E os defeitos especiais são péssimos hahahahahaha. Mas, deixa eu confessar que eu tive pesadelos depois a noite inteira, coisa que não me acontecia por causa de um filme de terror há anos. É por isso que Stephen King é o rei do terror galera mesmo quando o filme é ruim. Porque na verdade o verdadeiro terror que A Coisa impõe às crianças protagonistas do filme é o terror psicológico. Ele fica invadindo a mente, e aterrorizando o filme todo. E vc sente aquele terror, quando ele vai aparecer? Eu não estou livre nem dormindo nem acordado, eu não estou livre em lugar nenhum, lugar nenhum é seguro. E meus pesadelos foram justamente sobre isso, não estar seguro em lugar nenhum.

O que eu não curti do filme. Os defeitos especiais são péssimos, o elenco… pelo amor de Deus, que elenco ruim. Tinha uns dois ou três atores que se salvavam, esses faziam um trabalho excelente (um deles o ator que interpretava o palhaço mesmo e o outro o menino que interpretava o gaguinho Bill). E fora isso um filme, mesmo com três horas, é pouco para contar a história toda da coisa, para contar a mitologia da coisa. O ideal seria dois, ou até mesmo três filmes para abranger toda a mitologia por trás da criação do Stephen King. Mas eu entendo porque o filme se tornou um clássico do terror, porque a história é muito boa.

Vou terminando este post por aqui, espero que vcs tenham curtido o texto de hoje, quando lançarem o novo filme eu prometo resenhá-lo aqui também, comparando com o antigo inclusive. Não sei se conseguirei vê-lo no cinema mas prometo que assim que eu ver eu fazer um texto sobre ele. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Feliz Aniversário pra mim… (De novo? Já faz um Ano? Tá bom então…)

hbday

Fala terráqueos… eu estou escrevendo este post com mais de um mês de antecedência, vcs devem estar lendo isto no dia 21… no dia que eu estarei completando QUARENTA E UM ANOS DE IDADE… UAU!!! Eu tô oficialmente velha pra caramba hahahahahaha… quando eu era jovem (e quando eu digo jovem eu quero dizer quando eu era criança, quando eu tinha mais ou menos uns sete oito) eu achava que uma pessoa velha para caramba era uma pessoa com seus quarenta e poucos anos de idade.

Isso porque quando eu tinha essa idade meus avós tinham quase cinquenta anos de idade (quando eu nasci meu avô tinha 46 anos e minha vó 44 – caraca velho… mais três anos e eu vou ter a idade que a minha vó tinha quando eu nasci – é uma sensação bem estranha) então esta era a minha ideia do que era ser velho… era ter entre 40 e 50 anos.

Claro que conforme a gente vai envelhecendo a nossa concepção de velhice muda, aliás toda a concepção de velhice vem mudando conforme a população está cada vez mais idosa. Eu nunca me preocupei muito em envelhecer, eu já disse aqui. Porque eu não achava (quando eu era criança eu era muito doente) que eu fosse viver tanto a ponto de ficar velha, ter cabelos brancos, rugas e etc… E agora cá estou eu São  41 anos, com corpinho de 60 e ossos dos 80 hahahahahahahaha. Ano passado o dia do meu aniversário não foi muito legal… espero que este ano seja mais bacana… prometo fazer um adendo aqui, mais tarde sobre como foi meu dia (se eu me lembrar né? Porque daqui pra frente a gente tem que tomar remédio pra memória, pra evitar o Alzheimer – e eu nem tô brincando!).

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Eu sei que faz tempo que eu não posto nada novo por lá, mas é que a baixa audiência me deixou desanimada, eu tenho pensado em retomar o projeto, mas só se tiver um numero bacana de acessos… Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem… e incentivem uma escritora amadora em busca de poder trabalhar com o que ela ama Seria um bom presente de aniversário!!!

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Série – The Keepers

keepers
Fala galera beleza? Mais um dia, mais um post… com este post eu estou completando acredito eu trinta e nove posts agendados, mais um e eu vou ter quarenta posts agendados, dez a mais do que os trinta que eu geralmente gosta de ter. O que é muito bacana porque quer dizer que se eu quiser ficar quarenta dias sem escrever nada eu posso, não que eu vá fazer isso… acho que eu tenho que estar muito coisada para ficar quarenta dias sem escrever uma linha… Mas eu não preciso escrever todos os dias, dois textos por dia… posso tirar uma folguinha.

Mas, hoje não será esse dia da folguinha hahahahahaha. Vamos escrever o post de número 39… esses dias eu estava vagando pelos originais da Netflix e eu me deparei com esta série “The Keepers” a princípio eu achei que era uma série tipo cold case onde as pessoas comuns estavam investigando a morte de uma pessoa que se deu há muito tempo. E é isso… entretanto é muito mais que isso… eu não quero dar spoiler porque a série documentário é muito boa e todo mundo deveria assistir, até por ser um caso real, mas não tem como não dar um pouco de spoiler, pelo menos a história da série eu tenho que contar.

thekeepers

A história é mais ou menos assim, tínhamos um colégio que era dirigido por padres e freiras em Baltimore, este colégio chamado Keough High (se pronuncia Kill) surge nos noticiários quando de repente uma de suas professoras a freira Cathy Cesnik, aparece morta e violentada num terreno abandonado. O crime é investigado mas nunca resolvido. Anos depois ex-alunas desse colégio, inconformadas com a morte nunca resolvida, o crime nunca punido da sua professora favorita começam a investigar por conta própria aspectos da morte da freira.

Simultaneamente ou na mesma época, ou por conta da investigação não oficial das ex-alunas…  o documentário não deixa isso bem claro… o mesmo colégio é denunciado por uma série de escândalos de pedofilia. Um escândalo tão grande que envolve não apenas os padres e freiras do colégio, como a Arquidiocese de Baltimore, a polícia, políticos e pessoas dentro da justiça e do ministério público local. Então as ex-alunas começam a ligar a morte de Cathy a esses escândalos de pedofilia, exploração sexual de menores… será que a irmã Cathy teria descoberto algo e por isso ela foi estuprada, morta e seu corpo foi jogado num terreno abandonado?

keeps2

No primeiro episódios três ex-alunas tentam entender quando e como a freira desapareceu. Quando foi a última vez que alguém a viu com vida. Basicamente quem era a Freira Cathy Cesnik fora do colégio. As peças vão se juntando quando começa a se contar a história do Padre Maskell. Um cara poderoso, vindo de uma família tradicional que aparentemente tinha muita influência dentro da igreja e dentro da Arquidiocese, o que foi a questão final para abafarem os escândalos de abuso de crianças. De diversos alunos da escola. Alunos geralmente que tinham em casa uma situação não muito segura. Crianças que tinham pais pobres, crianças que já tinham sido abusadas anteriormente e já tinha uma piquê bastante abalada.

E outras alunas afirmam que a irmã Cathy em algum momento desconfiou do que estava acontecendo no colégio. Porque ela a professora mais próxima de algumas alunas, se preocupava com as alunas não apenas em questões acadêmicas. E quando ela desconfiou ela em vez de fazer como a maioria, que fechava os olhos e fingia que nada estava acontecendo ela deixou claro para o Padre Maskell que ela sabia o que ele estava fazendo e procurou as autoridades da igreja para denunciar tudo… e esse foi o grande erro de Cathy Cesnik… porque logo em seguida ela apareceu morta, assassinada.

keeps

Eu não quero entrar em muitos detalhes, porque… spoiler né? Mas assim é uma série documentário bem pesada. Chega momentos, que as vítimas narram o que elas passaram, que eu cheguei a ficar com o estômago embrulhado… com asco mesmo. Eu não acho que nenhuma religião seja cem por cento perfeita e sacrosanta… nada disso.. mas ver essa série, me lembrou porque eu saí da igreja católica, porque eu deixei de ser membro… eu vi tanta coisa errada, quando eu estudei em colégio de freira que eu sinceramente não pude acreditar que aquelas pessoas eram pessoas de Deus.

Mas, eu não vou falar mais nada sobre a série documentário, se vcs tiverem estômago. Assistam, eu recomendo para caramba, é um caso revoltante, mas a série documentário é muito bem feita, ela escava cada canto possível e imaginável do caso… E coisas assim não podem ficarem encobertas. As pessoas tem que saber, as pessoas culpadas tem que serem punidas. Ainda estão buscando, até hoje os culpados… Assistam, vale a pena.

Vou terminando este post por aqui, mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Fone Bluetooth XIAOMI SPORT EARBUDS

xiaomi1

Fala terráqueos, como vão vcs??? Eu tô legal… chegou uma frente fria em São Paulo… está fazendo 14 graus agora… quase meia noite e meu app de tempo do Yahoo está me dizendo que no meio da madrugada a temperatura vai cair ainda mais, deve ficar entre sete e oito graus. Eu gosto de frio… não me entendam errado, até uns 18 graus eu fico de boa sem me agasalhar nem nada, se cair pra uns 16 eu já preciso de uma blusa, 14 como agora é blusa, meia e cobertor… se cair abaixo de doze eu já começo a ficar com muito frio, tenho que tomar um café, um chá quente e abaixo de dez graus (que o que está prometendo hoje de madrugada) eu tenho mais é que ficar escondida debaixo das cobertas, escondida… hibernando.

Eu não seu se eu sobreviveria num país lá do hemisfério norte. Pior que amanhã, sábado, eu tenho que sair de casa, eu tenho que comprar umas coisas na feira aqui na rua e meu pai já me ligou pra eu ir na casa dele amanhã ver mais um treco do processo que ele tá tratando (entretanto sou eu quem tá fazendo toda a parte eletrônica da coisa porque meu pai simplesmente não manja, nem quer manjar das partes dos paranauês de informática) e tá na parte do levantamento do valor da causa já… aiai… eu queria que meus irmãos tivessem interesse de aprender essas coisas também. Mas… que seja… espero que a previsão do tempo não esteja tão certa e não faça tanto frio amanhã.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar neste post… Eu queria falar sobre meus novos fones de ouvido para usar na academia, o Xiaomi Bluetooth Sports Earbuds. Este das fotos acima para vcs verem. Porque recentemente os meus fones esportivos da Phillips que eu já tinha fazia uns três anos pararam de funcionar o lado esquerdo. E é um saco vc ir para a academia com um fone que funciona apenas um lado né? Ainda mais quando o som da Academia é alto pra caramba e fica tocando aquelas músicas Techno sem sentido, sem ritmo, sem graça. Me desculpem quem gosta deste tipo de música mas é verdade. 

Então eu resolvi comprar uns fones novos, e eu fui dar uma pesquisada e tava caro pra caramba rapaz, entre 250 e 500 reais… Um fone de ouvido esportivo com proteção anti suor e respingos (porque vamos e convenhamos vc sua e se molha na academia e o fone tem que aguentar o tranco) e com um som bacana (porque afinal é pra ouvir música) e isolamento acústico razoável para vc não ouvir a música da academia que é um pé no saco).

Xiaomi_Mi_Sports_CI_1-700x515

Então eu pesquisei e pesquisei, e vi videos de análises e reviews no YouTube e comecei a pensar nas opções chinesas, porque apesar da fama de porcaria das coisas da china, algumas empresas (como a Xiaomi e a Meizu por exemplo) estão focando mais em qualidade e preço baixo. Então eu encontrei diversas opções no site da Gearbest com preços nada exorbitantes. Não é baratinho como os fones dos camelôs no centro da cidade mas também não é absurdamente caro. Este modelo da Xiaomi estava na faixa dos 30 dólares que na conversão do dia que eu comprei estava saindo por volta de 94 reais.

O preço muda constantemente na Gearbest tanto por conta da cotação do dólar quanto por causa de promoções que o site faz. Então pode ser que esteja um pouco mais barato ou um pouco mais caro não sei (clique aqui para ver o fone na Gearbest tem na versão branca e preta, qdo eu comprei não tinha o preto então eu peguei o branco mesmo, mas ambos são bem bonitos). Ele é bem bonito, o design dele é bem moderno e ele aparenta ser bem anatômico assim que vc pega ele.

Material é de boa qualidade não tem aquela pegada de material porcaria sabe? Então, características dos fones… Ele é Bluetooth 4.1, conecta bem rápido, ele funciona bem tanto com o Android quanto com o IOS (que eu vou explicar minhas experiências mais adiante) e vc consegue parear ele com até dois aparelhos ao mesmo tempo, então para mim que tenho dois celulares é bacana porque eu posso conectar os dois ao mesmo tempo. Ele tem botões que possibilitam vc atender o telefone, mudar de música para frente e para trás e aumentar e diminuir o volume de uma música ou de uma chamada. 

Ele é perfeito para esportes poque ele tem estas hastes que encaixam na orelha então ele não cai quando vc está correndo na esteira e ele tem proteção IPX4 que como eu já disse é contra respingos de água, ele aguenta então respingos de suor e uma garoa bem leve. Ele tem microfone também e dá pra vc atender ligações e fazer também se o seu celular tiver comando de voz.  A bateria dele é de 100mAh, e diz o fabricante que ele aguenta com uma carga sete horas de reprodução e mais 280 horas em stand-by.

Xiaomi-Mi-Sports-Headset-Lieferumfang

O que vem na caixinha??? Vem os fones, vem um cabinho USB super curtinho, pra vc carregar os fones e vem cinco pares de borrachinhas com diversos tamanhos para vc usar a que melhor se encaixar no seu ouvido. Como vc pode ver na foto acima. Se vc tiver um carregador com entrada mini USB ele funciona de boa, vc nem vai precisar desse cabinho que vem na caixinha.

Então eu já estou com esses fones faz mais ou menos dois meses, eu já usei eles bastante, já testei os botões e os adaptadores de silicone, e a ergonomia e a bateria e o som então vou falar minhas impressões para vcs. Primeira coisa, o som… o som não é dos melhores, não é melhor do que meus fones da Phillips, em algumas músicas, especialmente em rock mais pesados o som estoura nos graves e nos baixos… em músicas não tão cheias de graves e baterias o som é bacana. Vedação dos trequinhos de silicone… também não são tão boas quanto as do fone antigo e de outros fones in-ear que eu tenho, então não tem tanto isolamento acústico mas acho que tem mais a ver com a ergonomia dele que com os adaptadores de silicone mesmo. 

Com relação à ergonomia, ele não cai do ouvido enquanto vc está praticando exercício. Os aros que ficam em volta da orelha impedem que eles caiam. Mas eles não são muito flexíveis e eles me incomodaram, o arco da minha orelha ficou bem dolorido. O lado direito mais que o esquerdo hahahahaha. Mas novamente, eu acho que isso é defeito mais da minha orelha do que dos fones mesmo. Os meus fones antigos também me incomodavam, menos porque eles eram mais leves e mais flexíveis, mas de vez em quando doía minha orelha também hahahahahaha.

Como ele funciona com o Android e com o IOS. Exatamente da mesma maneira, vc emparelha ele rapidinho. E como eu já disse dá para deixar os dois celulares conectados. Diferenças entre um sistema operacional e outro… Com o IOS eu reparei que ele dá menos problema de interferência. Com o Android eu tive que desativar todas as notificações do celular porque toda a vez que chegava uma notificação fazia um barulhinho de interferência que estava me deixando irritada. Mas depois que eu desativei as notificações não tive mais problemas.

xiaomi3

Outra coisa interessante com relação aos diferentes sistemas operacionais é que no Android vc pode alterar o nome do fone, porque quando vc emparelha ele aparece aqueles caracteres chineses incompreensíveis para mim ahahahaha. O que eu tentei fazer no IOS e não consegui. No IOS entretanto aparece do lado da bateria do celular a bateria do fone. Pra vc saber quanto ainda tem de bateria o que é bem útil eu diria.

E o microfone dele Shao? Olha, o microfone dele é bem ruinzinho. Eu fiz ligação com ele e mesmo colocando ele mais próximo da boca a pessoa tem dificuldade de ouvir o que vc está dizendo. Por conseguinte é complicado acionar também o comando de voz.

Resumão final… é um bom fone? É bacana… não é perfeito… devem ter fones bem melhores certamente hahahahahaha. Mas aí eles certamente são bem mais caros. Eu acho que se pelo preço que eu paguei o que ele oferece tá de bom tamanho. Claro que eu que sou uma apaixonada por fones vou acabar gastando uma grana feia em fones mais caros que tenha um isolamento melhor, um som melhor e uma proteção melhor para respingos. Mas não vai ser agora, vai ser mais adiante quando me sobrar uma graninha. Por hora esses estão dando bem para o gasto.

Vou terminando este post por aqui, fiquem ligados porque vira e mexe teremos mais postagens sobre o assunto. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Filme – “A Bela e a Fera”

betbest

Fala terráqueos, tudo bem? Vcs estão maravilhosos como sempre? Claro que sim ou lógico? Que bom! Eu tô legal… não tô cansada. Tô com sono como sempre… hahahahahaha… Esse ano no cinema têm sido lançados vários filmes bacanas, filmes que eu quero muito, muito ver e sempre é legal ver no cinema… mas, eu tenho andado muito ocupada e sem grana então eu não tenho ido ao cinema, acho que esse ano eu fui ao cinema uma ou duas vezes hahahaha…

Mas ainda assim eu não vou deixar de ver, porque os filmes hoje em dia chegam em DVD mais rápido do que chegavam antigamente. E também tem a internet. Tem o Streaming da Netflix e das operadoras de TV a cabo. Fora isso tem filmes que vazam na internet antes mesmo de chegar ao cinema.

Eu já falei aqui no blogue sobre o PopcornTime. É um programa que é de pirataria claro hahahahaha. E filmes que recentemente saíram do cinema aparecem nesse programinha com uma rapidez inacreditável. E como eu tava sem grana e sem tempo, em Março, quando lançaram “A Bela e a Fera” versão filme (que eu queria para caramba ir ver) eu acabei não indo… E o filme ficou um tempo relativamente grande em cartaz nos cinemas, mas… eu acabei vendo no PopcornTime mesmo porque não deu para ir ao cinema.

Vamos começar pelo começo, o desenho “A Bela e a Fera” da Disney era um dos desenhos favoritos dos meus irmãos, os dois desenhos da Disney favoritos dos dois eram este e “Mulan” hahahahahaha. Toda a vez que a gente ia na locadora, alugar filmes para eles eles tinham que trazer ou um ou o outro. Tanto que até hoje, eu sei de cor todas as falas e todas as músicas. dos dois desenhos. Então quando anunciaram que iriam lançar esses dois desenhos em versão filme claro que eles ficaram animados em ver. Ainda mais quando falaram que seria a Emma Watson (que eles acham linda) que seria a Bela.

Quando o desenho saiu em mil novecentos e bolinha… foi um sucesso, todo mundo amou… quando anunciaram o filme a patrulha do politicamente correto, das feministas, dos homofóbicos e um monte de gente que não tem o que fazer na vida começaram a atacar o filme por este ou aquele motivo… eu até fiz um post sobre isso, mais especificamente sobre o feminismo… (clique aqui para ler se quiser).

Agora é a questão hahahahaha eu assisti e eles não… porque eu não achei link pra baixar o filme e o arquivo que eu baixei via Popcorntime não tá rodando na TV da sala hahahahha. Então vamos às nossas impressões.

bethebeat

Primeira coisa que uma pessoa que curtiu o desenho quer saber quando vai ver a história adaptada para filme com pessoas é… a história é a mesma? E a resposta é… basicamente sim. Mas tem cenas diferentes, e algumas cenas faltando. Outra coisa que a gente quer logo ver é como é que vai ser a Fera? E como vão ser os personagens que vão se tornar em objetos animados? O Candelabro, o Relógio, o bule de chá?

Outra coisa que tem à mais no filme é que nós ficamos sabendo um pouco mais sobre a história da mãe da Bela… porque ela está apenas com o pai morando na cidadezinha e porque ela acha a vida provinciana tão chata. Eu tô tentando não dar spoiler hahahahaha vai ser difícil.

Primeiramente vamos falar das cenas que tem a mais, a cena inicial quando a feiticeira transforma o príncipe em fera… No desenho a gente via apenas cena quadro a quadro nos vitrais do castelo. No filme essa cena foi gravada, com os atores e a feiticeira toda fodona chutando bundas e anotando nomes. Achei a cena bem bacana, bem feita e os efeitos especiais especialmente lindos.

Entretanto como eu disse tem cenas que faltam… Uma das cenas favoritas dos meus irmãos que é quando o pai da Bella pede ajuda ao pessoal da vila na taverna do Gaston e ele é jogado para fora… essa cena não tem no filme. E acho que quando eles assistirem eles vão ficar desapontados, especialmente o Carlos que não gosta de mudanças. Mas algumas das mudanças do filme são até bacanas… por exemplo… no filme eles mostram que só os meninos aprendem a ler, não as meninas e a Bella é mais do que uma mocinha que não se encaixa na vidinha da vila, ela é uma revolucionária… ao modo dela claro.

Acho que as feministas que viram o filme queriam que a Bela queimasse o sutiã, saísse pelada pela cidade e escrevesse, meu corpo minhas regras na barriga… Pessoal não entende que pequenos gestos de rebeldia, como ensinar uma menininha a ler, muitas vezes são mais efetivos que uma passeata.

Eu preciso dizer entretanto que eu não gostei da Fera… não sei se foi feito via maquiagem, muito provavelmente não… provavelmente ele foi feito com computação gráfica. Não ficou muito bacana, acho que teria ficado mais legal se tivessem feito uma maquiagem para o ator, mas acho que demoraria para colocar e faria com que demorasse mais para gravar as cenas e encareceria mais a produção…

Outra coisa que eu não gostei foi do ator que colocaram para interpretar o Gaston… eu acho que tinha atores melhores do que o Luke Evans, não me leve a mal, ele fez um trabalho excelente em Drácula, mas não caiu legal o papel de Gaston para ele… não me ocorre nenhum nome agora hahahahaah mas sei lá, tinha atores melhores vá. O ator que fez o príncipe também podia ser outro… hahahahahahaha… A Emma Watson entretanto tá ótima como Bela…

Resumindo a experiência, o filme é muito, muito bacana. É divertido, ressuscita a aura do desenho original e acrescenta novos elementos bem bacanas. Os puristas como sempre vão reclamar hahahahaha vão achar ruim… mas quer saber? Podem reclamar, eu acho bacana…

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Nerdices: Assinatura Office 365

365

Fala terráqueos, beleza? Vcs estão bem? A vida tá nos trilhos? Espero que sim… É engraçado como de vez em quando a gente cumprimenta uma pessoa e geralmente diz: “Olá, tudo bem?” e as pessoas geralmente respondem que sim está tudo bem, mesmo que não esteja nada bem porque… a pessoa apenas está te cumprimentando ela não quer saber como vc está… ela só está sendo educada. Mas de vez em quando (ou, de vez em sempre no meu caso) aparece uma pessoa, vc pergunta se ela tá bem e ela diz: “Tô não… e…” e começa a contar para vc os problemas da vida da pessoa.

Hoje mesmo eu pedi comida no restaurante japonês aqui perto de casa e o motoboy que veio entregar o meu pedido fez isso, começou a desabafar comigo… E eu já com hipoglicemia e o cara querendo conversar. Pois é… isso sempre acontece comigo. Bem como gente que eu não conheço, que eu nunca vi na minha vida que quer ser minha amiga assim do nada. Última semana eu recebi uma meia dúzia de pedidos de amizades de amigos de amigos… ou conhecidos de amigos. Mas, assim… pessoas que eu nunca conheci pessoalmente. Então eu geralmente pergunto pro amigo/conhecido da pessoa e geralmente eu recebo uma resposta mais ou menos assim, Aff não add não essa criatura é louca! Ou… Aff essa pessoa quer o quê com vc? Não falo com ela há anos… nem é minha amiga mais.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar neste post, eu só tô falando disso porque tipo, essas c acabou de acontecer e nem precisei sair de casa… Isso é muito muito estranho. Voltemos ao tema do post… Vamos falar de Nerdices de novo, mas dessa vez é uma Nerdice não tão nerd assim, porque afinal de contas, todo mundo que tem um computador, ou trabalha com um computador já teve que usar uma das ferramentas do Microsoft Office certo? Pelo menos os três mais famosos que são o Word, o Excell e o PowerPoint (quem nunca fez trabalho de escola com esses três não é mesmo??).

Só que eu vou falar da experiência que eu estou tendo com o Office 365 (ou o Office 2016). Como vcs sabem meu PC e meu Notebook tiveram que serem formatados recentemente hahahaha e eu tinha em ambos o Office 2010 instalado. Veio com as máquinas… brinde para PC novo. E nessa de ter que formatar um e trocar o HD do outro eu simplesmente perdi diversos programas, entre eles o Pacote Office 2010.

Eu tinha 2 opções, pedir para o menino da Assistência Técnica instalar para mim um piratão crackeado. Ou eu podia comprar (de novo) uma licença do Office. Eu escolhi a segunda opção, então eu fui pesquisar e pesquisei e pesquisei… a princípio eu queria ter um Office instalado no meu PC tipo era o meu antigo, e não uma assinatura anual como é o Office 365.

office365 (1)

Basicamente o Office 365 é uma assinatura, vc baixa o programa e instala ele no seu PC (como era antigamente) mas, vc tem que pagar uma assinatura anual. Na fórmula antiga, vc pagava caro, mas pagava uma vez só e vc podia instalar num número X de computadores, dependendo número de computadores, vc pagava mais caro ainda.

No formato atual vc tem o último lançamento do programa, vc paga um pouco mais barato, se vc pegar uma promoção então… paga um precinho (esses dias tinha uma promoção na Kalunga que vc pagava 139 reais numa assinatura para 5 aparelhos) e vc pode utilizar livremente aquele os programas durante um ano e se acontecer de vc perder o seu HD é só vc fazer o download de novo e logar de novo com a sua conta e pronto. Vc não perde o programa! Vc não tem que pagar nada pro cara da assistência e levar o PC lá pra ele instalar nada para vc. Então isso é prático pra caramba.

E olha que eu titubeei bastante, hesitei bastante em migrar do formato mais tradicional (comprar a mídia, guardar a mídia, instalar o programa, colocar a chave da licença, ter o programa para sempre se não der nenhum problema nos seus PCs… daí se vc perde o PC vc tem que ligar novamente na Microsoft explicar que vc perdeu seu HD ou trocou de PC e precisa de uma chave nova) para esse formato de assinatura, que vc tem que pagar pra usar por um período de tempo, mas… enquanto vc pagar vc tem aquele programa disponível pra vc baixar e logar, isso sem falar que é mais barato que os programas que seguiam esse formato antigo.

Outra coisa bacana deste formato é que ele oferece coisas que o formato tradicional não oferece. Por exemplo… a assinatura que eu comprei, eu posso instalar em até 5 computadores, mais cinco aparelhos móveis e posso compartilhar com 5 pessoas… cinco contas da Microsoft (basta ter e-mail do hotmail) ou seja, eu posso compartilhar de boa com meus irmãos. E eles podem instalar os apps nos celulares deles e acessarem os documentos, editarem os documentos deles onde eles quiserem.

Essa mobilidade e acesso imediato à nuvem é muito prático. Salva a pele da gente direto. Eu já precisei usar para coisas de trabalho, eu tinha prazo para entregar uns documentos e eu estava na rua, na verdade eu estava no médico, eu tinha passado mal e tinha ido para o hospital… longe do meu computador… tudo o que eu tinha era meu celular, minha internet 4G e então eu acessei meu One Drive, meu app do Word, meu app do Outlook, editei o memorando, editei uma planilha do Excel, anexei os documentos no Outlook e mandei os documentos antes do prazo.

office365

Se vc tem o Google Drive, e se vc usa o Google Docs o princípio é o mesmo. Vc pode acessar, editar, compartilhar documentos de qualquer lugar. Eu já pude ajudar meus irmãos com correção de texto para trabalhos de faculdade deles, edição e mandei pra eles pela nuvem. Tudo isso, vc pode fazer pelo Google Docs e gratuitamente tá.. se vc não é como eu que sou apegada ao formatão do Microsoft Office, se vc é mais aberto e curte gratuidade… vc pode ter todas essas facilidades, e outras com sua conta Google.

Mas Shao, se vc tem tudo isso de graça no Google porque vc assinou o Office 365? Primeiro porque eu gosto do Pacote Office… eu amo o formato, eu amo trabalhar com esses programas da Microsoft. Segundo porque é o formato mais usado. Se vc cria um documento no Google Docs, por mais que vc faça direitinho e formate o documento direitinho, se alguém fizer o download deste arquivo e for tentar editar em outro programa, no Pacote Office, no Office BR etc… vc pode perder toda a edição, toda a formatação. Pode haver perda de informação o documento pode vir com trechos codificados… enfim… usar o programa mais popular, mais usado facilita muito as coisas, diminui as chances de incompatibilidade e aumenta a eficiência num trabalho em conjunto por exemplo.

Terceiro, porque nem todo mundo quer ter uma conta no Google, nem todo mundo quer aprender a mexer com um novo formato. Quarto… se vc tem uma conta no Google vc ganha 15GB de espaço no Drive, se vc quiser mais espaço vc tem que pagar… e não é barato comprar espaço de armazenamento no Google Drive e é caro, uma anuidade de 100GB (que é o que eu tenho) custa 70 reais a anuidade… Se vc faz uma assinatura de 139 reais do Office 365, vc ganha 1TB de espaço no One Drive… (1TB de espaço no Google Drive se eu não me engano estava quase 400 reais)… eu achei que o custo benefício do Office 365 era bacana.

Minha assinatura vai até fevereiro do ano que vem… Quando ela expirar, eu terei duas opções… eu posso renovar minha assinatura diretamente com a Microsoft ou eu posso procurar em sites como o Kalunga ou o Kabum uma promoçãozinha, ver qual está mais barato e assinar mais um ano de licença. Mais um ano de 1TB de espaço no One Drive e mais um ano de toda essa mobilidade e praticidade de acesso a todos os documentos que eu tenho produzidos nos programas. Como eu falei aqui das ferramentas do Google, eu tô pensando em fazer um post sobre isso mais adiante… veremos.

Vou terminando este post por aqui, espero que tenham curtido o post mais nerd. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Eu detesto cozinhar…

cozinha

Fala galera beleza? Espero que estejam todos bem, todos saudáveis. Eu tô legal. Eu hoje dormi até tarde como nos últimos dias e daí eu acordei e saí para almoçar, com o Carlos e minha amiga Luciana. Ficamos umas duas horas lá enchendo o nariz de sushi e depois eu voltei para casa e fui encapar a segunda parte da minha mesa, a parte onde fica o microfone e a Webcam. Ficou bonitinho… minha mesa é bem antiga, mas eu tô sem grana para trocá-la no momento então vamos renovar encapando com papel contact.

Agora eu estou aqui escrevendo e assistindo vídeo no YouTube, enquanto eu estou baixando filme de terror via Torrent para assistir mais à noite. Estou baixando “A Coisa” (ou IT em inglês) porque está para sair a nova versão do filme e eu lembro de quando esse filme foi lançado em 1990 mas eu nunca assisti ele até o fim. Então eu quero assistir antes que lancem a nova versão.

Mas como sempre nem era disso que eu queria falar… estou me afastando do assunto. Como eu disse eu saí para almoçar e eu tô em casa de férias faz… quase duas semanas, e eu tenho conseguido dormir até mais tarde só essa semana, só essa semana que eu desliguei do trabalho. E como vcs sabem (vcs que lêem meu blogue sempre) por causa da diabetes eu tenho que fazer dieta. Não uma dieta de pessoas que querem emagrecer nem aquelas dietas doidas, mas dieta de diabético.

Que consiste em tomar cuidado com os carboidratos, comer a cada três horas. Beber bastante água (não junto nem muito próximo às refeições). Quando eu estou trabalhando eu tenho que cozinhar pelo menos três vezes por semana. E agora estando em casa de férias eu tenho que cozinhar mais. Por incrível que pareça. E eu detesto cozinhar gente… vcs não tem noção de como eu detesto.

Minha relação com comida sempre foi problemática. Eu não sou o tipo de pessoa que ama comer, que come por prazer por diversão e eu venho de uma família de italianos e portugueses que qualquer reunião, qualquer diversão se resumia a comida. Mas eu sempre tive problema de intolerância à certos grãos… milho e soja especialmente… eu sofria quando a galera inventava de comer polenta, de ir fazer peregrinação pra Aparecida e paravam no Rancho da Pamonha.

Então comer nunca foi divertido para mim… depois da diabetes, com os horários e as restrições ficou menos divertido ainda. Se eu tenho que ir numa festa de aniversário por exemplo… eu tenho que planejar tudo com duas semanas de antecedência, e eu tenho que fazer uma dieta extremamente restrita durante essas duas semanas e tomar insulina para poder comer uns salgados e um pedaço de bolo na festa. Senão eu fico ruim. De vez em quando tem refrigerante zero então é menos mau para mim, mas… é tanta pré-produção que me cansa.

Então geralmente o que eu faço? Ou eu não vou na festa hahahahaha (quando eu posso escapar eu escapo gente… festa é muita dor de cabeça para mim, e ninguém tem obrigação de produzir uma festa especialmente pensando na diabética aqui). E por conta disso tudo é que eu detesto tanto cozinhar porque comida sempre foi obrigação, sempre foi dever… Quando eu aprendi a cozinhar (eu aprendi um pouco com o meu avô, um pouco com a minha vó e um montão com a minha mãe) eu aprendi porque eu tinha que cozinhar pra dar comida pros meus irmãos ou pra ajudar a minha mãe que estava trabalhando e ia chegar cansada. Como eu disse… obrigações…

Então esses dias que eu tô de férias eu tenho gastado uma grana fenomenal com… entrega de comida hahahahahaha. Porque de boa eu precisava de uma folga das minhas obrigações, inclusive cozinhar então… acho que a grana toda das férias foi pra comida. E olha que eu fui educada e não pedi porcaria, eu pedi comida mesmo, e comida saudável. Semana que vem entretanto eu vou fazer comprar no mercado e vou voltar ao ritmo de cozinhar e fazer as minhas obrigações.

Vou terminando este post por aqui… Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao

Eu (quase) não assisto mais TV

tv

Fala terráqueos, como vão vcs? Eu tô legal, terceiro post que eu estou escrevendo hoje e depois que eu terminar de escrever este eu vou assistir Netflix e ler um pouquinho. Só na preguiça hoje… Hoje é dia de descanso e tenho dito. Shao, vc tá descansando demais. Amigos se vcs soubessem o tamanho meu meu cansaço vcs não diriam isso ahaahahahahaha.

Entretanto, como sempre nem era disso que eu queria falar… quer dizer, mais ou menos… O post de hoje é sobre Televisão. E como é engraçado mas eu não assisto mais televisão. Não que algum dia eu tenha sido uma telespectadora assídua… eu sempre preferi ouvir mais rádio que ver TV. Televisão sempre funcionou para mim mais como ruído de fundo sabe? Quando a gente é mais jovem parece que a gente não sabe muito bel lidar com o silêncio… o silêncio é meio avassalador para crianças e jovens (pelo menos era para mim).

Então quando eu morava com minha mãe e meus avós eu chegava em casa da escola, tomava banho então eu fazia minha lição de casa e depois passava o resto da tarde brincando. Com exceção da novela do Vale a Pena ver de Novo, dos desenhos da tarde e das novelas da noite eu não assistia muita TV. A TV ficava ligada praticamente o dia todo mas eu não estava prestando atenção nela.

Depois a minha mãe se casou pela segunda vez e a gente mudou e éramos eu, minha mãe e meu padrasto e nada de TV. Então em vez de eu ficar com o barulho da TV eu estava sempre com um livro na mão… eu devia ter uns nove anos… e foi assim até uns 16 ou 17… Foi ter televisão de novo em casa quando meus irmãos já tinhas nascido e estavam grandinhos. Mas aí eu já tinha perdido a graça de televisão. Eu assistia eventualmente um filme, comecei a acompanhar algumas séries na TV aberta mesmo. Mas aí quando eu fiz 18 eu ganhei meu primeiro computador então sem internet, porque internet era cara hahahahaha e a gente não tinha grana para tal. Mas mesmo um computador sem internet era mais legal que TV.

Depois veio a internet discada. Depois a banda larga e por aí foi… A gente chegou ter TV a cabo, mas há uns meses atrás a gente decidiu que não valia a pena, até porque a gente não estava assistindo. Hoje em dia eu praticamente só assisto Streaming de Vídeo online. Faz muito, muito tempo que eu não assisto TV pra quase nada… Porque eu não assisto mais TV? Porque a programação tá um lixo faz tempo… as novelas estão cada vez piores, os programas também… o jornal, vc só vê desgraça.

A grande audiência, que são os jovens preferem a Netflix, o YouTube… aliás os jovens estão mais interessados em produzir conteúdo no YouTube que consumir conteúdo. Qualquer criança com um celular pode criar uma coisa inovadora e simples que vai captar a atenção de milhões de pessoas. A febre do momento é um tal de Musiclally… não sei se vai durar muito tempo hahahahaha, há pouco tempo era o Snapchat… amanhã pode ser ainda outro. Quem sabe!

Eu me lembro quando eu ainda não tinha TV a Cabo e nem Banda Larga e a TV aberta era tudo o que a gente tinha que eu pensava. Que legar seria ter uma TV que vc escolhe o que vc quer assistir a hora que vc quer assistir e tal… e o YouTube e o Netflix são justamente isso… Vc entra nesses locais de streaming e vc escolhe lá um filme ou uma série e assiste até se fartar. Vc pode fazer Maratona e assistir trocentos episódios da sua série favorita sem parar…

Antigamente pra vc fazer isso vc tinha que esperar a série sair em DVD aí vc tinha que comprar o Box e aí vc fazia num final de semana uma Maratona. Hoje vc pode fazer isso online… sem precisar da mídia física. É claro que às vezes o lançamento das séries na Netflix demoram mais que o lançamento dos DVDs hahahahahaha. Atualmente Netflix e YouTube reinam… e a TV aberta e a TV a Cabo estão ficando cada vez mais para trás.

A TV e a TV a Cabo vão ter que se reinventar para conseguirem retomar o seu reinado. Será que a TV se reinventa? O a gente mais vê é justamente uma resistência… os caras que estão há muito tempo comandando a Televisão tradicional não curtem muito mudança, inovação… é aquela velha máxima, não se mexe em time que está ganhando… Só que pela primeira vez em muito tempo a TV está perdendo, e não ganhando… então eles vão ter que tentar dar uma guinada, vamos ver o que acontece!

Vou terminando este post por aqui. Mas… antes de terminar este post eu vou fazer um pouco de propaganda do meu novo blogue o “Estante da Shao”. Cliquem no link conheçam meu trabalho, meus textos, meus contos, meus poemas. Toda a sexta-feira teremos texto novo e inédito para vcs… Ou um conto ou um poema, ou de repente um trecho de uma história que eu esteja escrevendo. Participe e divulgue esse meu novo projeto se vcs curtirem…

See you guys around the corner
Shao