Início > Uncategorized > Lucrécia Bórgia…- Parte 1

Lucrécia Bórgia…- Parte 1

Olá amiguinhos, cansados de ler sobre minha vidinha chata? Eu também estou cansada de escrever sobre ela… essa semana foi muito chata, só prova, trampo, gente doente no trampo, eu doente… então vambora, conversando com meu amigo Marcelo pelo twitter esses dias sobre séries de televisão ele mencionou que está para estrear uma série contando a história “Dos Bórgias”… aí eu me lembrei da história de Lucrécia Bórgia…

Vou postar a historia dela em duas partes porque é muito grande… vambora!

Lucrécia realmente existiu, uma pessoa de verdade entretanto, meio que como Vlad Draculea o Conde romeno que foi tomado como inspiração para criar o infame Conde Drácula… criou-se sobre a figura histórica dela toda uma mística que na verdade foi mais derivada da fofoca e de tramóias da época que de acontecimentos reais.

Quem foi Lucrécia bórgia? ela foi casada inúmeras vezes, tinha fama de cometer práticas incestuosas com seus dois irmãos mais velhos, causando a morte de um deles inclusive, tinha fama de matar todos os maridos para ficar com a grana deles, foi Duquesa, Papisa, Condessa, mãe de cinco filhos e no final da vida os moradores da cidade de Ferrara a quem ela ajudou muito a chamaram de Mãe do Povo. Mas… como gostamos de detalhes, vamos falar de cada um desses episódios da vida desta mulher?

De acordo com a Wikkipédia… Lucrécia Bórgia foi a filha ilegítima de Rodrigo Bórgia, importante personagem espanhol  do Renascimento, que viria a se tornar o papa Alexandre VI. O irmão de Lucrécia foi o conhecido déspota  César Bórgia. A família Bórgia acabou por representar na história a política maquiavélica e a corrupção sexual consideradas como características dos papados no período do renascimento.

Lucrécia nasceu em 18 de abril de 1480, em Roma. Vanozza Cattanei, sua mãe, também deu a Rodrigo os seguintes filhos: César (1475) Giovanni (1477) e Geofredo (1481-1483). Única filha do casal todas as atenções eram para ela (isso não podia dar coisa que prestasse né? Egocentrismo… nascisismo… e outros ismos). O pai a adorava os dois irmãos mais velhos disputavam a sua atenção e o caçula era dela para dar a ele os mimos que pudesse.

Diz a história (e aí não sabemos se é verdade ou se é mentira) que foi já nesta época, começaram a surgir as primeiras desavenças entre Giovanni e César Bórgia. Por causa da preferência da irmã e pela atenção do pai.
César era o primogênito, e pelo costume da época, tudo, a riqueza da familia e o título deveriam ser dele quando o pai falecesse, entretanto o irmão Giovani era o preferido do pai dos rapazes.

Mas, voltando a Lucrécia, ela foi criada junto dos irmãos até os nove anos quando foi levada para a casa uma dama nobre para ser devidamente educada. Os irmãos também foram mandados para longe de casa Giovani para a Espanha a César para a vida religiosa (mesmo não tendo vocação nenhuma e obrigado pelo pai). Afinal o plano de Rodrigo era fazer de Giovani o herdeiro do título da familia, para tal ele precisava tirar o primogênito do caminho e nada melhor do que colocá-lo na vida religiosa para tal. Isso sem mencionar que ter um membro da familia no clero era comum para os nobres da época, já que a igreja e o poder andavam de mãos dadas.

A mulher escolhida para ser a tutora de Lucrécia era nada mais nada menos que a sogra da amante do pai de Lucrécia… sim amiguinhos, a amante casada de 14 anos do Cardeal Rodrigo Borgia (diferentemente dos dias de hoje os religiosos não eram obrigados e voto de castidade e tinham esposa, filhos e… sim, pasmem, amantes). Tanto a familia da amante do na época Cardeal, quanto o marido e a sogra eram coniventes com a situação toda. (A galera devia achar que era… sei lá… um negócio muito bom ser marido da amante do cara que poderia vir a ser Papa um dia). As pessoas que acham que a moral da sociedade está degradada na sociedade dos dias de hoje deveria prestar mais atenção na história. Mas, na história verdadeira, não aquela que está no livro didático e que os professores ensinam assim por cima para as crianças do ensino fundamental e médio.  Lucrécia acabou por se tornar grande amiga da amante de seu pai. O que para muitos foi terrível, afinal foi uma das influências mais nefastas da vida da criatura.

Aos 13 anos em troca de um dote de 15 mil ducados Lucrécia se casa com Giovani Sforza de 26 (e vc que achava que a sua vó é que tinha casado jovem né?). A aparição no dia do casamento espantou a todos, Lucrécia foi considerada a mulher mais bela de Roma. Uma precoce mulher fatal com olhos azuis profundos e longos cabelos loiros. Todos os homens presentes ao casamento cairam de amores por Lucrécia, menos o noivo. Mas isso não fez a menor diferença para ela já que ela tinha a atenção de todos os outros. Lucrécia foi escoltada ora por um ora por outro irmão César e Giovani a noite toda. E o casamento com Sforza só foi se consumar dois anos depois… porque a noiva era considerada jovem demais. (sim, isso mesmo, casar com ‘de menor’ podia, mas consumar o casamento não… não arranquem os cabelos ainda, maioridade não existia na época, acho que nem existia pedofilia, pelo menos não no sentido atual da palavra, e mulher nem era considerada gente na época então… aguentem firme porque tem mais…). a noite de núpcias Lucrécia passou na compania dos irmãos, que ficaram lendo poesias de amor para ela. E foi a partir de então que surgiram os boatos de incesto dentro da família Bórgia… Calma, não arranquem os olhos fora ainda… era um costume muito comum na época esse de se ler poemas para a noiva. Entretanto depois do casamento Lucrecia voltou para a Espanha, na casa dos irmãos, e participava de várias orgias, aumentando ainda mais os boatos de incesto.

Mas novamente, quem estaria por trás das acusações de incesto era o próprio marido de Lucrécia que tinha interesses em se livrar dela (entretanto esses interesses nunca ficaram lá muito claros). O que ele não contava é que também os irmãos de Lucrécia tinham interesse de casá-la com outro noivo, mais rico, mas para isso precisavam tirar o atual marido do caminho. Entretanto a própria Lucrécia descobriu os planos dos irmãos e ajudou o marido a fugir. Não satisfeitos e ainda querendo casar Lucrécia com um Duque eles tentaram anular o casamento da irmã com Sforza alegando que o mesmo era impotente e que o casamento não havia se consumado. O que àquelas alturas do campeonato era uma grande mentira.

Ficamos por aqui, que minha cabeça tá me matando… e eu tenho que enfiar a cara nos livros de Direito de sucessão e organizar meu caderno pq a galera tá sem matéria e tá contando comigo pra passar a matéria pra eles antes da quarta-feira.

See you guys around the corner
Shao

About these ads
Categories: Uncategorized
  1. Tatti
    03/02/2011 às 0:20

    Leia o livro “Os Borgia- A família” do Mario Puzo (o mesmo escritor do livro “O poderoso Chefão” que inspirou o filme do Copola) editora Record.
    Mario Puzo que era americano de ascendência siciliana adorava escrever sobre a máfia (vide o poderoso chefão) e considerava os Borgia como a primeira família mafiosa da história, o livro trás essa perspectiva e descreve claramente (explicitamente) uma possível relação incestuosa entre Cesar e Lucrecia…segundo Puzo Lucrecia perde a virgindade com o irmão a mando do pai!!!!!!!!!

  2. Aurora
    09/05/2012 às 21:45

    você me deixou muito satisfeita com sua forma de contar a história…cheguei a rir…do seu jeito….imaginando como vc se coloca na escrita…
    Obrigada

    • Shaolinda
      10/05/2012 às 2:28

      Obrigada pela visita e pelo comentário Aurora.

  1. No trackbacks yet.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 306 outros seguidores

%d bloggers like this: